Fernando Viva/Governo da Bahia
Fernando Viva/Governo da Bahia

BA: governo estadual amplia toque de recolher até 1º de junho

Circulação de pessoas continua restrita entre 21h e 5h


O governo da Bahia ampliou até 1º de junho o toque de recolher em todo o estado. Desta forma, a restrição para circulação de pessoas entre 21h e 5h continua valendo. Nas regiões da Chapada, Oeste, Sudoeste e Extremo-Sul baiano, as medidas que limitam a locomoção da população têm validade das 20h às 5h. 

De acordo com o governo estadual, nos municípios que integrem regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI foi igual ou inferior a 75%, por cinco dias seguidos, o toque de recolher pode começar às 22h. 

PreCOV: Ministério da Saúde fará pesquisa sobre Covid-19 em 274 municípios

Laboratório Central da Bahia identifica dispersão de variantes mais agressivas da Covid-19 no estado

Bares e restaurantes continuam proibidos de funcionar depois das 19h todos os dias. No fim de semana, as restrições são ainda maiores, já que esses estabelecimentos só poderão comercializar alimentos e bebidas não alcoólicas. Ou seja, entre 18h de 28 de maio (sexta-feira) e 5h de 31 de maio (segunda-feira), a venda de bebida alcoólica estará proibida, mesmo a modalidade de entrega em domicílio (delivery). 

As aulas nas redes pública e particular de ensino podem continuar de forma presencial, com limitação máxima de 50% da capacidade da sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários. Shows, eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas, independente da quantidade, continuam proibidos. 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O governo da Bahia ampliou até 1º de junho o toque de recolher em todo o estado. Desta forma, a restrição para circulação de pessoas entre 21h e 5h continua valendo. Nas regiões da Chapada, Oeste, Sudoeste e Extremo-Sul baiano, as medidas que limitam a locomoção da população têm validade das 20h às 5h. 

De acordo com o governo estadual, nos municípios que integrem regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI foi igual ou inferior a 75%, por cinco dias seguidos, o toque de recolher pode começar às 22h. 

Bares e restaurantes continuam proibidos de funcionar depois das 19h todos os dias. No fim de semana, as restrições são ainda maiores, já que esses estabelecimentos só poderão comercializar alimentos e bebidas não alcoólicas. Ou seja, entre 18h de 28 de maio (sexta-feira) e 5h de 31 de maio (segunda-feira), a venda de bebida alcoólica estará proibida, mesmo a modalidade de entrega em domicílio (delivery). 

As aulas nas redes pública e particular de ensino podem continuar de forma presencial, com limitação máxima de 50% da capacidade da sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários. Shows, eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas, independente da quantidade, continuam proibidos. 

Reportagem, Felipe Moura