Sede Fapesb - Foto: Fapesb
Sede Fapesb - Foto: Fapesb

Projeto Governo Inteligente investe R$ 10 milhões em micro e pequenas empresas na Bahia

Valor deverá ser aplicado em projetos inovadores que possam solucionar problemas reais da gestão pública


Projeto Governo Inteligente vai investir R$ 10 milhões em micro e pequenas empresas na Bahia. O valor deverá ser aplicado em projetos inovadores que possam solucionar problemas reais da gestão pública. A iniciativa é da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O edital apresenta desafios do dia a dia dos brasileiros e, com base nessas demandas, os micros e pequenos empreendedores deverão apresentar soluções inovadoras, gerando projetos com tecnologias específicas. 

Segundo o diretor de inovação da Fapesb, Handerson Leite, a iniciativa – que faz parte do Programa de Apoio à Pesquisa na Micro e Pequena Empresa – injeta dinheiro na economia do estado, gerando emprego e renda para os baianos. 

Edital seleciona roteiros turísticos para participarem do Projeto Experiências do Brasil Rural

Senador Izalci Lucas acredita que Marco Legal das Startups vai fomentar criação de mais empresas inovadoras

Para participar, é preciso ser micro ou pequena empresa residente na Bahia e estar em situação regular junto ao governo. A submissão de propostas poderá ser feita até 17 de maio. Outros detalhes podem ser conferidos no edital

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Projeto Governo Inteligente vai investir R$ 10 milhões em micro e pequenas empresas na Bahia. O valor deverá ser aplicado em projetos inovadores que possam solucionar problemas reais da gestão pública. A iniciativa é da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

O edital apresenta desafios do dia a dia dos brasileiros e, com base nessas demandas, os micros e pequenos empreendedores deverão apresentar soluções inovadoras, gerando projetos com tecnologias específicas.

Para participar, é preciso ser micro ou pequena empresa residente na Bahia e estar em situação regular junto ao governo. A submissão de propostas poderá ser feita até 17 de maio. Outros detalhes podem ser conferidos no edital, disponível no site: fapesb.ba.gov.br.

Reportagem, Paloma Custódio