Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o usuário realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Política de privacidade

Nós do Brasil 61 coletamos e usamos alguns dados dos nossos leitores com o intuito de melhorar e adaptar nossas plataformas e nossos produtos. Para isso, agimos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018) e nos esforçamos para sermos transparentes em todas nossas atividades.

Para podermos oferecer melhores serviços e veicular peças publicitárias de nossos anunciantes, precisamos conhecer certas informações dos nossos usuários.

COMO O BRASIL 61 COLETA SEUS DADOS

– Quando você se cadastra e cria um usuário no Brasil 61

Quando você entra no nosso site, fornece informações (dados) para a criação do usuário. Estes dados são usados para orientar a estratégia do Brasil 61 e o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos. Essas informações são fornecidas voluntariamente por você leitor e não são compartilhadas com nenhum terceiro.

– Quando você acessa o site do Brasil 61 (www.brasil61.com.br) ou abre uma de nossas newsletters enviadas por e-mail

O Brasil 61 usa tecnologias como cookies e pixel tags para entender como é a sua interação com as nossas plataformas. Esses dados permitem saber, por exemplo, de que dispositivo você acessa o site ou em que links você clicou e quanto tempo permaneceu lendo as notícias. 

COMO O BRASIL 61 USA OS SEUS DADOS

Nós, do Brasil 61, usamos seus dados sempre com a principal intenção de melhorar, desenvolver e viabilizar nossos próprios produtos e serviços a você leitor.

Seus dados são sempre analisados de forma não individualizada, mesmo os que são fornecidos vinculados seu nome ou ao seu endereço de e-mail. 

Os dados em conjunto são analisados para criar relatórios estatísticos de audiência sobre as páginas, textos e meios de acesso ao site e às newsletters. 

Esses relatórios são compartilhados com nossos anunciantes e patrocinadores e servem para modelar estratégias e campanhas institucionais.

As informações que você fornece durante a criação do cadastro do seu usuário no Brasil 61 são utilizadas para a formulação de estratégia comercial e desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços.

Essas informações individualizadas podem ser usadas pelo Brasil 61 para o envio de campanhas comerciais e divulgação de serviços e/ou produtos próprios. Não são compartilhadas com nenhum terceiro.

As informações captadas por meio de cookies e pixel tags são usadas em relatórios internos de monitoramento da audiência e também em relatórios para os anunciantes verificarem a efetividade de suas campanhas. Essas informações não estão vinculadas a nome ou e-mail dos leitores e são sempre avaliadas de forma não individualizada.

O Brasil 61 compartilha informações captadas por meio de cookies e pixel tags com terceiros, como anunciantes, plataformas de redes sociais e provedores de serviço – por exemplo, o serviço de envio de e-mails. O Brasil 61 também em seu site cookies de terceiros que captam informações diretamente do usuário, de acordo com suas próprias políticas de privacidade e uso de dados. 

O QUE O BRASIL 61 NÃO FAZ COM SEUS DADOS

– Não monitoramos ou coletamos dados de páginas que não pertencem ao Brasil 61.
– Não compartilhamos ou vendemos para terceiros nenhuma informação identificável.

O QUE VOCÊ PODE FAZER SE NÃO QUISER MAIS QUE SEUS DADOS SEJAM USADOS PELO BRASIL 61

– Caso não queira que o Brasil 61 use nenhum tipo de cookies, altere as configurações do seu navegador. Nesse caso, a exibição de anúncios e mensagens importantes do Brasil 61 e de nossos anunciantes pode ser prejudicada.

– Caso queira deixar de receber algum newsletter ou e-mail de alertas de notícias, basta clicar em “Unsubscribe”, na parte de baixo do e-mail enviado pelo Brasil 61. 

– Caso queira excluir seu usuário e apagar seus dados individuais da base do Brasil 61, basta enviar um e-mail para: privacidade@brasil61.com

 Última atualização: 24 de dezembro de 2020 

Mato Grosso

Brasil
16/01/2021 00:00h

Medida é válida a autoridades que atuam nas áreas de cultura, esporte e lazer

Baixar áudio

Gestores municipais de cultura, esporte e lazer que atuam no estado do Mato Grosso devem atualizar suas informações cadastrais. Segundo o governo estadual, as informações são necessárias para contatos referentes a projetos, editais e outros assuntos institucionais.

A Secretaria de Estado da Cultura, Esporte e Lazer (Secel) disponibilizou um formulário com alguns questionamentos em sua página da internet.

Dívidas honradas pela União em 2020 bateram recorde

Para 2021, quase 600 projetos devem movimentar a cena cultural mato-grossense. As iniciativas abrangem todos os segmentos artísticos e culturais. Para mais informações sobre o questionário, ligue para (65) 3613-0210.

Copiar o texto
Meio Ambiente
14/01/2021 15:30h

Entre ingressos e regressos, lista ganha mais nove cidades

Baixar áudio

Em portaria publicada nesta quarta-feira (13), o Ministério do Meio Ambiente atualizou a lista de municípios prioritários para ações de prevenção, monitoramento e controle do desmatamento na Amazônia. 

Segundo a norma, os municípios de Feijó e Sena Madureira, no Acre, Humaitá, no Amazonas, Jacareacanga, Medicilândia, Rurópolis e Trairão, no Pará e Rorainópolis, em Roraima, passam a integrar a lista de municípios prioritários. Já a cidade de Peixoto de Azevedo, em Mato Grosso, volta a fazer parte da lista. 

Redução da produção de plástico beneficia orçamento municipal

Ministério do Meio Ambiente abre consulta pública para reciclagem de vidro em todo o País

O município paraense de Rondon do Pará,  por sua vez, passa a integrar a lista de municípios com desmatamento monitorado e sob controle no bioma Amazônia. 
 

Copiar o texto
08/01/2021 11:20h

Os dados mostram um acréscimo de aproximadamente 411% em relação à média nacional

Baixar áudio

O Mato Grosso alcançou a marca de 4.454 testes moleculares (RT-PCR) aplicados para cada 100 mil habitantes. O número mais do que o quintuplicou a média nacional, que é de 870 testes por 100 mil habitantes. Os dados disponibilizados no Painel da Covid-19 mostram um acréscimo de aproximadamente 411% em relação à média nacional.

Desde que passou a realizar testes de coronavírus, no dia 19 de março de 2020, o  Laboratório Central do Estado (Lacen) já realizou um total de 152.828 amostras do RT-PCR. Ainda foram distribuídos 631,1 mil testes rápidos aos 141 municípios de do estado, com o objetivo de auxiliar as prefeituras na ampliação do rastreamento dos casos confirmados do coronavírus.

Viajantes estrangeiros que vierem ao Brasil precisam apresentar PCR

RN: Sesap capacita pesquisadores responsáveis pelo mapeamento da Covid-19

A viabilização dos testes à população, segundo o governo, é fundamental, sobretudo para a detecção e tratamento precoces. Essa ampla testagem também permite a detecção do maior número de casos e a análise de dados mais precisos.

Copiar o texto
Brasil
29/12/2020 11:43h

Investimento corresponde a obras de habitação, saneamento básico, obras públicas e de acessibilidade

Baixar áudio

O governo de Mato Grosso investiu mais de R$ 35 milhões em obras estruturais urbanas nos municípios entre o início de 2019 e o mês de novembro deste ano. Os recursos foram gerenciados por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) e o investimento corresponde, principalmente, a obras de habitação, saneamento básico, obras públicas e de acessibilidade, como praças, calçadas e quadras poliesportivas.

Ipea projeta 4,3% de queda no PIB em 2020

80% dos municípios estão adotando medidas para levar água de qualidade para sua população


Para se ter uma ideia, em relação a habitação, foram finalizadas 2.322 novas unidades habitacionais dos residenciais. As moradias fazem parte do programa “Minha Casa, Minha Vida” e são destinadas as famílias que possuem baixa renda ou vivem em situação de vulnerabilidade. Ao todo foram aportados R$ 7,4 milhões para as obras de habitação, que contaram ainda com recursos dos municípios e do governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal. 

Copiar o texto
18/12/2020 18:00h

A temperatura mínima na região pode ser de 21ºC e a máxima de 33ºC

Baixar áudio

Durante o sábado (19), a região Centro-Oeste do país apresenta tempo firme predominando em praticamente todos os estados, mas podendo ocorrer pancadas de chuva isoladas em algumas localidades entre o Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, podendo avançar também para o estado de Goiás. Apesar disso, ao longo do dia não se descarta o risco para temporais nos três estados e na Capital Federal. A temperatura pode variar entre 21 e 33 graus por toda região, enquanto a umidade relativa do ar segue abaixo dos 45%.

 

As informações são do Somar Meteorologia.

Copiar o texto
17/12/2020 18:00h

A temperatura mínima na região pode ser de 21ºC e a máxima de 33ºC

Baixar áudio

A semana termina com previsão de chuva e temporais na Região Centro-Oeste do país. Nesta sexta-feira (18), entre o Mato Grosso do Sul, sul de Goiás e oeste de Mato Grosso, a previsão é de chuva na forma de temporais isolados durante a tarde. Apesar disso, entre o leste de Mato Grosso, centro-norte de Goiás e pelo Distrito Federal, o tempo firme predomina com sol e calor, sem expectativa de chuvas pela área. A temperatura pode variar entre 21 e 33 graus por toda região, enquanto a umidade relativa do ar segue abaixo dos 45%.

 

As informações são do Somar Meteorologia.

Copiar o texto
16/12/2020 18:00h

A temperatura mínima pode ser de 18ºC e a máxima de 30ºC

Baixar áudio

Nesta quinta-feira (17), a região Centro-Oeste do País, mantém as chuvas por várias localidades. Isso porque um corredor de umidade segue atuando desde a região Amazônica e passa pelo oeste de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, mantendo o tempo instável e com risco para temporais nestas áreas. Fica o alerta novamente para eventual queda de granizo, ventania e volumes mais significativos de chuva. Apesar disso, entre o leste de Mato Grosso e Goiás, o tempo firme predomina sem muita expectativa de chuvas fortes. A temperatura pode variar entre 18 e 30 graus, com a umidade relativa do ar seguindo abaixo dos 45% em quase toda a região.

 

As informações são do Somar Meteorologia.

 

Copiar o texto
16/12/2020 16:20h

Neste ano, foram pagos R$ 16,2 milhões às prefeituras

Baixar áudio

O governo do Mato Grosso afirma que quitou o cofinanciamento da assistência social com os municípios do estado referente a 2019 e 2020. Neste ano, o governo repassou R$ 16,2 milhões do Fundo Estadual da Assistência Social (FEAS) às prefeituras, sendo que cerca de R$ 4,2 milhões foram pagos recentemente como última parcela do ano vigente.

Por conta do decreto de calamidade financeira em 2019, foram pagos R$ 6,4 milhões divididos em oito parcelas. Já o pagamento de 2020 foi efetuado em duas parcelas, sendo uma no valor de R$ 8,4 milhões e outra de aproximadamente R$ 4,2 milhões.

Ministério da Cidadania lança diretrizes para assistência social em contextos de emergência

De acordo com o governo de Mato Grosso, esses recursos são encaminhados aos centros de referência de assistência social, centros de referência especializado de assistência social, centro dia, centro pop e unidades de acolhimento.

Copiar o texto
15/12/2020 18:00h

A temperatura mínima na região pode ser de 18ºC e a máxima de 30ºC

Baixar áudio

Na quarta-feira (16), a região Centro-Oeste do país segue em condições para temporais, principalmente em Mato Grosso do Sul, com previsão para grandes volumes de água em Campo Grande e no sul do estado. Isso por conta da atuação de áreas de instabilidades em diversos níveis da atmosfera, somadas ao transporte de umidade da Amazônia. Em outras áreas, como Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso, as instabilidades diminuem um pouco mas continuam atuando pela região. Com isso, deve predominar um tempo firme entre o norte de Goiás e nordeste de Mato Grosso. A temperatura pode variar entre 18 e 30 graus e a umidade relativa do ar segue abaixo dos 50% em quase toda a região.

 

As informações são do Somar Meteorologia.

Copiar o texto
Agronegócios
15/12/2020 11:05h

Resultado já é 15% superior ao registrado no ano passado; valor produzido pelas lavouras cresceu 19,2%; pela pecuária, 7,3%

Baixar áudio

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) brasileira em 2020 já ultrapassou os R$ 885,8 bilhões. O resultado é 15,1% do valor de 2019, que foi de R$ 769,8 bilhões. Os dados se referem até o mês de novembro, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
 
Segundo o Mapa, as lavouras tiveram um acréscimo de 19,2% em relação ao ano passado. Destaque para o crescimento do VBP da soja (40,4%), do café (39,8%) e do amendoim (36,3%). A pecuária registrou alta de 7,3%, com proeminência da carne suína (23,3%), bovina (14,5%) e ovos (10,1%).

Saldo comercial do agronegócio brasileiro bate recorde em 2020, aponta CNA

2020 foi o ano com a maior quantidade de registros de defensivos agrícolas, afirma Mapa

Ministério da Agricultura prorroga prazo de vacinação contra febre aftosa
 
Na produção por estado, destaque para Mato Grosso, o maior produtor agropecuário do País. Em 2020, o estado registra um VBP superior a R$ 165 bilhões. O Paraná vem em seguida, com R$ 115 bilhões de arrecadação. São Paulo fecha a lista dos três maiores estados produtores, com cerca de R$ 105 bilhões de VBP.  

Copiar o texto