Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

MDR atualiza Banco de Boas Práticas em Ações de Proteção e Defesa Civil

Iniciativas de sucesso de estados e municípios estão disponíveis para serem replicadas em todo o País e podem ser consultadas com mais facilidade


O Banco de Boas Práticas em Ações de Proteção e Defesa Civil, lançado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em setembro de 2021, tem auxiliado estados e municípios a desenvolverem políticas públicas relacionadas à proteção e defesa civil. Com o objetivo de avançar nesse processo, o MDR lança uma atualização da ferramenta, que irá facilitar o acesso dos interessados às informações e fomentar o uso das práticas vencedoras por outros estados e municípios.

“Vários municípios manifestaram interesse em conhecer o Banco e têm procurado identificar nos 84 processos aprovados aqueles que podem ser implementados em suas cidades”, afirma o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil do MDR, coronel Alexandre Lucas. “E o Banco de Boas Práticas deve ser atualizado sempre. Deve ser um processo de avaliação ou incentivo para que as pessoas usem esse sistema. Estamos trabalhando para encontrar formas de avaliar a utilização do Banco e, inclusive, no futuro, premiar ou certificar as Defesas Civis que fizeram utilização dele”, completa.

O Banco de Boas Práticas em Ações de Proteção e Defesa Civil tem objetivo de divulgar as boas iniciativas dos estados e municípios, de modo que estas possam servir de exemplo e inspiração para outros entes federados aplicarem em suas regiões.

“Um dos exemplos mais significativos ocorreu recentemente em Ilhéus. Estávamos atendendo o desastre do Sul da Bahia e um integrante da delegação do Ministério Público do estado disse que pegou o modelo de plano de contingência para verificar a situação dos municípios da Bahia no Banco de Boas Práticas. Ou seja, o MP da Bahia está usando a ferramenta para o seu próprio trabalho para entender como funciona esse tipo de planejamento e como deve ser exigido dos municípios”, exemplifica o coronel Alexandre Lucas.

As iniciativas foram organizadas com base nos seguintes temas: Capacitação, Gestão Sistêmica, Mapeamento de Áreas de Risco, Núcleos Comunitários, Defesa Civil na Escola, Monitoramento e Alerta, Iniciativas para as Comunidades e Planos de Contingência.

Entenda a atualização

Anteriormente, quando um ente público interessado em uma boa prática precisava de informações ou entrar em contato com o autor da ação, era necessário acionar a Defesa Civil Nacional. A partir de agora, o formulário disponibilizado no portal do MDR está mais completo, com navegação facilitada e permite acesso aos dados gerais sobre a boa prática, com possibilidade de contato com o autor da ação.

A intenção é que, com essa facilidade, seja formada uma rede de colaborações e troca de experiências entre as Defesas Civis dos entes federados.

Para encaminhar seu case de boa prática e tirar suas dúvidas, entre em contato com a Defesa Civil Nacional por meio do e-mail: cga.sedec@mdr.gov.br.

As boas práticas estão divididas em oito eixos distintos:

  • Capacitação em Proteção e Defesa Civil
  • Defesa Civil na Escola
  • Iniciativas para as Comunidades
  • Gestão sistêmica
  • Mapeamento de Áreas de Risco
  • Monitoramento e Alerta
  • Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil
  • Planos de Contingência.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, atualizou o Banco de Boas Práticas em Ações de Proteção e Defesa Civil. Lançada em 2021, a ferramenta reúne 84 iniciativas de sucesso promovidas por estados e municípios de todo o País. O objetivo é que essas ações possam ser replicadas em outros locais. Para isso, foram criadas novas funcionalidades, de maneira a facilitar o levantamento de informações e o contato com os responsáveis pelos projetos.

O coronel Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, reforça a importância do Banco de Boas Práticas para auxiliar entes públicos nas estratégias de proteção e defesa civil. Ele destaca que o MDR vem trabalhando para aprimorar a ferramenta.

TEC./SONORA: Cel. Alexandre Lucas, secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil
"Vários foram os municípios que manifestaram interesse em conhecer o Banco de Boas Práticas e têm procurado identificar nos 84 processos que foram aprovados aqueles que podem implementar ao longo do tempo em suas cidades. Então, nós estamos trabalhando na perspectiva de encontrar formas de avaliar a utilização do Banco e, inclusive, no futuro, premiar ou certificar as Defesas Civis que fizeram utilização dele."

LOC: As iniciativas do banco de boas práticas foram organizadas com base nos seguintes temas: Capacitação, Gestão Sistêmica, Mapeamento de Áreas de Risco, Núcleos Comunitários, Defesa Civil na Escola, Monitoramento e Alerta, Iniciativas para as Comunidades e Planos de Contingência.

A intenção do MDR é que seja formada uma rede de colaborações e troca de experiências entre as Defesas Civis dos estados e dos municípios do país.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Roberto Wagner