Sala de Aula - Foto: Governo Federal
Sala de Aula - Foto: Governo Federal

FNDE prorroga prazos para prestar contas de programas de ações educacionais

Gestores têm até 1° de julho para enviarem as informações no SiGPC


O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou os prazos para prestar contas de vários programas de ações educacionais. Agora, gestores estaduais, distritais e municipais têm até 1° de julho para enviarem as informações pelo Sistema de Gestão de Prestação de Contas (SiGPC - Contas Online).

A prorrogação dos prazos contempla os seguintes programas e ações:

  • Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae);
  • Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Ações Agregadas;
  • Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate);
  • Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Campo - Saberes da Terra, edição especial); e
  • Bolsa-Formação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Censo Escolar da Educação Básica 2021 tem cronograma definido

Projeto que torna Pronampe uma política pública é aprovado no Senado

A Resolução n° 9/2021, que prorrogou o prazo para a prestação de contas, também deu mais tempo para que os conselhos de controle social encaminhem seus pareceres ao FNDE sobre as informações prestadas sobre o Pnae e o Pnate. Os respectivos conselhos têm até 15 de agosto para registrarem se aprovam ou não as contas, no Sistema de Gestão de Conselhos do FNDE (Sigecon).

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou os prazos para prestar contas de vários programas de ações educacionais. Agora, gestores estaduais, distritais e municipais têm até 1° de julho para enviarem as informações pelo Sistema de Gestão de Prestação de Contas.

A prorrogação dos prazos contempla o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae); o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate); o Programa Dinheiro Direto na Escola e Ações Agregadas; o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Campo - Saberes da Terra, edição especial); e a Bolsa-Formação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A Resolução n° 9/2021, que prorrogou o prazo para a prestação de contas, também deu mais tempo para que os conselhos de controle social encaminhem seus pareceres ao FNDE sobre as informações prestadas sobre o Pnae e o Pnate. Os respectivos conselhos têm até 15 de agosto para registrarem se aprovam ou não as contas.

Reportagem, Paloma Custódio