Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Governo Federal se mobiliza para prestar auxílio a Petrópolis (RJ) após fortes chuvas

Equipe do Ministério do Desenvolvimento Regional está na cidade para auxiliar prefeitura nos pedidos de estado de calamidade pública e de repasse de recursos


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), está se mobilizando para garantir auxílio à cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, que registrou fortes chuvas nessa terça-feira (15). Em apenas 4 horas, foram registrados 200 mm, volume maior do que o previsto para todo o mês de fevereiro. Uma equipe da Defesa Civil Nacional já está na cidade para verificar in loco os estragos e prestar assistência à prefeitura no atendimento à população afetada e nas solicitações de reconhecimento de estado de calamidade pública e de repasse de recursos federais.

“Este é um momento de nos solidarizarmos e cuidarmos das pessoas que estão fora das suas residências. Nós já entramos em contato com o governo do estado e com a prefeitura da cidade, deslocamos o nosso secretário nacional de Proteção e Defesa Civil para a Petrópolis e, na sexta-feira, estaremos pessoalmente no local, ao lado do presidente da República, para que todo o apoio seja dado”, afirmou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, está em Petrópolis desde a manhã desta quarta-feira (16). Ele fez um sobrevoo nas áreas mais afetadas e participou de reuniões com o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e com o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo. “O cenário na cidade é muito complicado. Estamos colocando à disposição todo nosso efetivo, nossos recursos logísticos e materiais. O próximo passo é reconhecer o estado de calamidade pública da região para podermos começar a liberar recursos no máximo até esta quinta-feira”, comentou.  

Na tarde desta quarta-feira (16), a equipe do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) se reuniu com representantes dos órgãos federais que integram o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec) para articular ações humanitárias, de segurança e saúde. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) é que ocorram mais chuvas na região nos próximos dias.

MDR atualiza Banco de Boas Práticas em Ações de Proteção e Defesa Civil

Defesa Civil Nacional repassa R$ 1,3 milhão a cinco cidades atingidas por desastres naturais

Governo Federal autoriza repasse de R$ 1,3 milhão a oito cidades do Rio Grande do Sul atingidas pela estiagem

Na sexta-feira (18), está previsto que o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho façam um sobrevoo pela cidade e se reúnam com autoridades locais.

Até as 18h desta quarta-feira (16), foram registradas 325 ocorrências, das quais 269 de deslizamentos, além de 78 óbitos e 21 resgates de pessoas com vida. O número de desabrigados chega a 372.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Governo Federal está se mobilizando para garantir auxílio à cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, que registrou fortes chuvas nessa terça-feira. Em apenas quatro horas, foi registrado um volume de água maior do que o previsto para todo o mês de fevereiro. 

Uma equipe da Defesa Civil Nacional já está na cidade para verificar os estragos e prestar assistência à prefeitura no atendimento à população e nos pedidos de solicitação de estado de calamidade pública e de recursos federais.

O ministro Rogério Marinho destacou que o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, está empenhando em auxiliar a cidade fluminense a enfrentar os efeitos do desastre. 

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro MDR
“Este é o momento de nos solidarizarmos e cuidarmos das pessoas que estão fora das suas residências. Nós, por orientação do presidente da República, já entramos em contato com o governo do estado e com a prefeitura da cidade de Petrópolis, deslocamos o nosso secretário nacional de Proteção e Defesa Civil para a cidade e, na sexta-feira, nós estaremos pessoalmente com o presidente da República para que todo o apoio seja dado para que haja a reconstrução e o apoio aos desabrigados e, ao mesmo tempo, a solidariedade para as famílias enlutadas.”

LOC: Desde a manhã desta quarta-feira, o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, está para Petrópolis. Ele fez um sobrevoo nas áreas mais afetadas e participou de reuniões com o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e com o prefeito de Petrópolis, Rubens Bomtempo. 

TEC./SONORA: Cel. Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil
“Realmente a situação é muito crítica. O cenário é de guerra. Estamos colocando à disposição todo nosso efetivo, os nossos recursos logísticos e materiais. O próximo passo é reconhecer o estado de calamidade pública da região para podermos começar a liberar os recursos no máximo até esta quinta-feira."

LOC: Na sexta-feira, 18 de fevereiro, está previsto que o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro Rogério Marinho façam um sobrevoo pela cidade e se reúnam com autoridades locais. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia, o INMET, é de que ocorram mais chuvas na região nos próximos dias. 

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em proteção e defesa civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Alessandro Mendes