Toque de recolher. Foto: Secretaria de Segurança Pública da Bahia.
Toque de recolher. Foto: Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Governo da Bahia prorroga medidas de restrição contra a Covid-19

O decreto também estabelece a volta às aulas na rede estadual de ensino, exclusivamente de forma remota


O governo da Bahia atualizou o decreto que suspende os eventos e atividades, independentemente do número de pessoas, em todo o estado. A publicação, que venceria neste domingo (14), passa a valer até 1º de abril de 2021. 

Com a medida, as atividades consideradas não essenciais vão continuar suspensas em conjunto com o toque de recolher das 20h às 5h, determinado pelo governo estadual até o dia 1º de abril.

Alta ocupação de leitos evidencia colapso na saúde após um ano de pandemia

Anvisa aprova registros definitivos de medicamento contra Covid-19 e vacina da AstraZeneca

Segue proibida a realização de atividades que envolvam aglomeração de pessoas, como cerimônias de casamento, solenidades de formatura, feiras, circos, passeatas, eventos desportivos, científicos e religiosos, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

O decreto também estabelece a volta às aulas na rede estadual de ensino, exclusivamente de forma remota, a partir desta segunda-feira (15).

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O governo da Bahia atualizou o decreto que suspende os eventos e atividades, independentemente do número de pessoas, em todo o estado. A publicação, que venceria neste domingo (14), passa a valer até 1º de abril de 2021. 

Com a medida, as atividades consideradas não essenciais vão continuar suspensas em conjunto com o toque de recolher das 20h às 5h, determinado pelo governo estadual até o dia 1º de abril.

Segue proibida a realização de atividades que envolvam aglomeração de pessoas, como cerimônias de casamento, solenidades de formatura, feiras, circos, passeatas, eventos desportivos, científicos e religiosos, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

O decreto também estabelece a volta às aulas na rede estadual de ensino, exclusivamente de forma remota, a partir desta segunda-feira (15).

Reportagem, Rafaela Gonçalves