Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Ibovespa abre a segunda-feira (11) em queda e se aproxima de 114 mil pontos

A bolsa de valores brasileira caiu 0,60%


O Ibovespa abriu esta segunda-feira (11) em queda de 0,60% e se aproxima dos 114 mil pontos. Atualmente, o índice é cotado a 115.315 pontos. 

A queda foi motivada pelo setor externo, principalmente pela expectativa de maiores juros futuros nos Estados Unidos. Além disso, o mercado apresenta tensão com a menor oferta de barris de petróleo por parte de Rússia e da Arábia Saudita. 

A Vale (VALE3) apresentou queda nas ações de aproximadamente 2,00%. O desempenho ruim ocorre após o governo chinês informar que vai aumentar a regulação sobre o minério de ferro naquele país. A Petrobras também teve redução nas ações (PETR3, PETR4), de aproximadamente 0,80% e 0,35%, respectivamente. 

Por parte das altas, estão Petz (PETZ3) e Yduqs (YDUQ3), que apresentaram respectivas elevações de 3,85% e 2,50%, além de Equatorial (EQTL3) e Petrorecsa (RECV3), que subiram 1,50%. 

O total do volume negociado na B3 é de R$ 16,5 bilhões.

Os dados referentes à bolsa de valores brasileira podem ser consultados através da B3. 
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Ibovespa abriu esta segunda-feira (11) em queda de 0,60% e se aproxima dos 114 mil pontos. Atualmente, o índice é cotado a 115.315 pontos. 

A queda foi motivada pelo setor externo, principalmente pela expectativa de maiores juros futuros nos Estados Unidos. Além disso, o mercado apresenta tensão com a menor oferta de barris de petróleo por parte de Rússia e da Arábia Saudita. 

A Vale apresentou queda nas ações de aproximadamente 2,00%. O desempenho ruim ocorre após o governo chinês informar que vai aumentar a regulação sobre o minério de ferro naquele país. A Petrobras também teve redução nas ações.

Por parte das altas, destacam-se Petz e Yduqs, que apresentaram respectivas elevações de 3,85% e 2,50%. 

O total do volume negociado na B3 é de R$ 16,5 bilhões.

Os dados referentes à bolsa de valores brasileira podem ser consultados através da B3. 

Reportagem, Luigi Mauri, narração, Lívia Azevedo