Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Covid-19: Brasil registra mais de 18 mil casos da doença; Rio de Janeiro tem maior taxa de letalidade do país

Já a quantidade de pessoas recuperadas da doença ultrapassa 18 milhões


O Brasil registrou mais 18.129 casos e 542 óbitos por Covid-19, nesta segunda-feira (26), de acordo com o mais recente balanço do Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, mais de 19,6 milhões de brasileiros foram infectados pelo novo coronavírus. O número de pessoas que morreram pela doença no país é de quase 550 mil.
 
A quantidade de pessoas recuperadas da doença, por sua vez, ultrapassa 18,3 milhões. O Rio de Janeiro ainda é o estado com a maior taxa de letalidade entre as 27 unidades da federação (5,76%), embora não conte com o maior número de vítimas fatais. O índice médio de letalidade do país é de 2,8%. 

Taxa de letalidade nos estados 

  • Rio de Janeiro - 5,76%
  • São Paulo - 3,43%
  • Amazonas - 3,26%
  • Pernambuco - 3,18%
  • Maranhão - 2,87%
  • Goiás - 2,82%
  • Pará - 2,80%
  • Mato Grosso – 2,59%
  • Minas Gerais – 2,57%
  • Ceará – 2,56%
  • Paraná – 2,52%
  • Alagoas – 2,51%
  • Mato Grosso do Sul - 2,51%
  • Rondônia – 2,48%
  • Rio Grande do Sul – 2,44%
  • Piauí – 2,21%
  • Espírito Santo – 2,19%
  • Sergipe – 2,16%
  • Bahia – 2,15%
  • Distrito Federal – 2,14%
  • Paraíba – 2,14%
  • Acre – 2,07%
  • Rio Grande do Norte – 1,97%
  • Tocantins – 1,67%
  • Santa Catarina – 1,61%
  • Amapá – 1,57%
  • Roraima – 1,54%          

Em relação aos municípios, a cidade de São Luiz do Paraitinga (SP) permanece com a maior taxa de letalidade da Covid-19 do país: 28,95%. Em seguida aparecem Boa Vista do Gurupi (MA), com 26,67%; Miravânia (MG), com 20%; Paço do Lumiar (MA), que registra 16,72%; e Ribeirão (PE), cujo índice é de 15,84%. 

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de medicamento contra a covid-19

SP: absorventes descartáveis passam a ser fornecidos às alunas da rede municipal de ensino

Entre os municípios com as menores taxas de letalidade do Brasil, vários têm esse índice cravado em 0%, pois não confirmaram nenhum óbito pela doença até o momento. Entre eles, estão Bodó (RN), Desterro do Melo (MG), São Francisco do Brejão (MA), Riachão do Bacamarte (PB) e Novo Tiradentes (RS). 
 
Os números têm como base o repasse de dados das secretarias estaduais de Saúde ao órgão. Acesse as informações sobre a Covid-19 no seu estado e município no portal brasil61.com/painelcovid

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Brasil registrou mais 18.129 casos e 542 óbitos por Covid-19, nesta segunda-feira (26), de acordo com o mais recente balanço do Ministério da Saúde. Desde o início da pandemia, mais de 19,6 milhões de brasileiros foram infectados pelo novo coronavírus. O número de pessoas que morreram pela doença no país é de quase 550 mil.
 
A quantidade de pessoas recuperadas da doença, por sua vez, ultrapassa 18,3 milhões. O Rio de Janeiro ainda é o estado com a maior taxa de letalidade entre as 27 unidades da federação (5,76%), embora não conte com o maior número de vítimas fatais. O índice médio de letalidade do país é de 2,8%. 

Em relação aos municípios, a cidade de São Luiz do Paraitinga (SP) permanece com a maior taxa de letalidade da Covid-19 do país: 28,95%. Em seguida aparecem Boa Vista do Gurupi (MA), com 26,67%; Miravânia (MG), com 20%; Paço do Lumiar (MA), que registra 16,72%; e Ribeirão (PE), cujo índice é de 15,84%. 

Entre os municípios com as menores taxas de letalidade do Brasil, vários têm esse índice cravado em 0%, pois não confirmaram nenhum óbito pela doença até o momento. Entre eles, estão Bodó (RN), Desterro do Melo (MG), São Francisco do Brejão (MA), Riachão do Bacamarte (PB) e Novo Tiradentes (RS). 
 
Os números têm como base o repasse de dados das secretarias estaduais de Saúde ao órgão. Acesse as informações sobre a Covid-19 no seu estado e município no portal brasil61.com/painelcovid. 

Reportagem, Marquezan Araújo