;<-- teste -->

Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o usuário realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Política de privacidade

Nós do Brasil 61 coletamos e usamos alguns dados dos nossos leitores com o intuito de melhorar e adaptar nossas plataformas e nossos produtos. Para isso, agimos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018) e nos esforçamos para sermos transparentes em todas nossas atividades.

Para podermos oferecer melhores serviços e veicular peças publicitárias de nossos anunciantes, precisamos conhecer certas informações dos nossos usuários.

COMO O BRASIL 61 COLETA SEUS DADOS

– Quando você se cadastra e cria um usuário no Brasil 61

Quando você entra no nosso site, fornece informações (dados) para a criação do usuário. Estes dados são usados para orientar a estratégia do Brasil 61 e o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos. Essas informações são fornecidas voluntariamente por você leitor e não são compartilhadas com nenhum terceiro.

– Quando você acessa o site do Brasil 61 (www.brasil61.com.br) ou abre uma de nossas newsletters enviadas por e-mail

O Brasil 61 usa tecnologias como cookies e pixel tags para entender como é a sua interação com as nossas plataformas. Esses dados permitem saber, por exemplo, de que dispositivo você acessa o site ou em que links você clicou e quanto tempo permaneceu lendo as notícias. 

COMO O BRASIL 61 USA OS SEUS DADOS

Nós, do Brasil 61, usamos seus dados sempre com a principal intenção de melhorar, desenvolver e viabilizar nossos próprios produtos e serviços a você leitor.

Seus dados são sempre analisados de forma não individualizada, mesmo os que são fornecidos vinculados seu nome ou ao seu endereço de e-mail. 

Os dados em conjunto são analisados para criar relatórios estatísticos de audiência sobre as páginas, textos e meios de acesso ao site e às newsletters. 

Esses relatórios são compartilhados com nossos anunciantes e patrocinadores e servem para modelar estratégias e campanhas institucionais.

As informações que você fornece durante a criação do cadastro do seu usuário no Brasil 61 são utilizadas para a formulação de estratégia comercial e desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços.

Essas informações individualizadas podem ser usadas pelo Brasil 61 para o envio de campanhas comerciais e divulgação de serviços e/ou produtos próprios. Não são compartilhadas com nenhum terceiro.

As informações captadas por meio de cookies e pixel tags são usadas em relatórios internos de monitoramento da audiência e também em relatórios para os anunciantes verificarem a efetividade de suas campanhas. Essas informações não estão vinculadas a nome ou e-mail dos leitores e são sempre avaliadas de forma não individualizada.

O Brasil 61 compartilha informações captadas por meio de cookies e pixel tags com terceiros, como anunciantes, plataformas de redes sociais e provedores de serviço – por exemplo, o serviço de envio de e-mails. O Brasil 61 também em seu site cookies de terceiros que captam informações diretamente do usuário, de acordo com suas próprias políticas de privacidade e uso de dados. 

O QUE O BRASIL 61 NÃO FAZ COM SEUS DADOS

– Não monitoramos ou coletamos dados de páginas que não pertencem ao Brasil 61.
– Não compartilhamos ou vendemos para terceiros nenhuma informação identificável.

O QUE VOCÊ PODE FAZER SE NÃO QUISER MAIS QUE SEUS DADOS SEJAM USADOS PELO BRASIL 61

– Caso não queira que o Brasil 61 use nenhum tipo de cookies, altere as configurações do seu navegador. Nesse caso, a exibição de anúncios e mensagens importantes do Brasil 61 e de nossos anunciantes pode ser prejudicada.

– Caso queira deixar de receber algum newsletter ou e-mail de alertas de notícias, basta clicar em “Unsubscribe”, na parte de baixo do e-mail enviado pelo Brasil 61. 

– Caso queira excluir seu usuário e apagar seus dados individuais da base do Brasil 61, basta enviar um e-mail para: privacidade@brasil61.com

 Última atualização: 24 de dezembro de 2020 

expresso-61

17/05/2021 15:00h

As autorizações para o início dos trabalhos foram assinadas nesta segunda-feira pelo ministro Rogério Marinho

Baixar áudio

O Ministério do Desenvolvimento Regional vai investir mais de dezesseis milhões de reais para garantir o abastecimento de água em comunidades rurais de quarenta e sete municípios do Rio Grande do Norte. As autorizações para o início dos trabalhos foram assinadas nesta segunda-feira pelo ministro Rogério Marinho.

Para ele, a ação vai atacar um problema histórico na região do Semiárido nordestino.

"Vários estados do Nordeste Setentrional vivem em um estado de emergência, em vários lugares do nosso Semiárido abastecidos por carros-pipa. Então, estamos fazendo um trabalho, identificando quais são as comunidades que têm a maior necessidade. Então, nós vamos atender em torno de 50 municípios aqui no estado que são mais atingidos por esse flagelo que é a falta de água com esses instrumentos, que são importantes para atacar essa chaga histórica que é a falta da água potável para as populações mais fragilizadas do nosso Nordeste e, em especial, aqui do nosso Rio Grande do Norte".

Ao todo, 462 cisternas serão construídas e 275 poços artesianos serão perfurados. A lista completa das localidades atendidas e mais informações podem ser acessadas em mdr.gov.br.

Copiar o texto
14/05/2021 14:15h

A ampliação da linha começou em fevereiro e já conta com dois quilômetros e meio de terraplanagem para a instalação da via férrea

Baixar áudio

Após mais de 10 anos sem investimentos na expansão do sistema, a malha ferroviária da Companhia Brasileira de Trens Urbanos no Rio Grande do Norte está passando por obras de ampliação e modernização. Nesta sexta-feira, 14 de maio, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, visitou, em Parnamirim, o canteiro de obras da Linha Branca. A ampliação da linha começou em fevereiro e já conta com dois quilômetros e meio de terraplanagem para a instalação da via férrea.

Segundo o ministro, as intervenções são importantes para reduzir as desigualdades regionais.

"A nossa preocupação sempre foi, nesse período que estamos exercendo o Ministério do Desenvolvimento Regional, buscar ajudar a atacar as desigualdades regionais. Então, essa obra simboliza isso. Quem mora em São José, Nísia e Parnamirim e precisa ir a Natal para se deslocar está pagando mais de R$ 4. Então, nós vamos passar a ter uma realidade diferente. Isso vai cair pela metade ou menos da metade".

O investimento do Governo Federal na implantação da Linha Branca é de cinquenta e oito milhões de reais e a previsão é de que cerca de sete mil passageiros utilizem o serviço diariamente com o acesso a Natal. As obras de ampliação devem ser finalizadas em abril de 2022. 

Para saber mais, acesse mdr.gov.br.

Copiar o texto
Saúde
14/05/2021 07:00h

Caso aconteceu em Duque de Caxias e foi confirmado por entidade de saúde

Baixar áudio

Rio de Janeiro registra o primeiro caso de raiva animal em 26 anos. O diagnóstico foi divulgado esta semana pelo Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp), após o caso ter sido encaminhado de Duque de Caxias.

Febre aftosa: produtor roraimense tem até 15 de maio para notificar imunização do rebanho

Butantan disponibiliza curso online sobre escorpião

Segundo o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Controle de Zoonoses e Agropecuária (Ivisa-Rio), a amostra foi retirada do animal, que morreu no dia 6 de maio após atendimento veterinário, e foi encaminhada ao Instituto Pasteur para determinação da variante viral. O Instituto também informou que o animal teve contato direto com um morcego no dia 26 de março e não houve agressão à dona do cachorro ou aos profissionais de saúde que o atenderam.

Por conta da situação, será feita vacinação antirrábica nos dias 15 e 22 maio nos bairros vizinhos ao município de Duque de Caxias. Já neste sábado (15), serão imunizados os animais de Parada de Lucas, Vigário Geral e Jardim América, na zona norte do Rio de Janeiro.

Copiar o texto
13/05/2021 06:00h

Serão utilizadas somente as vacinas CoronaVac e Pfizer para a imunização desse grupo

Baixar áudio

Após a suspensão da vacinação de grávidas e puérperas em todo o estado de São Paulo, o governo paulista anunciou nesta quarta-feira (12) que a campanha será retomada na próxima segunda-feira (17).

A vacinação foi interrompida após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter recomendado a suspensão imediata do uso da vacina AstraZeneca/Oxford para gestantes.

Saúde interrompe vacinação de gestantes com AstraZeneca

CPI da Covid: “não houve preciosismo”, diz presidente da Anvisa sobre negativa às vacinas Sputnik V e Covaxin

Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 é criada pelo Governo Federal

A partir de segunda-feira (17), serão utilizadas somente as vacinas CoronaVac e Pfizer/BioNtech para a imunização desse grupo. Segundo o governo paulista, a expectativa é imunizar cerca de 100 mil grávidas ou puérperas com comorbidades do estado.

Comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

  • Doenças Cardiovasculares
  • Insuficiência cardíaca (IC)
  • Cor-pulmonales (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Síndromes coronarianas
  • Valvopatias
  • Miocardiopatias e Pericardiopatias
  • Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
  • Arritmias cardíacas
  • Cardiopatias congênitas no adulto
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • Diabetes mellitus
  • Pneumopatias crônicas graves
  • Hipertensão arterial resistente (HAR)
  • Hipertensão arterial - estágio 3
  • Hipertensão arterial - estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Doença Cerebrovascular
  • Doença renal crônica
  • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer).
  • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
  • Obesidade mórbida
  • Cirrose hepática
Copiar o texto
12/05/2021 13:30h

A adesão deverá ocorrer em até 30 dias após a publicação do decreto

Baixar áudio

O Governo de Alagoas convoca municípios para aderirem às Unidades Regionais de Saneamento Básico. A medida é fundamental para dar andamento ao processo de concessão dos serviços de água e esgotamento sanitário. Segundo a Secretaria Estadual de Fazenda, o projeto está finalizado com investimento de R$ 3,6 bilhões.

A adesão deverá ocorrer em até 30 dias após a publicação do decreto nº 74.261, que regulamenta a estrutura de governança das Unidades. O Plano Regional de Saneamento poderá contemplar um ou mais componentes do saneamento básico, com o objetivo de otimizar o planejamento e a prestação dos serviços.

De acordo com o novo marco regulatório, os municípios têm um prazo de até dois anos para comprovarem que vão conseguir fazer os investimentos na universalização do saneamento básico até 2033.

Mercado de gestão de resíduos sólidos é oportunidade para empresas de micro e pequeno porte

Governo destina R$ 72,7 milhões para saneamento em 14 estados e DF

Cabe a cada um dos Conselhos de Desenvolvimento aprovar o Plano Regional de Saneamento Básico, além de acompanhar o processo de revisão dos instrumentos de planejamento, para garantir que estejam em conformidade com os parâmetros e obrigações definidos no contrato de concessão.

Copiar o texto
12/05/2021 12:50h

Queda afeta, em especial, os tipos: O positivo, O negativo e A positivo

Baixar áudio

Estoques de sangue nos hemocentros do estado de Minas Gerais estão baixos. Em função disso, a Fundação Hemominas está convocando doadores voluntários de todos os tipos sanguíneos a comparecerem nas unidades para fazer a doação.

Os estoques de sangue estão, em média, 48% abaixo do ideal, sendo que a queda dos tipos: O negativo, O positivo e A positivo chegam a 60%. Apesar da suspensão das cirurgias eletivas por conta da Covid-19, a Fundação Hemominas lembra que, a todo instante, pessoas sofrem acidentes, necessitam de cirurgias de urgência, de transplantes e outros cuidados. Além disso, alguns pacientes precisam, constantemente, receber transfusão de sangue e hemocomponentes.

Covid-19: plasma pode ajudar no tratamento de infectados

Câmara aprova PL que amplia doenças detectadas pelo teste do pezinho

Para ser um doador você precisa fazer o agendamento online no site da Hemominas, além de estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar bem descansado e alimentado no momento da doação.

Consulte aqui os endereços e horários de atendimento das unidades Hemominas em todo o estado.

Copiar o texto
12/05/2021 07:00h

Curso será online entre os dias 6 e 9 de julho deste ano; inscrições estão abertas

Baixar áudio

Com o objetivo de levar conhecimento sobre eficiência energética às equipes do poder público, a Eletrobras, em parceria com a Fundação Vanzolini, abre inscrições para capacitação gratuita em Eficiência Energética, que ocorre entre os dias 6 e 9 de julho, na modalidade virtual.

Inicialmente, o curso será disponibilizado apenas para os gestores do poder público da Região Sul, com o propósito de disseminar conceitos sobre o assunto para auxiliar os órgãos públicos a terem uma gestão eficiente de seu consumo e gasto com energia elétrica. 

Aneel realiza segundo leilão de energia para atender localidades isoladas

Nova Lei do Gás facilita distribuição e impacta em preços

Nesta etapa serão disponibilizadas 100 vagas, mas já está prevista para o início de 2022, uma série de treinamentos gratuitos em Eficiência Energética para gestores do Poder Público de todo o país.

As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Vanzolini.

Copiar o texto
10/05/2021 18:50h

Iniciativa irá beneficiar 224 municípios paulistas; confira os equipamentos esportivos anunciados

Baixar áudio

Nesta segunda-feira (10) o governador de São Paulo, João Doria, e o secretário de Esportes, Aildo Ferreira, anunciaram um investimento de R$ 36 milhões em instalações esportivas em todas as regiões do Estado.

Serão instaladas 120 novas academias ao ar livre, 100 pistas de skate, além da revitalização de 40 quadras poliesportivas. As obras beneficiam 224 municípios paulistas e todos os convênios assinados entre o governo de São Paulo e as prefeituras terão os trabalhos concluídos até dezembro de 2021.

Novos grupos com comorbidades e deficiências serão vacinados contra Covid-19 em São Paulo

SP: Secretaria convoca indígenas, crianças, mães e profissionais da saúde para vacinação contra a gripe

Durante o evento para anunciar a novidade, Doria também destacou que “São Paulo é o berço do esporte do país, por isso a importância das práticas esportivas no interior, com estruturas adequadas, técnicos, a participação da sociedade civil organizada e das prefeituras”.

Confira abaixo os municípios e equipamentos esportivos anunciados pelo governo de São Paulo:

Academias ao ar livre: 

Alfredo Marcondes, Assis, Barra do Chapéu, Barrinha, Batatais, Bebedouro, Biritiba Mirim, Boituva, Buri, Caiabu, Cajati, Cananéia, Carapicuíba, Catanduva, Cerqueira César, Cerquilho, Colina, Diadema, Duartina, Embu das Artes (2), Francisco Morato, Guaimbê, Guará, Igaratá, Iguape, Ipuã, Itapecerica da Serra, Itaporanga, Itaquaquecetuba, Itararé, Itariri, Juquitiba, Lins, Marília, Miracatu, Monte Castelo, Narandiba, Neves Paulista, Pacaembu, Pariquera-Açu, Pedregulho, Pedro de Toledo, Pindorama, Pirajuí, Piratininga, Potirendaba, Presidente Epitácio, Ribeirão Branco, Santa Isabel, Sertãozinho, São Vicente, Sorocaba, Suzano, Tapiraí, Tarabai, Vargem Grande Paulista e Vargem Grande do Sul.

Pistas de skate:

Anhumas, Assis, Atibaia, Boituva, Biritiba Mirim, Botucatu, Campo Limpo Paulista, Cananéia, Capão Bonito, Capela do Alto, Cravinhos, Franca, Francisco Morato, Garça, Guarujá (2), Guarani D´Oeste, Iepê, Iguape, Ipuã, Itariri, Itapevi, Itápolis, Itaquaquecetuba, Itapecerica da Serra, Itararé, Jaboticabal, Jardinópolis, Juquitiba, Monte Alto, Osasco, Palmeira D´ Oeste, Pilar do Sul, Pindorama, Pitangueiras, Santa Branca, Sertãozinho, Sorocaba (2), Suzano (2), Teodoro Sampaio e Várzea Paulista.

Revitalização de quadras poliesportivas: 

Águas de Lindóia, Bálsamo, Bebedouro, Buri, Campinas, Embu das Artes (2), Guarujá, Inúbia Paulista, Ipuã, Itaporanga, Jaboticabal, Oscar Bressane, Pirapozinho, Presidente Epitácio, Salto, Santa Branca, Santa Rita do Oeste, Sorocaba e Valentim Gentil.

Copiar o texto
10/05/2021 11:30h

O decreto entra em vigor nesta segunda (10) e vai até próximo domingo (16) e estabelece medidas sanitárias excepcionais a serem adotadas em todo o estado

Baixar áudio

O Governo do Estado do Piauí publicou o decreto nº 19.637 que traz novas medidas restritivas para redução dos níveis de transmissão da Covid-19. O documento estende o horário de funcionamento de bares e restaurantes até as 23h e o toque de recolher passa a ser a partir das 24h com término às 5h.

O decreto entra em vigor nesta segunda (10) e vai até o próximo domingo (16) e estabelece medidas sanitárias excepcionais a serem adotadas em todo o Piauí. Nesse período ficarão suspensas as atividades que envolvam aglomeração, eventos culturais, atividades esportivas e sociais.

Comércio deve lucrar R$24 bilhões no Dia das Mães

Aprovado na Câmara projeto para retomada do setor de eventos; texto segue para sanção

Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares, que estavam funcionando até as 22h, agora poderão funcionar até as 23h. O comércio também está autorizado a abrir de segunda a sábado. Os estabelecimentos poderão funcionar somente até as 17h e os shopping centers das 12h às 22h. 

A partir das 24h de sábado (15) até as 24h do domingo (16), ficarão suspensas todas as atividades presenciais econômico-sociais, com exceção dos serviços considerados essenciais.

Copiar o texto
07/05/2021 15:00h

Secretaria de Saúde fluminense ainda busca mais detalhes sobre a nova variante

Baixar áudio

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) identificou uma nova variante do vírus da covid-19 em circulação no estado. A cepa foi encontrada principalmente na Região Norte, mas também foi identificada em amostras nas regiões Metropolitana, Centro e Baixada Litorânea.

O que são as novas cepas do coronavírus?

Quais cepas do coronavírus circulam pelo Brasil?

De acordo com o comunicado, a nova variante é uma mutação da linhagem P1, que permanece em maior frequência no estado, correspondendo a 91,49% das amostras analisadas. Também foram identificadas, em menores proporções, linhagens da variante B.1.1.7, identificada inicialmente no Reino Unido, em 2,13% das amostras e a P2, identificada no próprio estado do Rio, em 0,53%.

Segundo a Secretaria, nessa etapa foram investigadas 376 amostras, de 57 municípios, selecionadas a partir de genomas enviados ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen/RJ), entre os dias 24 de março e 16 de abril.  Ao todo, já foram analisadas, desde fevereiro, 708 amostras. A variante P1 prevaleceu nos sequenciamentos.

O que são cepas?

O vírus SARS-Cov-2, popularmente chamado de coronavírus, assim como outros vírus, sofre mutações. Mesmo que a maioria delas não tenha impactos significativo na disseminação do vírus, algumas mutações ou combinações de mutações podem fornecer aos vírus uma vantagem seletiva, como maior transmissibilidade ou capacidade de evadir a resposta imune do hospedeiro.

Até o momento centenas de cepas do coronavírus já foram identificadas, mas nem todas são consideradas relevantes para a saúde pública. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) estabeleceu três classificações para monitorar essas mutações: as “variantes de interesse”; “de preocupação” e “de alta consequência”. 

Copiar o texto