Aglomeração - Foto: Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim/ES
Aglomeração - Foto: Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim/ES

Covid-19: últimas 24 horas registram 889 mortes e mais de 25 mil novos casos

Segundo o Ministério da Saúde, 13,7 milhões de pessoas já se recuperaram


O Brasil registra queda no número de mortes e casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, com 889 óbitos e 25.200 novos casos. Os dados foram compilados ao final do dia 10 de maio pelo Ministério da Saúde, com informações fornecidas pelas secretarias estaduais de Saúde. Mas isso não significa que é hora de relaxar as medidas de proteção contra o vírus. O total de óbitos pela doença chega a 423.229 pessoas.

Desde o início da pandemia, 15.209.990 brasileiros se infectaram com o coronavírus. Entre eles, 13.759.125 já se recuperaram e 1.027.636 estão em acompanhamento.

Gestores pedem apoio para compra de vacinas por estados e municípios

Circulação viral da Covid-19 e sequelas alertam para cuidados mesmo com vacinação em curso

São Paulo lidera com o maior número de óbitos entre os estados (100.854), seguido por Rio de Janeiro (46.442), Minas Gerais (36.062) e Rio Grande do Sul (25.990). Em número de casos, São Paulo continua na frente (3.006.250), seguido por Minas Gerais (1.416.845), Rio Grande do Sul (1.008.296) e Paraná (989.417).

Imagem - Ministério da Saúde

Os dados são atualizados diariamente na plataforma Localiza SUS.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Brasil registra queda no número de mortes e casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, com 889 óbitos e mais de 25 mil novos casos. Os dados foram compilados ao final do dia 10 de maio pelo Ministério da Saúde. Mas isso não significa que é hora de relaxar as medidas de proteção contra o vírus. O total de óbitos pela doença passa de 423 mil pessoas.

Desde o início da pandemia, mais de 15 milhões e 200 mil brasileiros se infectaram com o coronavírus. Entre eles, cerca de 13,7 milhões já se recuperaram e mais de um milhão estão em acompanhamento.

São Paulo lidera com o maior número de óbitos entre os estados, com mais de cem mil mortes pela doença, seguido por Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Em número de casos, São Paulo continua na frente, com mais de três milhões de casos, seguido por Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Os dados são atualizados diariamente no site: susanalitico.saude.gov.br.

Reportagem, Paloma Custódio