Recursos Covid - Foto: Governo Federal
Recursos Covid - Foto: Governo Federal

TO: municípios recebem R$ 6 milhões para combate à Covid-19

Outros R$ 10 milhões, recebidos do Ministério da Saúde, foram destinados para estruturação de leitos de alta complexidade


O governo do Tocantins repassa R$ 5.674.224,56 aos 132 municípios do estado. O recurso provém do Ministério da Saúde e é destinado exclusivamente para combater a Covid-19 – conforme Portaria n° 3.896/2020. A distribuição entre as cidades tocantinenses seguiu critérios de Índice de Desenvolvimento Humano; número de contágio pelo coronavírus; leitos Covid-19 e população. Palmas, por exemplo, recebeu R$ 1.266.191,34 e Araguaína R$ 1.036.886,86.

Ao todo, o Tocantins recebeu R$ 15.674.224,56, dos quais R$ 10 milhões foram designados para estruturação de leitos de alta complexidade, sob gestão estadual.

Mais de 1,7 mil municípios tem interesse em aderir ao consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19

Lotação do transporte público aumenta o risco de contágio pela Covid-19

Segundo o governador do estado, Mauro Carlesse, os recursos enviados pelo Ministério da Saúde são repassados rigorosamente aos municípios, e cabe aos gestores decidirem como vão usá-los, conforme a necessidade local. Ele também afirma que o governo estadual tem feito sua parte, investindo em leitos, distribuindo as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde e buscando mais imunizantes.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O governo do Tocantins repassa cerca de 6 milhões de reais aos 132 municípios do estado. O recurso provém do Ministério da Saúde e é destinado exclusivamente para combater a Covid-19. A distribuição entre as cidades tocantinenses seguiu critérios de Índice de Desenvolvimento Humano; número de contágio pelo coronavírus; leitos Covid-19 e população. 

Ao todo, o Tocantins recebeu quase 16 milhões de reais, dos quais 10 milhões foram designados para estruturação de leitos de alta complexidade, sob gestão estadual.

Segundo o governador do estado, Mauro Carlesse, os recursos enviados pelo Ministério da Saúde são repassados rigorosamente aos municípios, e cabe aos gestores decidirem como vão usá-los, conforme a necessidade local. Ele também afirma que o governo estadual tem feito sua parte, investindo em leitos, distribuindo as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde e buscando mais imunizantes.

Reportagem, Paloma Custódio