Foto: Jaelson Lucas (AEN)
Foto: Jaelson Lucas (AEN)

Contratação de seguro rural atinge marca de R$881 milhões em 2020

Segundo o Ministério da Agricultura, com o valor foi possível apoiar mais de 105 mil produtores de todo o Brasil


Mais de R$881 milhões de reais foram aplicados na contratação de apólices de seguros rural no Brasil em 2020. Esse é o resultado consolidado da execução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), divulgado na última quarta-feira (03) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo o órgão, com esse valor, foi possível apoiar a contratação de 193.470 apólices de seguro rural.

Sebrae elabora orientações para retomada rápida e segura das atividades de pequenos negócios

Dia Mundial da Obesidade é oportunidade para alertar sobre os riscos e falta de informação sobre a doença

Essas apólices foram contratadas por produtores rurais em todas as regiões do país e representam mais de 13,7 milhões de hectares segurados. Além disso, o valor total segurado por essas apólices representa a importância de R$ 45,7 bilhões. Para a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a consolidação do seguro rural é importante para evitar prejuízos ao produtor, por isso precisa se tornar uma das principais ferramentas de gestão de risco disponíveis para o produtor.  

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Mais de R$881 milhões de reais foram aplicados na contratação de apólices de seguros rural no Brasil em 2020. Esse é o resultado consolidado da execução do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), divulgado na última quarta-feira (03) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Segundo o órgão, com esse valor, foi possível apoiar a contratação de 193.470 apólices de seguro rural.

Essas apólices foram contratadas por produtores rurais em todas as regiões do país e representam mais de 13,7 milhões de hectares segurados. Além disso, o valor total segurado por essas apólices representa a importância de R$ 45,7 bilhões. Para a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a consolidação do seguro rural é importante para evitar prejuízos ao produtor, por isso precisa se tornar uma das principais ferramentas de gestão de risco disponíveis para o produtor.