Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

Governo Federal repassa R$ 923,9 mil a cidades da Bahia e de Minas Gerais afetadas pelas chuvas

Até o momento já foi disponibilizado aproximadamente R$ 140 milhões para ações de defesa civil na Bahia e R$ 48 milhões em Minas Gerais


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), repassou, nesta segunda-feira (31), recursos a uma cidade da Bahia e a quatro de Minas Gerais afetadas por chuvas intensas. As portarias com as liberações foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU). Até o momento, já foram disponibilizados aproximadamente R$ 140 milhões para ações de defesa civil na Bahia e R$ 48 milhões em Minas Gerais.

Para o município de Rio de Contas, na Bahia, foram repassados R$ 232 mil para a compra de cestas de alimentos, kits de higiene e colchões. Aproximadamente 5,1 mil moradores serão beneficiados.

Em Minas Gerais, a cidade que recebeu o maior recurso foi Águas Formosas. O repasse, de R$ 339,7 mil, será usado para o restabelecimento de uma ponte danificada pelas fortes chuvas. Já para Fronteira dos Vales, foram destinados R$ 215,3 mil para reparos em uma ponte de madeira.  

Ainda em Minas Gerais, o município de Joaíma recebeu R$ 120,2 mil para a construção de bueiro e tabuleiro. Já a cidade de Monte Formoso vai contar com R$ 16,6 mil para a desobstrução de estradas e limpeza urbana.

Estiagem

Nesta segunda, o Governo Federal também reconheceu a situação de emergência na cidade de Marialva, no Paraná, por causa da estiagem. A portaria com o reconhecimento foi publicada neste link. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Governo Federal repassou nesta segunda-feira, 31 de janeiro, mais de 920 mil reais a quatro cidades de Minas Gerais e uma da Bahia afetadas por chuvas intensas. 

Para Rio de Contas, na Bahia, foram repassados 232 mil reais para a compra de cestas de alimentos, kits de higiene e colchões. 
Já em Minas Gerais, a cidade que recebeu o maior recurso foi Águas Formosas. O investimento, de quase 340 mil reais, será usado para o restabelecimento de uma ponte.

Já para Fronteira dos Vales, foram destinados 215 mil reais também para reparos em uma ponte danificada pelas fortes chuvas.  
Ainda em Minas Gerais, o município de Joaíma recebeu 120 mil reais para a construção de bueiro e tabuleiro. Já a cidade de Monte Formoso vai contar com 16 mil reais para a desobstrução de estradas e limpeza urbana. 

Até o momento, o Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, já disponibilizou aproximadamente 140 milhões de reais para ações de defesa civil na Bahia e 48 milhões de reais em Minas Gerais. 

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como funciona o processo de reconhecimento de situação de
emergência e de liberação de recursos federais para ajudar as regiões afetadas por desastres. 

TEC./SONORA:  Cel. Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil
"O reconhecimento tem o papel de alterar processos administrativos e jurídicos e acelerar processos para a resposta ao desastre, além de permitir a liberação de uma série de recursos. Para isso, é preciso que o estado ou o município decrete a situação de emergência ou de calamidade pública e insira essa documentação no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). A partir disso, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) publica uma portaria e o ente federativo está apto a solicitar recursos."

LOC.: O Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2iD, pode ser acessado em s2id.mi.gov.br.
Nesta segunda, o Governo Federal também reconheceu a situação de emergência na cidade de Marialva, no Paraná, atingida pela estiagem. 

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Manuela Rolim