Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Música

Música
07/12/2019 13:22h

Entrada franca para shows de encerramento e show dos vencedores da competição; retirada na bilheteria do Teatro da Caixa Cultural

Baixar áudio

Neste sábado (7), o Festival de Música da Rádio Nacional FM de Brasília, realiza o “Show da Final”, no qual serão apresentados os vencedores da competição. O evento é aberto ao público e vai contar com a apresentação dos 12 finalistas, que serão premiados nas categorias de Melhor Música com Letra, Melhor Música Instrumental Melhor Intérprete Vocal, Melhor Intérprete Instrumental, Melhor Letra, Melhor Arranjo, Música Mais Votada na Internet e Melhor Torcida. 

O festival, realizado na Caixa Cultural, teve 229 músicas inscritas. Na primeira fase, os jurados escolheram as 50 melhores canções, e durante três meses elas foram tocadas diariamente na programação da Rádio Nacional FM. Desta forma, o público pôde escolher as favoritas na internet, que somou mais de 16 mil votos.

Os finalistas desta edição são: Capivara Brass Band, Emília Monteiro, Karin Richter, Litieh, Luis Theodoro e Mário Theodoro, Marcelo Café, Marcelo Lima, Márcio França e Rodrigo Souto, Saci Weré, Tatá Weber, Thaís Siqueira e Túlio Borges. 

O último show do festival será realizado com os premiados, no domingo (8) às 20h. Os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Teatro da Caixa Cultural. 

Copiar o texto
Música
21/08/2019 18:47h

A Esclerose múltipla é uma doença que acomete o sistema nervoso central causando lesões cerebrais e medulares. Ela normalmente afeta adultos na faixa de 18 a 55 anos de idade e no Brasil, e a taxa de prevalência é de aproximadamente 15 casos para cada 100.000 habitantes. E é por isso que nós decidimos gravar um programa falando um pouco mais a respeito desse assunto.

Baixar áudio

A Esclerose múltipla é uma doença que acomete o sistema nervoso central causando lesões cerebrais e medulares. Ela normalmente afeta adultos na faixa de 18 a 55 anos de idade e no Brasil, e a taxa de prevalência é de aproximadamente 15 casos para cada 100.000 habitantes. E é por isso que nós decidimos gravar um programa falando um pouco mais a respeito desse assunto. 

Copiar o texto
Música
02/04/2019 08:00h

O novo projeto, chamado "Kisses", foi divulgado pela própria cantora em um vídeo no Instagram

Baixar áudio

A cantora Anitta divulgou a lista de cantores que vão fazer participações em seu novo álbum, que será divulgado em cinco de abril. Entre os nomes anunciados estão a funkeira Ludmilla, o cantor Caetano Veloso e o rapper americano Snoop Dogg. O novo projeto, chamado "Kisses", foi divulgado pela própria cantora em um vídeo no Instagram.

 

Copiar o texto
Música
20/07/2018 14:33h

Cantora também disponibilizou o clipe da música no YouTube

Baixar áudio

Depois de semanas mostrando todo o processo criativo de seu novo projeto, Anitta finalmente lançou sua nova música e clipe nesta sexta-feira (20). “Medicina” foi escolhida para ser o novo trabalho da cantora, que mostra estar focada na carreia internacional cantando novamente em espanhol.

A funkeira realizou um reality show para mostrar todos os bastidores, desde a decisão de qual música seria lançada primeiro até o processo criativo de seu clipe, no IGTV, nova plataforma do Instagram que permite vídeos de até uma hora de duração.

“Medicina” traz elementos da música latina contemporânea que está em alta nas plataformas de streaming, como o Spotify. O clipe da música, que foi gravado em seis cidades ao redor do mundo, também já está disponível no canal da cantora no YouTube e já conta com mais de um milhão de visualizações.

Aproveitando o sucesso na América Latina, a funkeira também anunciou nesta semana que aceitou ser a nova jurada na versão mexicana do reality musical The Voice.

Reportagem, Larissa Lago
 

Copiar o texto
Música
17/04/2018 06:56h

Sambista morreu após três dias internada

Baixar áudio

Morreu na noite desta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, a cantora Dona Ivone Lara. A sambista, de 97 anos, estava internada no Centro de Terapia Intensiva da Coordenação de Emergência Regional, no Leblon, zona Sul da capital carioca. A cantora apresentava um quadro de anemia e seu estado de saúde era considerado bastante grave.

Dona Ivone Lara é considerada por muitos a maior compositora do samba e da música brasileira. Ela era conhecida como a “Grande Dama do Samba”. Seu maior sucesso é a música “Sonho Meu”, famosa nas vozes de Maria Bethânia e Gal Costa.

A sambista nasceu em 13 de abril de 1921, em Botafogo, no Rio de Janeiro. Perdeu os pais cedo, de quem recebeu as primeiras influências musicais. Foi criada pelos tios, período em que aprendeu a tocar cavaquinho e desenvolveu seu amor pelo samba. Dona Ivone Lara foi a primeira mulher a fazer um samba-enredo numa escola, o Cinco Bailes da História do Rio, em 1965.

O corpo da cantora será velado nesta terça-feira (17) na quadra da escola de samba Império Serrano.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes

Copiar o texto
Música
30/01/2018 11:56h

Baixar áudio

Os serviços e atendimentos em saúde do Amapá vão ser ampliados. Para isso, o Ministério da Saúde encaminhou cerca de dois milhões de reais à Atenção Básica do estado, pois é onde a maior parte dos problemas de saúde podem ser resolvidos. É o que explica o diretor de Atenção Básica do Ministério da Saúde, João Salame.

 

“Se você tem uma saúde básica bem estruturada, você resolve praticamente 80% dos problemas antes que eles cheguem à média e na alta complexidade. A média e alta complexidade tem custos muito caros, muito elevados. Então a população que consegue fazer, através da Atenção Básica, o trabalho de prevenção, nós evitamos muitas doenças. Isso é muito importante, a Atenção Básica é a porta de entrada do sistema e este ano vamos investir 5,1 bilhões de reais apenas na Atenção Básica e apenas recursos do Ministério da Saúde”.

 

Nos últimos dois anos, em todo o Brasil, foram investidos mais de um bilhão de reais para custear e reforçar os serviços e equipes de saúde. Esse valor tem garantido a ampliação dos atendimentos e contempla mais de 20 milhões de pessoas que vivem em municípios brasileiros com diversos tipos de serviços, como explica João Salame.

 

“Esses recursos servem para a contratação de agentes comunitários de saúde, para montar equipes de estratégias de saúde da família, os núcleos de apoio de saúde da família, equipes de saúde bucal, laboratórios de próteses, consultórios de rua, academias da saúde. Então são vários programas que os municípios executam e que recebem um incentivo significativo do Ministério da Saúde”.

 

A Atenção Básica tem recebido forte investimento do Governo Federal e vai continuar a receber recursos para melhorar a saúde da população que depende da rede pública, O número de consultas realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) registrou crescimento de mais de 230% em apenas um ano.  Atualmente, 70% da população brasileira está coberta pela Atenção Básica.

 

Reportagem, Janary Damacena.

 

Copiar o texto
Música
24/12/2017 03:32h

O destaque vai para o hit nacional Loka, de Simone e Simária

Um levantamento inédito produzido pela Kantar Ibope Media, em parceria com a Crowley, aprofundou o estudo sobre o consumo de música nas rádios brasileiras.


Segundo a pesquisa, o Rádio executou músicas mais de 127 bilhões de vezes, entre janeiro e julho de 2017. Trinta e dois por cento das faixas consumidas pelos ouvintes, no período da análise, foi de Sertanejo; seguido pelo Pop, com 25%, e pelo pagode, com 9%.


A música nacional mais ouvida foi Loka. Nas vozes de Simone e Simária e com a participação de Anitta, o hit tocou mais de 1 bilhão e 300 mil vezes. Já a música internacional mais ouvida foi a Shape of you, de Ed Sheeran.

Um dado interessante, apontado pelo levantamento, foi que as músicas sertanejas, interpretadas por mulheres, foram ouvidas mais de 6 bilhões de vezes, consolidando a participação feminina no gênero musical


No top 5 dos principais artistas ouvidos nas rádios estão: Jorge e Mateus, em primeiro lugar, Marilia Mendonça, Henrique e Juliano, Luan Santana e Simone e Simária. De acordo com a pesquisa, 64% dos ouvintes de rádio consideram a música como parte importante da vida.

Reportagem Gabriella Bontempo

Copiar o texto
Música
06/12/2017 16:23h

REPÓRTER: O Rio Grande do Sul vai receber 222 mil reais para aprimorar a qualidade e estrutura dos serviços farmacêuticos das unidades de saúde de 37 municípios. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Qualificação da Assistência Farmacêutica do SUS, o Qualifar-SUS. O recurso também poderá ser destinado para a contratação de novos profissionais, além do aprimoramento dos serviços de conectividade locais. Segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégico do Ministério da Saúde, Marco Antônio Fireman, esse é um trabalho que vem sendo desenvolvido há mais de cinco anos.

 

 

 

 

SONORA: secretário SCTIE/MS, Marco Antônio Fireman

O Qualifar surgiu com o objetivo de a gente estruturar as farmácias dos municípios mais carentes do Brasil porque a assistência farmacêutica, se não tiver uma estrutura para atender, tanto no controle do medicamento, estoque pedido de medicamento, vai gerar uma falta de medicamento para população ou uma sobra de medicamento dentro do estoque, que vai ser destruído e é prejuízo para a Saúde. Então, quanto mais eficiente for a assistência farmacêutica no sentido do controle do medicamento e no sentido do atendimento, da prescrição e do uso racional do medicamento, isso traz benefícios à população”.

 

 

 

 

REPÓRTER: No total, o Ministério da Saúde destina mais de 6 milhões de reais para mais de mil municípios do país. A ampliação no investimento e no aprimoramento da informatização é um dos principais objetivos do governo federal. A estratégia de qualificar os serviços de saúde integra o conjunto de investimentos já realizados pelo Ministério. Para participar do Qualifar-SUS, o município deve fazer parte de programas da Atenção Básica, como o Hórus, um sistema de Assistência Farmacêutica que permite o controle da compra, armazenamento, distribuição e dispensação de medicamentos.

 

Reportagem, Luiz Philipe Leite.

 

 

Copiar o texto
Música
17/04/2017 17:11h

REPÓRTER: A mobilização nacional para a vacinação contra a gripe começou e vai até o dia 26 de maio. No Acre, o Ministério da Saúde quer imunizar mais de 225 mil pessoas. Segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, quem faz parte do grupo prioritário deve procurar a vacina o mais breve possível.

SONORA: ministro da Saúde, Ricardo Barros

“Tentaremos, a cada ano, iniciar a vacina mais cedo para que as pessoas tenham mais proteção e a gente evite óbitos por Influenza. Estamos disponibilizando 60 milhões de doses para alcançar 54 milhões de pessoas. No ano passado, fizemos 93% de cobertura vacinal. Esperamos este ano, de novo, superar os 90%. Precisamos incentivar as pessoas a buscarem a vacina para que nós possamos manter um número baixo de casos, um número baixo de óbitos de gripe neste ano de 2017”.

REPÓRTER: Este ano a campanha de vacinação contra a gripe traz uma novidade.Todos os professores de escolas públicas e privadas vão poder receber a dose, conforme destaca o ministro Ricardo Barros.

SONORA: ministro da Saúde, Ricardo Barros

“Professores estão pela primeira vez nesta lista. Então faremos, nos dias 2 e 3 de maio, a vacinação dos professores na escola, conforme acordado com o ministro Mendonça Filho e, claro, pelo fato de que eles têm contato com dezenas alunos diariamente e estão mais expostos, também, a essa contaminação. Esse é o motivo da inclusão dos professores e o fizemos com muita alegria porque entendemos que, de fato, é um grupo preferencial”.

REPÓRTER: Além dos professores, integram o público-alvo da campanha, pessoas com 60 anos ou mais; crianças de seis meses a menores de cinco anos; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias; pessoas privadas de liberdade; e os funcionários do sistema prisional. Para mais informações, acesse www.saude.gov.br.

Reportagem, Luiz Philipe Leite.

Copiar o texto
Música
26/12/2016 00:18h

O município tem cerca de 40 mil imóveis e é importante que nenhuma residência deixe de ser vistoriada

LOC: Trinta e sete agentes de endemias estão nas ruas de Valença para combater o mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya. A equipe passa de casa em casa para fazer vistorias e ensinar a população a evitar a formação de criadouros do mosquito. Os moradores devem prestar bastante atenção às orientações dadas pelos agentes, pois a tarefa vai ficar por conta de cada família, na própria residência. É fundamental que a população receba bem os agentes de combate, porque a luta contra o mosquito se torna mais eficiente, como explica a Diretora da Vigilância Epidemiológica de Valença, Fernanda Rocha.

TEC/SONORA: Fernanda Rocha, Diretora da Vigilância Epidemiológica

“Abrindo a porta para os agentes de endemias, você fica inteirado do que está acontecendo, das propriedades do mosquito, de como o mosquito age. Então esse é o apelo que nós fazemos, como secretaria municipal de Saúde. E nós queremos uma saúde de qualidade para o município de Valença.”

LOC: Valença tem cerca de 40 mil imóveis e é importante que nenhuma residência deixe de ser vistoriada. A funcionária pública Jacilene dos Santos, de 42 anos, mora em Tento. Ela já recebeu a visita dos agentes e conta o que aprendeu com as dicas que eles dão.

TEC/SONORA: Jacilene dos Santos, funcionária pública

“Eu costumo limpar meu quintal direito: não deixo água parada, vasinhos pequenos e nem tampas de refrigerante.”

LOC: Se você passa o dia todo fora de casa e não tem como receber a equipe de combate ao mosquito, ligue no telefone da Secretaria Municipal de Saúde e agende uma vistoria. O número é 3641-9595. Para saber mais, acesse: saude.gov.br/combateaedes.
 

Copiar o texto

Acesse nossos conteúdos de rádio