Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site da Agência do Rádio - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 Mais não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: divulgação/ SENAI

Plataforma de emprego criada pelo SENAI aproxima candidatos e empresas

‘Contrate-me’ usa inteligência artificial para verificar perfil do trabalhador que é mais compatível com vagas disponíveis; ferramenta é totalmente gratuita

Salvar imagemTexto para rádio

Conseguir um novo emprego durante a pandemia do novo coronavírus é algo distante? Não para quem quiser trabalhar na indústria nacional. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) criou o Contrate-me, uma ferramenta para que interessados em trabalhar no setor encontrem a vaga ideal. Por meio de inteligência artificial, o sistema mostra a empregadores currículos que mais se aproximam das vagas ofertadas, prezando não só por competências técnicas, mas também pelas emocionais. 

O objetivo é focar especialmente nas habilidades socioemocionais dos candidatos. Segundo o gerente de Educação Profissional do SENAI, Felipe Morgado, qualquer pessoa interessada em trabalhar na indústria brasileira pode experimentar a ferramenta.

“O SENAI sempre busca formar profissionais preparados e de acordo com a necessidade do setor produtivo, mas muitas empresas têm dificuldade de encontrar os melhores profissionais de acordo com essas necessidades. Por isso, criamos a plataforma, para garantir um processo ágil de seleção e a melhor escolha para a indústria”, explica. Morgado acrescente que o número de vagas disponíveis vai depender da demanda da indústria na busca por novos profissionais.

Para concorrer a uma vaga, o candidato deve se cadastrar e montar o perfil na plataforma, inserindo inicialmente dados pessoais. Depois dessa etapa, o interessado fará uma entrevista virtual, com uso de inteligência artificial, podendo falar sobre experiências pessoais, gostos, qualidades e habilidades profissionais. A plataforma, então, verifica a compatibilidade do candidato com as vagas disponíveis, dando “match” com as que mais se encaixam, semelhante ao que ocorre em aplicativos de relacionamento.

“O Contrate-me é uma solução simples, ágil, fácil e barata para que as indústrias brasileiras encontrem os melhores profissionais disponíveis no mercado de trabalho. Inclusive, convidamos as indústrias brasileiras a entrarem na plataforma e selecionarem os profissionais”, recomenda Felipe Morgado. 

Uma das dicas do gerente de Educação Profissional do SENAI é deixar o currículo com informações claras, especialmente em relação às habilidades, já que tudo ficará acessível às empresas cadastradas. “Preencham as informações com muita atenção, destacando as competências técnicas, a formação e, principalmente, respondendo à entrevista de maneira completa, para que a plataforma identifique todas as competências da pessoa. Caso a pessoa ainda não tenha uma determinada competência, seja técnica ou emocional, o SENAI certamente poderá oferecer um curso para desenvolvê-la”, garante. Vale ressaltar que sempre que quiser, o candidato poderá atualizar os dados.

O Contrate-me é uma parceria do SENAI com a plataforma de empregabilidade SPECK, conhecida justamente pelo potencial de mostrar as capacidades socioemocionais dos candidatos. Até agora, mais de 11 mil currículos já foram inseridos no site.

Fonte: Brasil 61

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Conseguir uma vaga de emprego na indústria ficou mais fácil. O SENAI criou o Contrate-me, uma ferramenta para que candidatos encontrem a vaga ideal no setor. Por meio de inteligência artificial, o sistema mostra a empregadores currículos que mais se aproximam das vagas ofertadas, prezando por competências técnicas e emocionais.

O objetivo é focar especialmente nas habilidades socioemocionais dos candidatos, como explica o gerente de Educação Profissional do SENAI, Felipe Morgado.
 

“O SENAI sempre busca formar profissionais preparados e de acordo com a necessidade do setor produtivo, mas muitas empresas têm dificuldade de encontrar os melhores profissionais de acordo com essas necessidades. Por isso, criamos a plataforma, para garantir um processo ágil de seleção e a melhor escolha para a indústria.”

LOC.: Qualquer pessoa interessada em trabalhar na indústria brasileira pode se cadastrar. Para encontrar o emprego dos sonhos, é preciso que o candidato cadastre o currículo na plataforma. Depois, o interessado fará uma entrevista virtual para falar sobre experiências pessoais, gostos, qualidades e habilidades profissionais.

A plataforma, então, verifica a compatibilidade do candidato com as vagas disponíveis, dando “match” com as que mais se encaixam. Quem dá mais detalhes de como ocorre esse processo é o gerente de Educação Profissional do SENAI, Felipe Morgado.
 

“O Contrate-me é uma solução simples, ágil, fácil e barata para que as indústrias brasileiras encontrem os melhores profissionais disponíveis no mercado de trabalho. Inclusive, convidamos as indústrias brasileiras a entrarem na plataforma e selecionarem os profissionais.”

LOC.: Se você está em busca de um emprego no setor industrial, fique atento! A dica do gerente do SENAI para chamar a atenção de quem contrata é destacar as competências técnicas e socioemocionais e responder à entrevista virtual de maneira completa. Vale ressaltar que, sempre que quiser, o candidato poderá atualizar os dados. O endereço do site para cadastrar o currículo é mundosenai.com.br/contrate-me.

Reportagem, Jalila Arabi.