Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O estado do Rio de Janeiro já vacinou 2,7 milhões de pessoas com a dose de reforço contra a Covid-19

Além disso, 78% da população com 12 anos ou mais já está imunizada com duas doses ou recebeu a dose única


O estado do Rio de Janeiro já vacinou mais de 2,7 milhões de pessoas com a dose de reforço contra a Covid-19. A dose adicional pode ser aplicada no prazo de quatro meses após a segunda imunização ou da dose única. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pede que a população busque os postos de saúde para completar o calendário vacinal.
 
“Meus amigos do Rio de Janeiro, peço que fiquem atentos ao calendário vacinal e procure um posto de vacinação quando chegar a sua vez. A dose de reforço é fundamental para frear o avanço de novas variantes e reduzir internações e óbitos aqui em nosso estado.”

O empresário Sérgio Alexandre Ferreira, de 58 anos, já está imunizado com a dose de reforço e se diz mais tranquilo, mesmo com o aparecimento de novas variantes.

“Diante da nova variante da Covid, a gente se sente mais tranquilo. A gente se sente menos vulnerável ao vírus. A gente sabe que pode pegar, mas já não se tem tanto medo porque a gente sabe que se pegar, as complicações são menores".

O Rio de Janeiro conta com 78% da população com 12 anos ou mais vacinada com duas doses ou a dose única. São mais de 13 milhões de pessoas imunizadas. Em toda a região, o número de doses aplicadas ultrapassa os 27,4 milhões. Os dados são do vacinômetro do estado e foram atualizadas no dia 20 de janeiro.

Reforce a sua proteção! Se já tomou a primeira dose da sua vacina da covid-19, não se esqueça de tomar a segunda dose. Mantenha a distância segura, lave as mãos com água e sabão e mantenha os ambientes ventilados.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O estado do Rio de Janeiro já vacinou mais de 2,7 milhões de pessoas com a dose de reforço contra a Covid-19. A dose adicional pode ser aplicada no prazo de quatro meses após a segunda imunização ou da dose única. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pede que a população busque os postos de saúde para completar o calendário vacinal.
 

TEC./SONORA: Marcelo Queiroga, ministro da Saúde

“Meus amigos do Rio de Janeiro, peço que fiquem atentos ao calendário vacinal e procure um posto de vacinação quando chegar a sua vez. A dose de reforço é fundamental para frear o avanço de novas variantes e reduzir internações e óbitos aqui em nosso estado".

LOC: O empresário Sérgio Alexandre Ferreira, de 58 anos, já está imunizado com a dose de reforço e se diz mais tranquilo, mesmo com o aparecimento de novas variantes.
 

TEC./SONORA: Sérgio Alexandre Ferreira, empresário

“Diante da nova variante da Covid, a gente se sente mais tranquilo. A gente se sente menos vulnerável ao vírus. A gente sabe que pode pegar, mas já não se tem tanto medo porque a gente sabe que se pegar, as complicações são menores".

LOC: O Rio de Janeiro conta com 78% da população com 12 anos ou mais vacinada com duas doses ou a dose única. São mais de 13 milhões de pessoas imunizadas. Em toda a região, o número de doses aplicadas ultrapassa os 27,4 milhões. Os dados são do vacinômetro do estado e foram atualizadas no dia 20 de janeiro.

Na maior parte dos municípios brasileiros, crianças acima de 5 anos já podem ser vacinadas. Complete seu esquema vacinal e fique protegido! Vá até a unidade de saúde mais próxima e tome a 2° dose ou a dose de reforço 4 meses após a 2º dose. Mantenha uma distância segura, lave as mãos com água e sabão e mantenha os ambientes ventilados.