Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

expresso-61

26/11/2020 14:30h

Os serviços devem iniciar no segundo semestre de 2022. O projeto também conta com trabalho de restauração de pistas existentes, implantação da variante do Distrito das Neves, entre outros

Baixar áudio

A BR-423, rodovia federal que liga a região de Caruaru à cidade de Garanhuns, no Pernambuco vai ser duplicada, de acordo com o Ministério da Infraestrutura. As obras serão realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Inicialmente, a readequação viária deve ocorrer do km 18,20, no entroncamento com a BR-232, até o km 60, em Lajedo. Ao todo, serão construídos 83,60 quilômetros de pista dupla, nos dois sentidos.

Os serviços devem iniciar no segundo semestre de 2022. Além da duplicação da rodovia, o projeto conta com trabalho de restauração de pistas existentes, a implantação da variante do Distrito das Neves, de ruas laterais, de interseções, de viadutos, de passagens inferiores, de pontes e de passarela.

Governo Federal lança licitação para conclusão de obras da BR-285/RS

BR-135 retoma obras de duplicação da pista no Maranhão

Após essa etapa, o DNIT também deve executar obras no chamado Lote 02, com a continuidade dos serviços de duplicação de pista a partir do km 60, em Lajedo, até as imediações do km 86, além da restauração do pavimento até Garanhuns, no km 107.


 

Copiar o texto
26/11/2020 14:30h

Apenas as regiões do Extremo-Oeste, Alto Uruguai Catarinense e Foz do Rio Itajaí não foram classificadas na cor vermelha

Baixar áudio

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina e o governo estadual divulgaram novos dados da matriz de risco potencial para a Covid-19 na unidade da Federação. Das 16 regiões de saúde avaliadas, apenas três delas, Extremo-Oeste, Alto Uruguai Catarinense e Foz do Rio Itajaí, não ficaram no risco gravíssimo – todas as outras 13 foram classificadas na cor vermelha, que é o mais alto nível de risco. Essas três regiões foram classificadas na cor laranja, que significa risco grave. 

Em comparativo com a semana passada, a região do Alto Uruguai catarinense foi a única que desceu um nível na avaliação, do gravíssimo para o grave. Já a região de Xanxerê continua na terceira semana no nível mais preocupante de proliferação do vírus, enquanto Laguna está na segunda semana. 

Candidatos com Covid-19 terão nova chance de fazer o Enem 2020

Fiocruz produzirá vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford

A Secretaria Estadual de Saúde orienta que os cuidados para diminuir a proliferação do novo coronavírus devem continuar. De acordo com o governo catarinense, a unidade da Federação tem até o momento 337 mil casos confirmados de Covid-19 e 3.561 óbitos. A taxa de ocupação de leitos de UTI da rede pública é de 84,4%. 

Copiar o texto
26/11/2020 14:00h

Pesquisa foi baseada em dados do Ministério da Saúde e de cartórios do estado

Baixar áudio

Estudo realizado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) estima que, até o final do ano, o estado vai contabilizar mais meio milhão de infecções e 13 mil novas mortes em decorrência da Covid-19. A pesquisa foi baseada em projeções baseadas em dados do Ministério da Saúde e nos registros de óbito dos cartórios mineiros. 

Lídia Maria de Andrade, professora do Departamento de Física e coautora do estudo, alega que o cenário previsto na pesquisa pode se concretizar caso as medidas de isolamento e de distanciamento sociais sejam reduzidas. 

Covid-19 causa impacto profundo na economia brasileira

Para a elaboração do estudo foi utilizado um modelo matemático para estimar a subnotificação de casos e de mortes por conta do novo coronavírus. O estudo também concluiu que a população negra, sobretudo os homens, que residem nas regiões mais pobres de Minas Gerais compõe o grupo mais vulnerável

Copiar o texto
26/11/2020 13:00h

A data de votação foi adiada na cidade devido ao apagão vivido há quase um mês

Baixar áudio

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade, a minuta de resolução que regulamenta o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão para a campanha à Prefeitura e à Câmara de Vereadores de Macapá (AP). A definição foi tomada na terça-feira, durante sessão remota virtual. 

A norma também fixou um novo teto de gastos para as campanhas no município, em razão da prorrogação do evento por mais 21 dias. O primeiro turno do pleito está marcado para 6 de dezembro.

 Para o Relator da Instrução e corregedor-geral eleitoral, o ministro Luis Felipe Salomão a medida é necessária para abarcar as decisões tomadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) de adiamento das eleições, para a organização do pleito. 

Já o teto de gastos aplicável aos candidatos a prefeito e a vereador foi reajustado, sendo multiplicado pelo fator 1.4. Dessa forma, o valor máximo a ser gasto pelas campanhas eleitorais para prefeito foi fixado em R$ 1.886.418,31. Um candidato a vereador poderá gastar até R$ 212.441,26.
 

Copiar o texto
26/11/2020 13:00h

Localizada nos municípios de Machadinho e Maximiliano de Almeida, hidrelétrica recebeu investimento de R$ 75 milhões

Baixar áudio

A central hidrelétrica Forquilha IV, no Rio Grande do Sul, recebeu Licença de Operação da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e pode começar a funcionar. Localizada nos municípios de Machadinho e Maximiliano de Almeida, a hidrelétrica recebeu investimento de R$ 75 milhões e deve gerar 13 megawatts de energia.

RS: oito regiões entram na bandeira vermelha na 29ª rodada do Distanciamento Controlado

RS: Cinco projetos vão para a final da mostra nacional do Inova Senai 2020

Segundo o governo estadual, cerca de cem empregos locais foram gerados ao longo dos dois anos de construção da central. A partir de agora, a mão de obra será terceirizada pelas cooperativas regionais. A hidrelétrica irá lançar a energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN), conectado por meio de uma subestação no município de Maximiliano de Almeida.
 

Copiar o texto
Cultura
26/11/2020 05:00h

Ao todo, 17 segmentos culturais receberão investimentos de R$ 33.635.000,00

Baixar áudio

No dia 03 de dezembro encerra o prazo para se inscrever nos editais da Lei de Emergência Cultura Aldir Blanc, oferecidos pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult/AL). Essa lei foi criada para que os efeitos da pandemia da Covid-19 fossem reduzidos no setor, então o Congresso Nacional criou a Lei Nº 14.017, de 29 de Junho 2020, que trata sobre ações emergenciais destinadas a cultura e isso se resume em recursos somados no valor de R$ 3 bilhões de reais para promover ações que garantam uma renda emergencial aos trabalhadores do setor e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período da pandemia.

Ao todo, 17 certames irão investir R$ 33.635.000,00 em diversos segmentos culturais. São eles: música, artesanato, literatura, cultura e manifestação popular, projetos culturais, pontos, coletivos e espaços culturais, artes visual e digital, artes cênicas, patrimônio e audiovisual.

Municípios que não cumprirem prazo da Lei Aldir Blanc devem reverter os recursos ao Estado

Ministério do Turismo libera R$ 2 bilhões para apoiar a cultura de estados e municípios

Os interessados devem acessar os editais disponíveis no site da Secult  e preencher os requisitos e documentações solicitados em cada certame. Os proponentes devem se cadastrar através do sistema online CUCA – Cadastro Único da Cultura Alagoana, no link https://cuca.al.gov.br; ou de forma presencial, de segunda à sexta-feira, das 10h às 14h, na sede da Secretaria de Estado da Cultura, localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, s/n, Centro, Maceió (AL).

Copiar o texto
24/11/2020 14:00h

Após a preparação dos boletins feita pelo Tribunal, os candidatos confirmaram a veracidade das informações

Baixar áudio

Para atender a pedido de grupo de movimento político liderado por candidatos, a Justiça Eleitoral em Rondônia disponibilizou as vias físicas dos boletins de urnas das 2ª, 6ª, 20ª e 21ª zonas eleitorais para consulta presencial.

De acordo com o grupo de candidatos, o motivo do ato era a não conformidade entre os resultados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os dados efetivamente inseridos nas urnas.

Eleições 2020: Justiça Eleitoral identifica mais de R$ 60 milhões em doações com indícios de irregularidade

Resultado do segundo turno vai definir jogo político a partir de 2021

Após a preparação dos boletins feita pelo Tribunal, os candidatos confirmaram a veracidade das informações e, então, tiveram a certeza da confiabilidade do sistema eletrônico de votação.
 

Copiar o texto
Política
24/11/2020 13:00h

Ao todo, serão disponibilizadas 1.109 seções eleitorais para receber os votos

Baixar áudio

Cuiabá conta, atualmente, com 378.097 eleitores aptos a votar no segundo turno das eleições deste ano. Ao todo, serão disponibilizadas 1.109 seções eleitorais para receber os votos neste domingo (29). Os eleitores poderão comparecer para escolher seu próximo prefeito das 7h às 17h.

A orientação da Justiça Eleitoral é de que eleitores preferenciais, como é o caso de idosos, exerçam o seu direito de voto nos primeiros horários do dia. Lembrando que trata-se apenas de preferência de horário e não exclusividade.

Eleições 2020: Justiça Eleitoral identifica mais de R$ 60 milhões em doações com indícios de irregularidade

Resultado do segundo turno vai definir jogo político a partir de 2021

No primeiro turno, realizado no dia 15 de novembro, 294.861 eleitores de Cuiabá compareceram às urnas, ou seja, 22,01% deles se abstiveram das votações. O número foi parecido com o registrado nas últimas eleições. Em 2018, a abstenção foi de 19.09%, em 2016 foi de 19.91% e em 2014 foi de 18,13%.


 

Copiar o texto
Saúde
24/11/2020 13:00h

Gabinete de Crise optou pelo deferimento de cinco pedidos de reconsideração

Baixar áudio

Oito regiões entram na bandeira vermelha do mapa definitivo de Distanciamento Controlado do estado. Nessa segunda (23), o Gabinete de Crise deferiu cinco pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais. Com isso, o Rio Grande do Sul tem agora oito regiões em bandeira vermelha e 13 em bandeira laranja por conta da pandemia. 

A análise faz parte da 29ª rodada do mapa e as informações valem até dia 30 de novembro. Os pedidos de reconsideração das regiões Covid de Santa Maria, Guaíba, Caxias do Sul, Porto Alegre e Lajeado foram acatados pelo Gabinete de Crise e permanecem em bandeira laranja nesta semana.

Especial Covid-19: afinal, o Brasil já está passando pela segunda onda da doença?

Em Santa Maria, o pedido foi aceito porque a região tem taxa de ocupação de leitos de UTI abaixo de 80% e os indicadores regionais apresentaram variações de impacto razoável. Em Lajeado, ocorre situação semelhante, com mais de 80% de leitos clínicos disponíveis.

Em Guaíba, a região apresentou melhora na média ponderada final e reduziu consideravelmente o número de internados na região, mantendo capacidade satisfatória de leitos disponíveis para atendimento.

No entanto, a equipe técnica rejeitou os pedidos das regiões de Novo Hamburgo, Passo Fundo e Uruguaiana, que se somam agora a Capão da Canoa, Canoas, Ijuí, Palmeira das Missões e Erechim. 

O mapa completo está disponível em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

Copiar o texto
24/11/2020 12:00h

Instituição reforça pedidos de doações e afirma que cumpre protocolos do Ministério da Saúde

Baixar áudio

O Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) está com o estoque de sangue em níveis críticos. A instituição afirma que a doação de todos sanguíneos é bem-vinda, em especial os tipos O positivo e O negativo.

Por conta da pandemia, e para que sejam evitadas aglomerações, o doador deve fazer um agendamento prévio. O Hemocentro afirma que segue todos os protocolos do Ministério da Saúde e que, no momento da triagem, os doadores são questionados sobre sintomas gripais e contatos com casos suspeitos do novo coronavírus. 

Brasil está analisando casos suspeitos de reinfecção por Covid-19

O Hemocentro do Hospital das Clínicas de Botucatu funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30 e, aos sábados, das 7h às 12h. O agendamento pode ser feito pelo telefone (14) 3811-6041 ou por dois números de WhatsApp, (14) 99624-7055 / (14) 99631-5650.

Copiar o texto

Use dados tenha mais votos nas eleições 2020