Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Agronegócio

Agronegócios
24/09/2020 08:32h

O preço do quilo do frango congelado apresentou redução de 2,37% e o produto é vendido a R$ 5,77

Baixar áudio

A cotação da arroba do boi gordo começou a quinta-feira (24) com alta de 1,15% e o produto é negociado a R$ 254,20 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 235,50. Já em Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 246,50. 

O preço do quilo do frango congelado apresentou redução de 2,37% e o produto é vendido a R$ 5,77. Já o preço do frango resfriado não sofreu variação e a mercadoria ainda é comercializada a R$ 5,98.
 
No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial também não teve alteração e o produto continua negociado a R$ 11,73. Em Minas Gerais, o suíno vivo é vendido a R$ 8,19. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 7,60. Os valores são do Canal Rural e Cepea.
 

Copiar o texto
Agronegócios
24/09/2020 08:28h

No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,74% e é negociada a R$ 60,95

Baixar áudio

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quinta-feira (24) com alta de 0,12% no preço e é vendida a R$ 534,51 na cidade de São Paulo. O café robusta também teve elevação no preço. A alta foi de 1,20% e a saca é comercializada a R$ 393,58 para retirada no Espírito Santo.
 
O açúcar cristal registrou aumento no preço de 0,58% e o produto é vendido a R$ 86,77 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, reduziu 0,43%e a mercadoria é comercializada a R$ 85,16.
 
No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,74% e é negociada a R$ 60,95. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 56. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 53. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 56. Os valores são do Canal Rural e Cepea. 


 
 

Copiar o texto
Agronegócios
23/09/2020 10:35h

Isso se deve ao potencial de expansão, de no mínimo 20 mil hectares, da área plantada para os próximos anos com o uso de tecnologias de manejo e de variedades atuais

Baixar áudio

A triticultura da região oeste da Bahia pode contribuir na busca por autossuficiência do Brasil no cultivo de cereal. Isso se deve ao potencial de expansão, de no mínimo 20 mil hectares, da área plantada para os próximos anos com o uso de tecnologias de manejo e de variedades atuais. Atualmente, das cerca de 12 milhões de toneladas consumidas internamente, apenas seis milhões de toneladas devem ser produzidas no Brasil neste ano, de acordo com estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Dez mil voluntários serão testados contra a Covid-19 em nova fase

Ministério da Saúde notifica 924.238 casos prováveis de dengue em 2020

O oeste baiano faz parte do Matopiba, uma grande fronteira agrícola nacional que integra o Cerrado do Maranhão, do Tocantins, do Piauí e da Bahia, e é responsável por grande parte da produção nacional de grãos como soja, milho e fibras como o algodão. Segundo estimativas da Conab, a área plantada com trigo na Bahia em 2020 ainda é pequena, com cerca de 3 mil hectares, mas representa quase a totalidade na região oeste. Pesquisadores acreditam que a área possa alcançar rapidamente 20 mil hectares nos próximos anos. 

Copiar o texto
Agronegócios
23/09/2020 08:37h

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial registrou queda de 0,26% e o produto é negociado a R$ 11,73

Baixar áudio

A cotação da arroba do boi gordo começou a quarta-feira (23) com alta de 0,58% e o produto é negociado a R$ 251,30 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 235,50. Já em Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 246,50. 

O preço do quilo do frango congelado não sofreu variação e o produto ainda é vendido a R$ 5,91. Já o preço do frango resfriado subiu 2,05% e a mercadoria é comercializada a R$ 5,98.
 
No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial registrou queda de 0,26% e o produto é negociado a R$ 11,73. Em Minas Gerais, o suíno vivo é vendido a R$ 8,19. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 7,60. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

Copiar o texto
Agronegócios
23/09/2020 08:34h

No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,22% e é negociada a R$ 59,91

Baixar áudio

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quarta-feira (23) com queda de 0,81% no preço e é vendida a R$ 533,89 na cidade de São Paulo. Já o café robusta teve elevação no preço. A alta foi de 1,14% e a saca é comercializada a R$ 388,90 para retirada no Espírito Santo.
 
O açúcar cristal registrou aumento no preço de 0,23% e o produto é vendido a R$ 86,27 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, subiu 0,47% e a mercadoria é comercializada a R$ 85,53.
 
No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,22% e é negociada a R$ 59,91. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 55. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 52. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 56. Os valores são do Canal Rural e Cepea. 


 

Copiar o texto
22/09/2020 13:00h

São R$ 2,8 milhões para a aquisição de retroescavadeiras e motoniveladoras

Baixar áudio

A Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) firmou convênio no valor de R$ 2,8 milhões com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás (Seapa-GO). O objetivo é viabilizar recursos para a compra de duas retroescavadeiras e quatro motoniveladoras para o estado. 

Valor da produção agropecuária deve passar de R$ 770 bi e bater recorde histórico, prevê Mapa

Agricultura de precisão pode otimizar produção agropecuária em Mato Grosso

De acordo com a pasta, a medida visa melhorar as condições de logística e escoamento da produção agrícola e, consequentemente, aumentar a receita local. As ações da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste atendem aos interesses da região por meio da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR).

Copiar o texto
Agronegócios
22/09/2020 08:26h

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial não sofreu variação e o produto ainda é negociado a R$ 11,76

Baixar áudio

A cotação da arroba do boi gordo começou a terça-feira (22) com alta de 0,75% e o produto é negociado a R$ 249,85 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 234,50. Já em Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 246,50. 

O preço do quilo do frango congelado teve redução de 0,34% e o produto é vendido a R$ 5,91. Já o preço do frango resfriado subiu 0,17% e a mercadoria é comercializada a R$ 5,86.
 
No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial não sofreu variação e o produto ainda é negociado a R$ 11,76. Em Minas Gerais, o suíno vivo é vendido a R$ 8,19. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 7,60. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

 

Copiar o texto
Agronegócios
22/09/2020 08:23h

No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,21% e é negociada a R$ 59,19

Baixar áudio

A saca de 60 quilos do café arábica começou a terça-feira (22) com queda de 1,21% no preço e é vendida a R$ 538,25 na cidade de São Paulo. O café robusta também teve redução no preço. A baixa foi de 0,26% e a saca é comercializada a R$ 384,53 para retirada no Espírito Santo.
 
O açúcar cristal registrou recuo no preço de 0,99% e o produto é vendido a R$ 86,07 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, reduziu 0,94% e a mercadoria é comercializada a R$ 85,13.
 
No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho aumentou 1,21% e é negociada a R$ 59,19. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 54. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 50. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 55. Os valores são do Canal Rural e Cepea. 


 

Copiar o texto
Agronegócios
21/09/2020 08:36h

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial teve redução de 0,08% e o produto é negociado a R$ 11,76

Baixar áudio

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (21) com queda de 1% e o produto é negociado a R$ 248 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 234,50. Já em Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 246,50. 

O preço do quilo do frango congelado teve elevação de 2,77% e o produto é vendido a R$ 5,93. Já o preço do frango resfriado não sofreu variação e a mercadoria ainda é comercializada a R$ 5,85.
 
No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial teve redução de 0,08% e o produto é negociado a R$ 11,76. Em Minas Gerais, o suíno vivo é vendido a R$ 8,19. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 7,61. Os valores são do Canal Rural e Cepea.
 

 

Copiar o texto
Agronegócios
21/09/2020 08:33h

No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho não sofreu variação e ainda é negociada a R$ 58,48

Baixar áudio

A saca de 60 quilos do café arábica começou a segunda-feira (21) com queda de 1,69% no preço e é vendida a R$ 544,82 na cidade de São Paulo. Já o café robusta teve aumento no preço. A alta foi de 0,08% e a saca é comercializada a R$ 385,53 para retirada no Espírito Santo.
 
O açúcar cristal registrou elevação no preço de 0,89% e o produto é vendido a R$ 86,93 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, subiu 0,76% e a mercadoria é comercializada a R$ 85,94.
 
No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho não sofreu variação e ainda é negociada a R$ 58,48. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 54. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 50. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 55. Os valores são do Canal Rural e Cepea. 


 

Copiar o texto

Acesse nossos conteúdos de rádio