Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o usuário realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Política de privacidade

Nós do Brasil 61 coletamos e usamos alguns dados dos nossos leitores com o intuito de melhorar e adaptar nossas plataformas e nossos produtos. Para isso, agimos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018) e nos esforçamos para sermos transparentes em todas nossas atividades.

Para podermos oferecer melhores serviços e veicular peças publicitárias de nossos anunciantes, precisamos conhecer certas informações dos nossos usuários.

COMO O BRASIL 61 COLETA SEUS DADOS

– Quando você se cadastra e cria um usuário no Brasil 61

Quando você entra no nosso site, fornece informações (dados) para a criação do usuário. Estes dados são usados para orientar a estratégia do Brasil 61 e o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos. Essas informações são fornecidas voluntariamente por você leitor e não são compartilhadas com nenhum terceiro.

– Quando você acessa o site do Brasil 61 (www.brasil61.com.br) ou abre uma de nossas newsletters enviadas por e-mail

O Brasil 61 usa tecnologias como cookies e pixel tags para entender como é a sua interação com as nossas plataformas. Esses dados permitem saber, por exemplo, de que dispositivo você acessa o site ou em que links você clicou e quanto tempo permaneceu lendo as notícias. 

COMO O BRASIL 61 USA OS SEUS DADOS

Nós, do Brasil 61, usamos seus dados sempre com a principal intenção de melhorar, desenvolver e viabilizar nossos próprios produtos e serviços a você leitor.

Seus dados são sempre analisados de forma não individualizada, mesmo os que são fornecidos vinculados seu nome ou ao seu endereço de e-mail. 

Os dados em conjunto são analisados para criar relatórios estatísticos de audiência sobre as páginas, textos e meios de acesso ao site e às newsletters. 

Esses relatórios são compartilhados com nossos anunciantes e patrocinadores e servem para modelar estratégias e campanhas institucionais.

As informações que você fornece durante a criação do cadastro do seu usuário no Brasil 61 são utilizadas para a formulação de estratégia comercial e desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços.

Essas informações individualizadas podem ser usadas pelo Brasil 61 para o envio de campanhas comerciais e divulgação de serviços e/ou produtos próprios. Não são compartilhadas com nenhum terceiro.

As informações captadas por meio de cookies e pixel tags são usadas em relatórios internos de monitoramento da audiência e também em relatórios para os anunciantes verificarem a efetividade de suas campanhas. Essas informações não estão vinculadas a nome ou e-mail dos leitores e são sempre avaliadas de forma não individualizada.

O Brasil 61 compartilha informações captadas por meio de cookies e pixel tags com terceiros, como anunciantes, plataformas de redes sociais e provedores de serviço – por exemplo, o serviço de envio de e-mails. O Brasil 61 também em seu site cookies de terceiros que captam informações diretamente do usuário, de acordo com suas próprias políticas de privacidade e uso de dados. 

O QUE O BRASIL 61 NÃO FAZ COM SEUS DADOS

– Não monitoramos ou coletamos dados de páginas que não pertencem ao Brasil 61.
– Não compartilhamos ou vendemos para terceiros nenhuma informação identificável.

O QUE VOCÊ PODE FAZER SE NÃO QUISER MAIS QUE SEUS DADOS SEJAM USADOS PELO BRASIL 61

– Caso não queira que o Brasil 61 use nenhum tipo de cookies, altere as configurações do seu navegador. Nesse caso, a exibição de anúncios e mensagens importantes do Brasil 61 e de nossos anunciantes pode ser prejudicada.

– Caso queira deixar de receber algum newsletter ou e-mail de alertas de notícias, basta clicar em “Unsubscribe”, na parte de baixo do e-mail enviado pelo Brasil 61. 

– Caso queira excluir seu usuário e apagar seus dados individuais da base do Brasil 61, basta enviar um e-mail para: privacidade@brasil61.com

 Última atualização: 24 de dezembro de 2020 

expresso-61

26/02/2021 12:30h

Segundo o chefe do Executivo local, decisão atende à recomendação dos técnicos da Secretaria de Saúde

Baixar áudio

O Distrito Federal vai entrar em lockdown (bloqueio total) na próxima segunda-feira (1º). As restrições vão começar às 20h e vão até 5h. A informação foi anunciada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha. 
 
Ainda não há detalhes sobre a data de vigência das restrições, apenas que a decisão foi fundamentada em uma recomendação técnica da Secretaria de Saúde do DF. O Distrito Federal ainda não identificou casos de infecção por variantes do novo coronavírus. A taxa de ocupação de leitos de UTIs no Distrito Federal é de 92%. 

Brasil precisa adquirir mais doses da vacina para combater Covid-19

Novas cepas da Covid-19 acendem alerta mesmo após vacinação

Copiar o texto
26/02/2021 12:00h

Medida Provisória que garante a isenção foi prorrogada por 60 dias

Baixar áudio

Moradores do Amapá vão continuar isentos de pagar energia elétrica. Isso porque a Medida Provisória de 25 de novembro de 2020 – que zerou as contas de luz dos 30 dias anteriores a sua publicação – foi prorrogada por mais 60 dias. A decisão de aumentar o prazo de isenção foi publicada no Diário Oficial.

Em novembro do ano passado, o Amapá enfrentou uma crise no fornecimento de energia elétrica, após um incêndio na principal subestação de energia do estado. Ao menos 13 dos 16 municípios amapaenses, incluindo a capital Macapá, ficaram sem energia, por cerca de 20 dias.

Equipes de vacinação vão de casa em casa, para conter surto do sarampo no Amapá

Empresas de iluminação pública poderão receber recursos por meio de debêntures incentivadas

Copiar o texto
26/02/2021 10:30h

Público-alvo pode agendar aplicação da primeira dose pela internet

Baixar áudio

O Distrito Federal deu início à vacinação contra a Covid-19 para idosos de 76 a 78 anos, nesta sexta-feira (26). O governo do DF incluiu esse público após a entrega de 25,5 mil doses do imunizante Covishield, desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. 
 
Quem faz parte desse público-alvo pode agendar a aplicação da primeira dose pela internet, no site vacina.saude.df.gov,br. A vacinação ocorre em 42 postos de vacinação, sendo 13 por drive-thru. A lista e os horários de atendimento estão disponíveis na página da Secretaria de Saúde

Brasil precisa adquirir mais doses da vacina para combater Covid-19

Novas cepas da Covid-19 acendem alerta mesmo após vacinação

Copiar o texto
Brasil
26/02/2021 10:20h

Construção foi paralisada em 2015 com 65% das obras concluídas

Baixar áudio

A Eletronuclear lançou nesta quinta-feira (25) o edital de licitação da empresa que vai retomar as obras da usina nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro. Paralisada desde 2015, a construção está 65% concluída. Já foram gastos R$ 7,8 bilhões com o empreendimento, de acordo com a estatal. 
 
Os 35% dos serviços que restam das obras vão ser realizados por meio de duas licitações. Esta primeira vai selecionar uma empresa para fazer a montagem eletromecânica da usina e adiantar alguns serviços de obras civis. Na segunda, para escolher uma empresa que vai ficar responsável por empreender a obra e concluir a construção. 

Copiar o texto
25/02/2021 15:00h

Atendimento é oferecido em barcos nos municípios de Soure e Salvaterra, localizados Ilha do Marajó

Baixar áudio

Os municípios paraenses de Soure e Salvaterra, localizados Ilha do Marajó (PA), agora contam com uma ouvidoria itinerante do Disque 100 e do Ligue 180, canais de denúncias de violações de direitos humanos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Através do serviço, que é oferecido em barcos, a população pode fazer denúncias. O governo federal espera fortalecer a atuação da rede de proteção nessas localidades, com foco principal na garantia de direitos para crianças, adolescentes e mulheres. 

Violência e abuso durante a pandemia: crianças e adolescentes recebem apoio

Em março, o serviço que atende populações ribeirinhas deve chegar a comunidades do Amazonas. 

Copiar o texto
25/02/2021 14:00h

A ação faz parte do programa Wi-Fi Brasil e já instalou 276 pontos de internet no estado

Baixar áudio

A cidade de Cruzeiro do Sul (AC) recebeu, nesta quarta-feira (24), dois pontos de conexão de internet banda larga via satélite do programa Wi-Fi Brasil. O município fica em uma das regiões atingidas pelas fortes chuvas e enchentes dos últimos dias.

Ramal do Agreste promete distribuir água para até 2,2 milhões de pessoas

Decreto determina que postos de combustíveis informem o preço final do produto

As antenas foram instaladas no Centro Multiuso, na Comunidade Santa Rosa; e, na Unidade de Saúde da Vila Santa Luzia, instalada com sinal livre de internet de alta velocidade e gratuita. Com 4.500 habitantes, a região da Vila Santa Luzia é, até agora, a área mais populosa atendida pelo programa Wi-Fi Brasil Livre em todo o país.

Copiar o texto
25/02/2021 13:00h

Com esse novo lote, o Ministério da Saúde já distribuiu aos estados e Distrito Federal mais de 15 milhões de doses de vacinas

Baixar áudio

O Distrito Federal vai receber mais 36,5 mil doses de vacinas contra a Covid-19, enviadas pelo Ministério da Saúde. No total, são 25,5 mil doses da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 11 mil doses da vacina no Instituto Butantan, produzida no Brasil.

Rodrigo Pacheco propõe a compra de vacinas por empresas privadas, estados e municípios

Aprovada no Senado com alterações, nova Lei do Gás volta para Câmara dos Deputados e deve ser analisada em breve

A chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários: agora, serão priorizadas pessoas de 85 a 89 anos, pessoas de 80 a 84 anos, 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da saúde.

Copiar o texto
25/02/2021 12:30h

Imunização foi suspensa há uma semana porque as doses acabaram. Expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar 100 mil pessoas entre 80 e 82 anos

Baixar áudio

A cidade do Rio de Janeiro vai retomar a vacinação de idosos com a primeira dose contra a Covid-19, nesta quinta-feira (25). A informação foi garantida pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes, em suas redes sociais. A imunização foi interrompida na última quarta-feira (17) porque as doses acabaram. 
 
Nesta quinta, vão ser vacinados os idosos de 82 anos. Na sexta (26), será a vez das pessoas com 81 anos. No sábado (27), os idosos de 80 anos. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar mais de 100 mil idosos. 

Spray desenvolvido pelo Senai elimina a presença do coronavírus em superfícies

Novas cepas da Covid-19 acendem alerta mesmo após vacinação

Copiar o texto
24/02/2021 15:30h

Vagas são de graduação e seleção é feita com base nas notas do Enem nos últimos cinco anos

Baixar áudio

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) está oferecendo vagas em cursos de graduação para estrangeiros em situação de vulnerabilidade e indígenas brasileiros aldeados. A seleção é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

São 77 vagas para refugiados, asilados políticos, apátridas, portadores de visto temporário ou de autorização de residência. O candidato precisa ter realizado o Enem entre 2016 e 2020, e se inscrever no site da Comissão Permanente do Vestibular (Copeve) até a próxima quinta-feira (25).

As vagas para estudantes indígenas são destinadas aos candidatos que concluíram o Ensino Médio, ou equivalente, ou estão no 3º ano desta etapa. É necessário que o candidato tenha participado pelo menos uma vez do Enem, entre os anos de 2015 a 2020. As inscrições se encerram em 1º de março.

Copiar o texto
24/02/2021 14:00h

Reunião para tratar o assunto foi promovida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

Baixar áudio

A participação do Espírito Santo, Minas Gerais e de Goiás nos recursos gerados pela renovação antecipada da concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) foi cobrada pelos governadores desses estados ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Para isso foi realizada reunião promovida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Projeto “Na Fábrica” aproxima setor produtivo industrial e órgãos do governo do Pará

Novas cepas da Covid-19 acendem alerta mesmo após vacinação

A FCA é explorada por um consórcio formado pela Vale, um grupo canadense e outro japonês. Para a renovação do contrato por mais 30 anos, o consórcio teria de investir R$ 13 bilhões. De acordo com os governadores do Espírito Santo e de Minas Gerais, não há previsão de recursos para os estados que integram o corredor Centro-Leste, que começa em Goiás, passa pelo interior mineiro e chega ao porto de Vitória (ES).

Copiar o texto