Agência Brasil
Agência Brasil

Gestores municipais têm até sexta-feira (4) para confirmar participação no programa Município Prato Cheio

Se não se cadastrarem dentro do prazo, municípios vão deixar de receber kits de alimentos, higiene e limpeza para a população mais vulnerável


Gestores municipais de todo o país têm até a próxima sexta-feira (4) para cadastrarem a lista de famílias no programa Município Prato Cheio para o Desenvolvimento. É a última chance para as administrações participarem da iniciativa. 
 
O programa é uma iniciativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e de outras instituições, como o Sebrae. O objetivo é a doação de kits com itens essenciais de alimentação, higiene e limpeza que vão ser entregues para populações vulneráveis dos municípios que possuem menos de 50 mil habitantes e IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) abaixo da média nacional. 

Projeto Municípios Prato Cheio prorroga cadastro de famílias carentes
 
Nesta segunda fase, 346 municípios foram contemplados com a iniciativa. No entanto, caso os gestores municipais dessas cidades não façam o cadastro das famílias até sexta, novos municípios serão convocados. Ao todo, cerca de 200 mil famílias devem ser beneficiadas. Até o momento, 200 municípios ainda não tinham manifestado interesse. 
 
A CNM disponibiliza a listagem dos municípios contemplados. Caso o gestor não tenha recebido o e-mail de cadastro, deve entrar em contato com a CNM pelo número (61) 2101-6000. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Gestores municipais de todo o país têm até a próxima sexta-feira (4) para cadastrarem a lista de famílias no programa Município Prato Cheio para o Desenvolvimento. É a última chance para as administrações participarem da iniciativa. 
 
O programa é uma iniciativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e de outras instituições, como o Sebrae. O objetivo é a doação de kits com itens essenciais de alimentação, higiene e limpeza que vão ser entregues para populações vulneráveis dos municípios que possuem menos de 50 mil habitantes e IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) abaixo da média nacional. 
 
Nesta segunda fase, 346 municípios foram contemplados com a iniciativa. No entanto, caso os gestores municipais dessas cidades não façam o cadastro das famílias até sexta, novos municípios serão convocados. Ao todo, cerca de 200 mil famílias devem ser beneficiadas. Até o momento, 200 municípios ainda não tinham manifestado interesse. 
 
A CNM disponibiliza a listagem dos municípios contemplados. Caso o gestor não tenha recebido o e-mail de cadastro, deve entrar em contato com a CNM pelo número (61) 2101-6000. 
 
Reportagem, Felipe Moura.