Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o usuário realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Política de privacidade

Nós do Brasil 61 coletamos e usamos alguns dados dos nossos leitores com o intuito de melhorar e adaptar nossas plataformas e nossos produtos. Para isso, agimos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/2018) e nos esforçamos para sermos transparentes em todas nossas atividades.

Para podermos oferecer melhores serviços e veicular peças publicitárias de nossos anunciantes, precisamos conhecer certas informações dos nossos usuários.

COMO O BRASIL 61 COLETA SEUS DADOS

– Quando você se cadastra e cria um usuário no Brasil 61

Quando você entra no nosso site, fornece informações (dados) para a criação do usuário. Estes dados são usados para orientar a estratégia do Brasil 61 e o desenvolvimento de novos serviços e/ou produtos. Essas informações são fornecidas voluntariamente por você leitor e não são compartilhadas com nenhum terceiro.

– Quando você acessa o site do Brasil 61 (www.brasil61.com.br) ou abre uma de nossas newsletters enviadas por e-mail

O Brasil 61 usa tecnologias como cookies e pixel tags para entender como é a sua interação com as nossas plataformas. Esses dados permitem saber, por exemplo, de que dispositivo você acessa o site ou em que links você clicou e quanto tempo permaneceu lendo as notícias. 

COMO O BRASIL 61 USA OS SEUS DADOS

Nós, do Brasil 61, usamos seus dados sempre com a principal intenção de melhorar, desenvolver e viabilizar nossos próprios produtos e serviços a você leitor.

Seus dados são sempre analisados de forma não individualizada, mesmo os que são fornecidos vinculados seu nome ou ao seu endereço de e-mail. 

Os dados em conjunto são analisados para criar relatórios estatísticos de audiência sobre as páginas, textos e meios de acesso ao site e às newsletters. 

Esses relatórios são compartilhados com nossos anunciantes e patrocinadores e servem para modelar estratégias e campanhas institucionais.

As informações que você fornece durante a criação do cadastro do seu usuário no Brasil 61 são utilizadas para a formulação de estratégia comercial e desenvolvimento de novos produtos e/ou serviços.

Essas informações individualizadas podem ser usadas pelo Brasil 61 para o envio de campanhas comerciais e divulgação de serviços e/ou produtos próprios. Não são compartilhadas com nenhum terceiro.

As informações captadas por meio de cookies e pixel tags são usadas em relatórios internos de monitoramento da audiência e também em relatórios para os anunciantes verificarem a efetividade de suas campanhas. Essas informações não estão vinculadas a nome ou e-mail dos leitores e são sempre avaliadas de forma não individualizada.

O Brasil 61 compartilha informações captadas por meio de cookies e pixel tags com terceiros, como anunciantes, plataformas de redes sociais e provedores de serviço – por exemplo, o serviço de envio de e-mails. O Brasil 61 também em seu site cookies de terceiros que captam informações diretamente do usuário, de acordo com suas próprias políticas de privacidade e uso de dados. 

O QUE O BRASIL 61 NÃO FAZ COM SEUS DADOS

– Não monitoramos ou coletamos dados de páginas que não pertencem ao Brasil 61.
– Não compartilhamos ou vendemos para terceiros nenhuma informação identificável.

O QUE VOCÊ PODE FAZER SE NÃO QUISER MAIS QUE SEUS DADOS SEJAM USADOS PELO BRASIL 61

– Caso não queira que o Brasil 61 use nenhum tipo de cookies, altere as configurações do seu navegador. Nesse caso, a exibição de anúncios e mensagens importantes do Brasil 61 e de nossos anunciantes pode ser prejudicada.

– Caso queira deixar de receber algum newsletter ou e-mail de alertas de notícias, basta clicar em “Unsubscribe”, na parte de baixo do e-mail enviado pelo Brasil 61. 

– Caso queira excluir seu usuário e apagar seus dados individuais da base do Brasil 61, basta enviar um e-mail para: privacidade@brasil61.com

 Última atualização: 24 de dezembro de 2020 

Ensino Superior

25/02/2021 00:00h

O programa é voltado tanto para construtoras, incorporadoras e escritórios de projetos, quanto para profissionais das áreas de Arquitetura e Urbanismo ou Engenharia Civil

Baixar áudioBaixar áudio

O Instituto Senai de Tecnologia em Construção Civil do Paraná lançou o programa de Residência em “Building Information Modeling” (BIM). O sistema transforma toda a informação do projeto da construção em um modelo virtual, que permite fazer simulações, ter um planejamento mais efetivo, redução de custos e otimização do tempo. 

A Residência BIM é voltada tanto para construtoras, incorporadoras e escritórios de projetos, quanto para profissionais graduados nas áreas de Arquitetura e Urbanismo ou Engenharia Civil, e prevê atividades teóricas e práticas, com aplicação nas empresas parceiras, de acordo com as demandas propostas por elas, contando com a mentoria de consultores do Senai, especialistas na tecnologia.

Startups que tiveram apoio do Sistema Fiep receberão investimentos da Petrobras

Senai de Mato Grosso do Sul é o segundo melhor do País em sustentabilidade em tecnologia e inovação

Segundo a coordenadora do Instituto Senai de Tecnologia em Construção Civil, Letícia da Costa Gonçalves, o objetivo da iniciativa é apoiar tanto as empresas e os profissionais da área. “A gente resolve duas problemáticas, que é a formação de profissionais especializados para o mercado e ao mesmo tempo apoiamos com um custo reduzido a implantação desse processo nas empresas patrocinadoras do programa”, destacou.

Ao longo do programa, as oito empresas que serão selecionadas terão a oportunidade de desenvolver um processo de implantação BIM personalizado para sua realidade, bem como patrocinar o desenvolvimento técnico de um profissional, o qual poderá absorver em seu quadro técnico após o programa. 

As oito cotas empresariais previstas no edital do programa podem ser preenchidas por empresas de todos os portes, que atuam em qualquer região do Paraná. As empresas interessadas em participar podem se inscrever no programa até o dia 19 de março, sendo que a data pode ser antecipada perante o preenchimento das cotas. A duração será de 5 a 24 meses, a depender da quantidade de módulos realizados pela empresa parceira. 

A seleção para residentes, por sua vez, acontecerá entre os dias 1º e 26 de março. Os estudantes vão receber bolsa de estudos mensal e, ao final do curso, receberão certificado de especialização pelas Faculdades da Indústria. A carga horária para os residentes é de 40 horas semanais. As inscrições devem ser feitas pelo site e a previsão para o início da Residência é 4 de abril.

Para o engenheiro civil Ygor Carneiro, o BIM é uma necessidade de modernização que o setor anseia já há algum tempo. “Um dos maiores percalços que nós profissionais que trabalhamos diretamente no processo de criação e implantação de empreendimentos são as incompatibilidades de projeto, as perdas de informações. E a tecnologia BIM vem justamente para minimizar isso, já que você tem toda a informação concentrada em uma única base”, afirmou. 

Um levantamento realizado pelo BIM Brasil Maturidade em 2020 aponta que 70% das empresas que atuam no ramo da construção civil no Brasil ainda não utilizam a tecnologia em seus projetos. No entanto, por reconhecerem que é uma das principais tendências para o setor, as mesmas companhias que participaram do mapeamento afirmaram que pretendem adotar a tecnologia nos próximos anos. 
 

Copiar o texto
24/02/2021 15:30h

Vagas são de graduação e seleção é feita com base nas notas do Enem nos últimos cinco anos

Baixar áudio

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) está oferecendo vagas em cursos de graduação para estrangeiros em situação de vulnerabilidade e indígenas brasileiros aldeados. A seleção é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

São 77 vagas para refugiados, asilados políticos, apátridas, portadores de visto temporário ou de autorização de residência. O candidato precisa ter realizado o Enem entre 2016 e 2020, e se inscrever no site da Comissão Permanente do Vestibular (Copeve) até a próxima quinta-feira (25).

As vagas para estudantes indígenas são destinadas aos candidatos que concluíram o Ensino Médio, ou equivalente, ou estão no 3º ano desta etapa. É necessário que o candidato tenha participado pelo menos uma vez do Enem, entre os anos de 2015 a 2020. As inscrições se encerram em 1º de março.

Copiar o texto
Educação
18/02/2021 00:00h

Para aqueles que não foram aprovados nas chamadas regulares, o programa oferece ainda a oportunidade de participar da lista de espera

Baixar áudio

Os candidatos pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o primeiro semestre deste ano, têm até o dia 24 de fevereiro para comparecer às instituições de ensino para confirmar as informações declaradas na inscrição e fazer a matrícula. A lista com o nome dos selecionados, bem como o cronograma do programa, pode ser acessada por meio do site do Prouni.

Para aqueles que não foram selecionados nas chamadas regulares, o programa oferece ainda a oportunidade de participar da lista de espera. Para isso, o estudante deve manifestar essa intenção pelo site nos dias 1º e 2 de março. A divulgação do resultado da lista de espera sai em 5 de março e as matrículas deverão ser realizadas entre 8 e 12 de março.

Caminho da Escola e Pnate beneficiaram mais de 4,3 milhões de estudantes da educação básica em 2020

Senai Minas Gerais tem mais de cinco mil vagas abertas para cursos técnicos

Neste ano, o programa oferece bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal. São mais de 162 mil bolsas ofertadas, sendo 52.839 para cursos na modalidade de educação à distância.

Copiar o texto
17/02/2021 00:00h

Com oferta ampla, as vagas abrangem 24 áreas diferentes da indústria, que vão desde confecção a mecatrônica

Baixar áudio

Desenvolvido de acordo com as demandas da indústria, o Senai Minas Gerais está com mais de cinco mil vagas abertas para cursos técnicos nas mais diversas áreas em todo o estado. A preparação voltada para a prática é uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Os cursos têm duração de 18 meses, os interessados devem estar matriculados ou ter concluído o Ensino Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA). As matrículas para as turmas do 1º semestre podem ser feitas até 26 de fevereiro. 
 
Com oferta ampla, as vagas abrangem 24 áreas diferentes da indústria, que vão desde confecção a mecatrônica. A carga horária é 1200 horas e as mensalidades estão na média de R$ 398, dependendo da área que se deseja cursar. Não existe prova de seleção, serão classificados os inscritos dentro do limite de vagas. Os cursos têm como objetivo proporcionar competências que combinam a teoria e as práticas específicas de cada área de atuação, com atividades que simulam a vivência na indústria, dando mais segurança para exercer a profissão.
 
Estudante do curso de técnico em mecânica, Nikolas Resende Costa viu no Senai uma oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos para ter uma oportunidade melhor de trabalho. “Eu fiz o curso de aprendizagem em usinagem mecânica, aprendi bastante, e vendo o conhecimento que os professores tem eu quis me qualificar mais nessa área, então eu escolhi o curso de técnico em mecânica para aperfeiçoar o meu conhecimento”, contou.

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do Edital Gaúcho de Inovação para a Indústria

FIEP lança pós-graduação na modalidade residência voltado para Indústria 4.0
 
Para o diretor e superintendente regional do Senai de Minas Gerais, Christiano Matos Leal, a formação técnica é um grande diferencial para construção de uma carreira sólida dentro da indústria, justamente por ter um conteúdo mais prático, fazendo com que o profissional chegue mais pronto ao mercado de trabalho.
 
“Atualmente nós temos uma grande escassez de profissionais técnicos qualificados no mercado, o que aumenta ainda mais a empregabilidade desses alunos. É importante a gente reforçar que fazer um curso técnico não inviabiliza que a pessoa ingresse também em um curso superior posteriormente, já que a formação técnica tem o foco muito grande no conhecimento prático que as graduações não têm, sendo, portanto, ações complementares”, afirmou. 
 
Ele destacou ainda que a decisão de fazer um curso técnico é uma ótima opção para quem quer ingressar rapidamente no mercado de trabalho, ou mesmo aqueles que querem mudar de área de atuação. O grande diferencial da formação é o baixo custo e rápida possibilidade de se conectar à profissão, com conteúdos práticos e totalmente alinhados ao mundo do trabalho.
 
Há oferta de cursos em duas modalidades: presencial e semipresencial. Fabrício Carlos Pereira, que está cursando técnico em eletromecânica, acredita que esta seja uma oportunidade de amplificar o seu currículo. “Eu escolhi esse curso porque ele abrange as duas áreas, mecânica e a área de eletro industrial. O curso, pra mim, tem sido uma grande experiência, porque o Senai é uma escola técnica muito respeitada aqui do estado, tem ótimos professores”, disse. 
 
O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis e valores das mensalidades para cada município, dentre outras informações, estão disponíveis no site do Senai Minas Gerais.
 

Copiar o texto
12/02/2021 11:30h

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 6 a 9 de abril pelo site do Sistema

Baixar áudio

Foi publicado o edital do processo seletivo para o primeiro semestre de 2021 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 6 a 9 de abril pelo site do Sistema. A publicação foi feita pelo Ministério da Educação (MEC), no Diário Oficial da União desta quinta-feira (11).  

“Após a pandemia precisaremos reconstruir o sistema educacional “, afirma especialista

Seminário aponta desafios e oportunidades das novas gestões municipais de educação

Para a seleção de candidatos serão exigidos, exclusivamente, os resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, que foi adiado em razão da pandemia da Covid-19 e aplicado em janeiro e fevereiro deste ano.

O Sisu é o programa do MEC para acesso de brasileiros a um curso de graduação em universidades públicas pelo Brasil. As vagas são abertas todo semestre e os candidatos com melhor classificação são selecionados de acordo com suas notas no Enem. Além disso, o estudante também não pode ter zerado a redação.

Copiar o texto
Educação
09/02/2021 11:35h

O prazo para que os pré-selecionados na 2ª chamada apresentem os documentos de comprovação das informações cadastradas na inscrição termina no dia 24 de fevereiro

Baixar áudio

Foi divulgado nesta segunda-feira (8) o resultado da 2ª chamada do processo seletivo do Programa Universidade para Todos (Prouni), do 1º semestre de 2021. O prazo para que os pré-selecionados na 2ª chamada apresentem os documentos de comprovação das informações cadastradas na inscrição termina no dia 24 de fevereiro. 

Somente após a comprovação das informações prestadas no ato da inscrição é que o pré-selecionado pode ter direito à bolsa do Prouni. Os documentos devem ser entregues na instituição para a qual o estudante foi pré-selecionado. 

Inep aponta disparidades no acesso à internet em escolas brasileiras

Divulgados os resultados da pré-seleção do Fies 2021

A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará na reprovação do candidato. O candidato não pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas ainda pode disputar uma bolsa por meio da lista de espera. O prazo para manifestar interesse em participar dessa última etapa de seleção do programa é de 1º a 2 de março. A indicação deve ser feita pela internet, na página do Prouni. 

 

Copiar o texto
Educação
09/02/2021 11:25h

Por meio do programa, estudantes que fizeram o Enem podem concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior

Baixar áudio

As instituições públicas de educação superior já podem aderir ao primeiro processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para 2021. O prazo para adesão se estende até a próxima sexta-feira (12). 
 
Por meio do Sisu, os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem usar os seus resultados da prova para concorrer a uma vaga no ensino superior em universidades públicas. 

Inep aponta disparidades no acesso à internet em escolas brasileiras

Mais da metade das famílias com crianças e adolescentes que estudam em escola pública não recebeu alimentação escolar durante fechamento na pandemia
 
Segundo o edital, as instituições devem disponibilizar o acesso virtual para que os estudantes selecionados possam encaminhar a documentação exigida e efetuar a matrícula de forma remota, caso não seja possível realizar esse procedimento presencialmente. 
 
De 17 a 23 de fevereiro, essas instituições terão que ratificar, caso necessário, as informações que constam nos documentos de adesão, que deverão ser encaminhados ao Ministério da Educação (MEC). Além disso, as instituições devem divulgar na internet e em locais de grande circulação de estudantes, as condições específicas de concorrência às vagas ofertadas por meio do Sisu.

Copiar o texto
03/02/2021 11:50h

Provas serão reaplicadas na forma impressa em 23 e 24 de fevereiro

Baixar áudio

Mais de 34 mil estudantes fizeram a versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no último domingo (31). Mas quem se sentiu prejudicado por algum incidente logístico, pode pedir a reaplicação de 8 a 12 de fevereiro pela Página do Participante. As provas serão reaplicadas em 23 e 24 de fevereiro na forma impressa.

Dentre os problemas considerados logísticos estão, por exemplo, desastres naturais que prejudicam a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local, falta de energia elétrica e falha no dispositivo eletrônico fornecido.

Mulheres indígenas e quilombolas serão beneficiadas por projeto da ONU Mulheres no Pará

Educação ambiental pode contribuir para acesso a serviços de saneamento

O segundo dia de prova está marcado para 7 de fevereiro, próximo domingo. Quem tiver diagnóstico de Covid-19 ou outra doença infectocontagiosa prevista no edital, deve solicitar a reaplicação até as 12h deste sábado (06). O participante que apresentar sintomas na véspera (após às 12h) ou no dia da prova não deverá comparecer ao exame, e pode pedir a reaplicação entre 8 e 12 de fevereiro.

 

Copiar o texto
03/02/2021 11:25h

Os candidatos podem consultar o resultado no site do programa ou na instituição para a qual se inscreveu

Baixar áudio

O resultado da pré-seleção do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021 está disponível no site do programa. Os candidatos para as cerca de 93 mil bolsas oferecidas pelo Ministério da Educação (MEC) já podem consultar o resultado no site do programa ou na instituição para a qual se inscreveu.

Mulheres indígenas e quilombolas serão beneficiadas por projeto da ONU Mulheres no Pará

Educação ambiental pode contribuir para acesso a serviços de saneamento

De acordo com o MEC, serão disponibilizados R$ 500 milhões para as bolsas de financiamento estudantil. Os candidatos pré-selecionados deverão complementar sua inscrição entre os dias 3 e 5 de fevereiro de 2021. Além disso, os candidatos não selecionados integrarão uma lista de espera, podendo ser convocados a qualquer momento, entre os dias 3 de fevereiro e 18 de março.

Copiar o texto
02/02/2021 00:00h

Programa contempla alunos do ensino médio e superior e ocorre através de parceria com a prefeitura do município

Baixar áudio

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) firmou uma parceria com a prefeitura de Ribas do Rio Pardo (MS), que tem o objetivo de encaminhar jovens para o mercado de trabalho por meio de um programa de estágio. 

A coordenadora da área de desenvolvimento de carreira do IEL, Rosângela Ramos, diz que, por meio dessa iniciativa, os estudantes universitários e do ensino médio terão a chance de descobrir novas vocações e pôr em prática o que aprendem em sala de aula. 

“Através desse programa, o jovem terá a oportunidade de colocar em prática o que está aprendendo em sala de aula, bem como desenvolver as suas habilidades e competências”, explica.

Os estágios serão oferecidos pela prefeitura e contemplarão as mais variadas áreas do conhecimento, segundo a coordenadora do IEL. “Os cursos vão integrar as áreas da Saúde (fisioterapia, enfermagem, nutrição), educação (letras, pedagogia, artes visuais, biologia, história, física), educação física, psicologia, informática, ciências contábeis, serviço social, dentre outros cursos.”

O processo seletivo para os interessados e todas as informações sobre as inscrições serão publicadas no site oficial da Prefeitura de Ribas do Rio Pardo em breve e poderão ser acessadas pelo site: www.ribasdoriopardo.ms.gov.br

Frequência de atividades escolares na pandemia ainda é desafio para municípios do Paraná

Para os demais estudantes do Mato Grosso do Sul que desejam concorrer às vagas de estágio do IEL, basta estar matriculado em uma instituição de ensino e realizar o cadastro pelo site www.ms.iel.org.br

Copiar o texto