Foto: Arquivo/EBC
Foto: Arquivo/EBC

Sebrae disponibiliza dicas voltadas para retomada econômica de pet shops e veterinárias

O foco da ação é despertar o alerta de empreendedores e clientes sobre a importância de manter os cuidados com segurança e higiene para evitar o contágio da Covid-19


Com o objetivo de ajudar empresários de pequenos negócios no processo de retomada das atividades, o Sebrae lançou a campanha #ContinueCuidando. Entre os segmentos beneficiados com a iniciativa estão pet shops e veterinárias. O foco da ação é despertar o alerta de empreendedores e clientes sobre a importância de manter os cuidados com segurança e higiene para evitar o contágio da Covid-19.

Além desse ponto, a coordenadora nacional de Negócios Pet do Sebrae, Hannah Salmen, afirma que a campanha pretende contribuir para o funcionamento dos estabelecimentos, mantendo assim, a economia em circulação.

“Nossas estimativas giram em torno de uma queda do faturamento na casa de 30% para empreendedores desse setor. Mas, os empreendedores que apresentam crescimento nesse setor são aqueles que apostaram de uma forma bastante antecipada e vigorosa, principalmente em processos de inovação e relacionamento com o cliente”, destaca. 

Sebrae elabora orientações para retomada rápida e segura das atividades de pequenos negócios

Sebrae lança nova campanha para incentivar retomada segura da economia

Micro e pequenas empresas geraram 7,2 mil postos de trabalho no Rio de Janeiro em dezembro, diz Sebrae-RJ

Proprietário de uma veterinária em Brasília, Deivison Barbosa relata que percebeu uma redução na movimentação dos negócios da empresa no início de 2020. No entanto, ele afirma que a situação foi se normalizando com o passar do tempo. Segundo o empresário, a principal dificuldade foi em torno do abastecimento de vacinas para os animais.

Apesar do quadro, Deivison garante que as atividades continuam, mas com os cuidados necessários para evitar a propagação do coronavírus.

“Estamos cuidando para não aglomerar e manter todo mundo de máscara e usando álcool em gel. Dentro do consultório, não permitimos a presença de muitas pessoas, apenas do dono do cachorro e de um veterinário, para não termos a disseminação da doença por conta do nosso atendimento”, afirma.

Entre as dicas fornecidas pelo Sebrae estão lavar as mãos com água e sabão, manter o distanciamento adequado e fazer o uso correto da máscara de proteção. Todo o conteúdo é disponibilizado por meio de e-books, vídeos, infográficos, placas de sinalização, entre outros. Para mais informações sobre esses e outros setores acesse: www.sebrae.com.br/cuidados.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Com o objetivo de ajudar empresários de pequenos negócios no processo de retomada das atividades, o Sebrae lançou a campanha #ContinueCuidando. Entre os segmentos beneficiados com a iniciativa estão pet shops e veterinárias. O foco da ação é despertar o alerta de empreendedores e clientes sobre a importância de manter os cuidados com segurança e higiene para evitar o contágio da Covid-19.

Além desse ponto, a coordenadora nacional de Negócios Pet do Sebrae, Hannah Salmen, afirma que a campanha pretende contribuir para o funcionamento dos estabelecimentos, mantendo assim, a economia em circulação.
 

TEC./SONORA: Hannah Salmen, coordenadora nacional de Negócios Pet do Sebrae

“Nossas estimativas giram em torno de uma queda do faturamento na casa de 30% para empreendedores desse setor. Mas, os empreendedores que apresentam crescimento nesse setor são aqueles que apostaram de uma forma bastante antecipada e vigorosa, principalmente em processos de inovação e relacionamento com o cliente.”
 

LOC.: Proprietário de uma veterinária em Brasília, Deivison Barbosa relata que percebeu uma redução na movimentação dos negócios da empresa no início de 2020. No entanto, ele afirma que a situação foi se normalizando com o passar do tempo. Segundo o empresário, a principal dificuldade foi em torno do abastecimento de vacinas para os animais.

Apesar do quadro, Deivison garante que as atividades continuam, mas com os cuidados necessários para evitar a propagação do coronavírus.
 

TEC./SONORA: Deivison Barbosa, empresário

“Estamos cuidando para não aglomerar e manter todo mundo de máscara e usando álcool em gel. Dentro do consultório, não permitimos a presença de muitas pessoas, apenas do dono do cachorro e de um veterinário, para não termos a disseminação da doença por conta do nosso atendimento.”
 

LOC.: Entre as dicas fornecidas pelo Sebrae estão lavar as mãos com água e sabão, manter o distanciamento adequado e fazer o uso correto da máscara de proteção. Todo o conteúdo é disponibilizado por meio de e-books, vídeos, infográficos, placas de sinalização, entre outros. Para mais informações sobre esses e outros setores acesse: www.sebrae.com.br/cuidados.

Reportagem, Marquezan Araújo