Chagada de vacinas. Foto: Agência Brasil.
Chagada de vacinas. Foto: Agência Brasil.

Brasil recebe 1 milhão de doses de vacinas da Pfizer nesta quinta-feira e Ministério da Saúde antecipa doses da AstraZeneca para maio

A carga será recebida no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h


O primeiro lote com 1 milhão de doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech chega ao Brasil nesta quinta-feira (29). A carga será recebida no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h. A remessa faz parte do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica em março, que totaliza 100 milhões de doses de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021. 

A previsão é de que a distribuição seja realizada para as 27 capitais do País entre sexta-feira (30) e sábado (1°), em uma divisão proporcional e igualitária. O imunizante pode ser aplicado em pessoas a partir de 16 anos de idade, em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas.

Governo lançará programa de testagem da população para Covid-19, diz ministro da Saúde

Covid-19: Ministério da Saúde divulga orientações para vacinação do grupo de comorbidades

Além dessas doses, o Ministério da Saúde anunciou ontem a antecipação de 2 milhões de doses pelo consórcio Covax Facility. Com isso, o Brasil deve receber 4 milhões de doses do imunizante da AstraZeneca/Oxford em maio. 

O Brasil possui 42,5 milhões de doses de vacinas acordadas com o consórcio global, coordenado pela Aliança Global de Vacinas (Gavi) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para facilitar o acesso de imunizantes contra a Covid-19 em todo o mundo.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O primeiro lote com 1 milhão de doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech chega ao Brasil nesta quinta-feira (29). A carga será recebida no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 19h. A remessa faz parte do acordo firmado entre o Ministério da Saúde e a farmacêutica em março, que totaliza 100 milhões de doses de vacinas até o final do terceiro trimestre de 2021. 

A previsão é de que a distribuição seja realizada para as 27 capitais do País entre sexta-feira (30) e sábado (1°), em uma divisão proporcional e igualitária. O imunizante pode ser aplicado em pessoas a partir de 16 anos de idade, em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas.

Além dessas doses, o Ministério da Saúde anunciou ontem a antecipação de 2 milhões de doses pelo consórcio Covax Facility. Com isso, o Brasil deve receber 4 milhões de doses do imunizante da AstraZeneca/Oxford em maio. 

O Brasil possui 42,5 milhões de doses de vacinas acordadas com o consórcio global, coordenado pela Aliança Global de Vacinas (Gavi) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para facilitar o acesso de imunizantes contra a Covid-19 em todo o mundo.

Reportagem, Rafaela Gonçalves