MEI. Foto: Agência Brasil.
MEI. Foto: Agência Brasil.

Número de empresas abertas no País aumentou 6%

O número reflete as medidas tomadas pelo governo para facilitar a abertura de empresas em meio à pandemia da Covid-19, que levou muitas pessoas a buscarem no próprio negócio uma oportunidade para gerar renda


O número de empresas abertas em 2020 aumentou 6% em relação ao ano de 2019. Segundo o boletim anual do Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, houve um saldo positivo de 2,3 milhões de empreendimentos ativos no ano passado, o que representa a subtração das empresas abertas e fechadas. O número de empresas fechadas também apresentou uma queda de 11,3% em relação ao ano anterior.

Segundo a pasta, o número reflete as medidas tomadas pelo governo para facilitar a abertura de empresas em meio à pandemia da Covid-19, que levou muitas pessoas a buscarem no próprio negócio uma oportunidade para gerar renda. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados que têm mais empresas ativas, com quase 50%. 

MS: Produção industrial do estado apresenta melhor resultado para o mês de dezembro

Araucária e São José dos Pinhais são os municípios mais atrativos para investimentos no setor industrial paranaense

O boletim mostra ainda que a maioria das novas empresas é de microempreendedores individuais (MEI). De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato, os dados dos últimos anos mostram que a abertura de MEIs têm elevado a taxa total de empresas abertas. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O número de empresas abertas em 2020 aumentou 6% em relação ao ano de 2019. Segundo o boletim anual do Mapa de Empresas, do Ministério da Economia, houve um saldo positivo de 2,3 milhões de empreendimentos ativos no ano passado, o que representa a subtração das empresas abertas e fechadas. O número de empresas fechadas também apresentou uma queda de 11,3% em relação ao ano anterior.

Segundo a pasta, o número reflete as medidas tomadas pelo governo para facilitar a abertura de empresas em meio à pandemia da Covid-19, que levou muitas pessoas a buscarem no próprio negócio uma oportunidade para gerar renda. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados que têm mais empresas ativas, com quase 50%. 

O boletim mostra ainda que a maioria das novas empresas é de microempreendedores individuais (MEI). De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato, os dados dos últimos anos mostram que a abertura de MEIs têm elevado a taxa total de empresas abertas. 

Reportagem, Rafaela Gonçalves