Foto: Tony Winston/Ministério da Saúde
Foto: Tony Winston/Ministério da Saúde

Covid-19: mais de 3 milhões de pessoas tomaram a dose de reforço no Rio de Janeiro

Além das duas doses da vacina, é importante tomar o reforço após quatro meses


No Rio de Janeiro, 78% da população com 12 anos ou mais foi vacinada contra a Covid-19 com as duas doses ou a dose única. 13 milhões de pessoas receberam a primeira dose e, dessas, 11,1 milhões tomaram a segunda. Já a dose de reforço foi procurada por apenas 3 milhões e 200 mil pessoas.

O Secretário de Saúde, Alexandre Chiepp, convoca a população para procurar um posto de vacinação e se imunizar. Ele reitera a importância da dose de reforço: “A vacinação com a terceira dose é absolutamente fundamental, alguns estudos mostram que essa variante ômicron consegue escapar eventualmente de pessoas vacinadas com as três doses. Então completar um esquema vacinal e fazer o reforço para terceira dose é uma medida fundamental para conter o avanço dessa variante aqui no estado do Rio de Janeiro. ”

A secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, explica que a vacinação é importante no atual contexto da pandemia: “A variante veio também para nos ensinar, que quando nós estávamos achando - nós observamos isso no Brasil inteiro, já estava um pouco arrefecidos, né? Alguns deixando as máscaras, se aglomerando, relaxando, ela veio mostrar que nós ainda precisamos. A pandemia não acabou, de fato a pandemia não acabou, ela não está como estava, não vamos envolver estresse pós-traumático, mas precisamos estar alertas e ser prudentes”

A vacina está disponível em todo o estado do Rio de Janeiro para jovens e adultos a partir de 12 anos. E o reforço, para quem tem mais de 18 anos e já tomou a segunda dose ou dose única há quatro meses. Se esse for o seu caso, procure um posto para se manter protegido contra casos graves da Covid. 
 

Covid-19: menos de 60% da população de RR, AP, PA e MA tomaram as duas doses da vacina

Ministério da Saúde inclui crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19

Covid-19: pode tomar a vacina gripado?

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: No Rio de Janeiro, 78% da população com 12 anos ou mais foi vacinada contra a Covid-19 com as duas doses ou a dose única. 13 milhões de pessoas receberam a primeira dose e, dessas, 11,1 milhões tomaram a segunda. Já a dose de reforço foi procurada por apenas 3 milhões e 200 mil pessoas. O Secretário de Saúde, Alexandre Chiepp, convoca a população para procurar um posto de vacinação e se imunizar. Ele reitera a importância da dose de reforço. 

TEC./SONORA: Alexandre Chiepp, Secretário de Saúde

“A vacinação com a terceira dose é absolutamente fundamental, alguns estudos mostram que essa variante ômicron consegue escapar eventualmente de pessoas vacinadas com as três doses. Então completar um esquema vacinal e fazer o reforço para terceira dose é uma medida fundamental para conter o avanço dessa variante aqui no estado do Rio de Janeiro.”

 LOC: A secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo, explica que a vacinação é importante no atual contexto da pandemia. 

 TEC./SONORA: Rosana Leite de Melo - secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde

“A variante veio também para nos ensinar, que quando nós estávamos achando - nós observamos isso no Brasil inteiro, já estava um pouco arrefecidos, né? Alguns deixando as máscaras, se aglomerando, relaxando, ela veio mostrar que nós ainda precisamos. A pandemia não acabou, de fato a pandemia não acabou, ela não está como estava, não vamos envolver estresse pós-traumático, mas precisamos estar alertas e ser prudentes”
 

LOC: A vacina está disponível em todo o estado do Rio de Janeiro para jovens e adultos a partir dos 12 anos. E o reforço, para quem tem mais de 18 anos e já tomou a segunda dose ou dose única há quatro meses. Se esse for o seu caso, procure um posto para se manter protegido contra casos graves da Covid. 

Reforce a sua proteção. Se já tomou a primeira dose da sua vacina da Covid-19, não se esqueça de tomar a segunda dose. Mantenha distância segura, lave as mãos com água e sabão, mantenha os ambientes ventilados e use máscara.