Foto: Confederação Nacional dos Municípios
Foto: Confederação Nacional dos Municípios

CNM cancela Marcha em Defesa dos Municípios em 2021

Situação da pandemia de Covid-19 impede realização do evento


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) decidiu cancelar a edição 2021 da Marcha em Brasília em Defesa dos Municípios. De acordo com o atual presidente da instituição, Paulo Ziulkoski, a situação de pandemia no país impossibilita a realização do evento com segurança.

Até então, a marcha estava prevista para março deste ano e depois foi adiada para outubro. Em 2020, o evento também foi cancelado em decorrência da pandemia da Covid-19. A expectativa é que o evento volte a ser realizado no primeiro semestre de 2022.

Senadores cobram rapidez na fiscalização de irregularidades em recursos destinados ao combate à pandemia

FPM: terceira parcela é antecipada para sexta-feira (28)

Considerado o maior encontro municipalista da América, a primeira edição da Marcha em Defesa dos Municípios aconteceu em 1998. Desde então, foram 22 edições. A mobilização dos gestores municipais reúne também especialistas e representantes do governo federal, para gerar avanços e conquistas históricas com impactos para todos os municípios brasileiros.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) decidiu cancelar a edição 2021 da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. De acordo com o atual presidente da instituição, Paulo Ziulkoski, a situação da pandemia no país impossibilita a realização do evento com segurança.

Até então, a marcha estava prevista para março deste ano e depois foi adiada para outubro. Em 2020, o evento também foi cancelado em decorrência da pandemia da Covid-19. A expectativa é que o evento volte a ser realizado no primeiro semestre de 2022.

Considerado o maior encontro municipalista da América, a primeira edição da Marcha em Defesa dos Municípios aconteceu em 1998. Desde então, foram 22 edições. A mobilização dos gestores municipais reúne também especialistas e representantes do governo federal, para gerar avanços e conquistas históricas com impactos para todos os municípios brasileiros.

Reportagem, Paloma Custódio