Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Dólar: moeda está cotada a R$ 5,05

Já o euro seguiu uma tendência de alta e registra R$ 5,34


Nesta sexta-feira (20), o dólar está cotado a R$ 5,05. Em comparação ao último fechamento, houve estabilidade da moeda.

Porém, a moeda americana permanece no maior patamar em relação ao real desde o final de setembro de 2023. 

Já o euro, desta vez, registra leve alta em relação ao dia anterior e a moeda é cotada a R$ 5,34.

O mercado financeiro permanece atento ao conflito no Oriente Médio, que se mantém sem perspectiva de resolução. A tensão é um teste de resistência às moedas de países tradicionalmente pouco seguros para investimentos, já que os investidores preferem mercados mais seguros, como os Estados Unidos, Japão e a Europa. 

Somado aos desdobramentos do conflito está a projeção das taxas de juros futuras internacionais. O reajuste ocorre frente ao possível desaquecimento econômico - fator que também influencia a decisão do investidor e as saídas de divisas internacionais do Brasil. 

As cotações das moedas são do Banco Central do Brasil, o Bacen.
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Nesta sexta-feira (20), o dólar está cotado a R$ 5,05. Em comparação ao último fechamento, houve estabilidade da moeda.

Porém, a moeda americana permanece no maior patamar em relação ao real desde o final de setembro de 2023. 

Já o euro, desta vez, registra leve alta em relação ao dia anterior e a moeda é cotada a R$ 5,34.

O mercado financeiro permanece atento ao conflito no Oriente Médio, que se mantém sem perspectiva de resolução. A tensão é um teste de resistência às moedas de países tradicionalmente pouco seguros para investimentos, já que os investidores preferem mercados mais seguros, como os Estados Unidos, Japão e a Europa. 

Somado aos desdobramentos do conflito está a projeção das taxas de juros futuras internacionais. O reajuste ocorre frente ao possível desaquecimento econômico - fator que também influencia a decisão do investidor e as saídas de divisas internacionais do Brasil. 

As cotações das moedas são do Banco Central do Brasil, o Bacen.

Reportagem, Luigi Mauri, narração, Lívia Azevedo.