Foto: Anugrah Lohiya (Pexels)
Foto: Anugrah Lohiya (Pexels)

Governo federal prepara leilões de aeroportos, ferrovia e terminais portuários

A expectativa é arrecadar R$ 10 bilhões em investimentos privados com as concessões


Nesta semana o governo federal vai realizar uma série de leilões de aeroportos, portos e ferrovia. Chamada de “Infra Week”, os leilões vão ocorrer entre os dias 7 e 9 deste mês e a expectativa é arrecadar R$ 10 bilhões em investimentos privados com as concessões. Estão na lista 22 aeroportos, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), na Bahia, e cinco terminais portuários.

RJ: Paulo Ganime acredita que flexibilização trabalhista deve ser um acordo entre ambas as partes, não apenas imposição da empresa

Colapso de sistema de saúde alcançando municípios era alertado em 2020

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, está prevista a geração de mais de 200 mil empregos, de forma direta, indireta e efeito-renda, ao longo dos contratos de arrendamento e concessões.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, no dia 7 de abril será realizado o leilão de 22 aeroportos que é “a mesma quantidade de todas as rodadas anteriores, mas de uma só vez. No dia 8 de abril será a vez da Ferrovia de Integração Oeste-Leste. No dia 9, serão cinco terminais portuários”, explicou o ministro.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Nesta semana o governo federal vai realizar uma série de leilões de aeroportos, portos e ferrovia. Chamada de “Infra Week”, os leilões vão ocorrer entre os dias 7 e 9 deste mês e a expectativa é arrecadar R$ 10 bilhões em investimentos privados com as concessões. Estão na lista 22 aeroportos, a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), na Bahia, e cinco terminais portuários.

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, está prevista a geração de mais de 200 mil empregos, de forma direta, indireta e efeito-renda, ao longo dos contratos de arrendamento e concessões.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, no dia 7 de abril será realizado o leilão de 22 aeroportos que é “a mesma quantidade de todas as rodadas anteriores, mas de uma só vez. No dia 8 de abril será a vez da Ferrovia de Integração Oeste-Leste. No dia 9, serão cinco terminais portuários”, explicou o ministro.