Cadastro de mídia

TERMO DE USO E PARCERIA

TERMO DE USO E PARCERIA

Regras de Uso

1º - A utilização gratuita e livre dos materiais produzidos pelo Brasil 61 só será permitida depois que este termo de parceria for aceito pelo usuário, prevendo as seguintes regras:

a) A utilização do material - na íntegra, ou em partes - só será permitida desde que as informações não sejam distorcidas, manipuladas ou alteradas.

b) Não é necessário a identificação do Brasil 61 na hora da replicação do conteúdo. Mas toda e qualquer veiculação de áudios produzidos pelo Brasil 61 prevê o cadastro no site, com a disponibilização de dados que serão utilizados para a organização do mailing desta empresa,

2º - OBRIGAÇÕES DO BRASIL 61

a) O Brasil 61 se compromete, a partir deste termo de uso, a produzir conteúdo particularizado diariamente, trazendo informações de dia-a-dia e bastidores do Planalto Central, além de outras temáticas de relevância do noticiário nacional. 

b) O acesso ao conteúdo jornalístico (na versão de leitura) é livre e gratuito, podendo ser replicado por qualquer usuário que acesse o site. O download do áudio para que seja utilizado na programação das rádios requer que o radialista realize o login no site do Brasil 61 - informando e-mail e senha cadastrados. 

3º - OBRIGAÇÕES DOS COMUNICADORES PARCEIROS

Não alterar o sentido dos materiais, ou distorcer fala de entrevistados ou mudar a conotação das mensagens dos materiais. 

ADENDOS IMPORTANTES SOBRE A PARCERIA

a) O Brasil 61 poderá distribuir conteúdo patrocinado com ou sem assinatura dos clientes patrocinadores do boletim e sem aviso prévio ao comunicador. 

b) As rádios parceiras não vão ter participação financeira sobre o faturamento do Brasil 61.

c) Os comunicadores podem patrocinar os conteúdos do Brasil 61, desde que não alterem o sentido e a conotação dos conteúdos oferecidos. Nesses casos, o Brasil 61 não terá participação nos lucros conquistados pelos veículos parceiros. 

Ao clicar em ACEITO, a emissora aqui cadastrada afirma concordar e estar ciente de todas as condições apresentadas neste Termo de Utilização de Conteúdo.

Foto: Antonio Costa

Agronegócio ganha ferramenta que acompanha evolução da Covid-19 no país

O objetivo da ação é ampliar, para agricultores e produtores, o acesso a informações sobre a situação do novo coronavírus, a partir de painéis estratégicos


Produtores do agronegócio já podem acompanhar, de forma on-line, a evolução dos dados de notificações e óbitos decorrentes da Covid-19 em todo o Brasil.

O objetivo da ação é ampliar, para agricultores e produtores, o acesso a informações sobre a situação do novo coronavírus, a partir de painéis estratégicos.  A ferramenta vai oferecer dados diários, além da situação espacial por estado, com base nos dados divulgados pelo Ministério da Saúde sobre a doença. 

A iniciativa partiu da unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Territorial (Embrapa), localizada no município de Campinas, no estado de São Paulo.

A instituição pretende apoiar estratégias de inteligência, gestão e monitoramento territorial do Governo Federal na pandemia do coronavírus. 

De acordo com a chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães, a ferramenta vai ajudar no planejamento de produção e venda dos produtores rurais. 

“O produtor pode ter, por exemplo, ideia do mercado consumidor e definir para onde manda aquela produção dele. “Eu mando a minha produção para um estado vizinho que está com casos de Covid-19 altos e números.  Qual que é a minha logística, a minha organização, está permitindo que eu acesse esse mercado, ou não. Importante até para fazer planejamento sobre como vai tratar a comercialização da produção”.

Além dos dados estaduais, a instituição pretende oferecer dados da doença por município. A chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães, informou, ainda, que a Embrapa está ofertando cursos online de graça para que esses agricultores e pecuaristas fiquem e se preparem para atuar e se prevenir contra a Covid- 19.

“Além de dados estatísticos, tem informações sobre cursos on-line oferecidos gratuitamente para os produtores: assistência técnica em geral, cuidados na prevenção para algumas categorias especificas, para o suinocultor e para o agricultor, por exemplo. Quais são os impactos da Covid-19 na caprinocultura e na ovinocultura. Na pecuária de corte também tem orientações. Então, é um conjunto de informações que a gente está reunindo para informar os nossos clientes, os nossos parceiros”. 

Para acessar as análises territoriais e os dados sobre a Covid-19 no país, basta o produtor acessar o portal www.embrapa.br 

Continue Lendo





Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Produtores do agronegócio já podem acompanhar, de forma on-line, a evolução dos dados de notificações e óbitos decorrentes da Covid-19 em todo o Brasil. 

O objetivo da ação é ampliar, para agricultores e produtores, o acesso a informações sobre a situação do novo coronavírus, a partir de painéis estratégicos.  A ferramenta vai oferecer dados diários, além da situação espacial por estado, com base nos dados divulgados pelo Ministério da Saúde sobre a doença. 

A iniciativa partiu da unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Territorial (Embrapa), localizada no município de Campinas, no estado de São Paulo. 

A instituição pretende apoiar estratégias de inteligência, gestão e monitoramento territorial do Governo Federal na pandemia do coronavírus. 

De acordo com a chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães, a ferramenta vai ajudar no planejamento de produção e venda dos produtores rurais. 

TEC./SONORA: Chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães 

“O produtor pode ter, por exemplo, ideia do mercado consumidor e definir para onde manda aquela produção dele. “Eu mando a minha produção para um estado vizinho que está com casos de Covid-19 altos e números.  Qual que é a minha logística, a minha organização, está permitindo que eu acesse esse mercado, ou não. Importante até para fazer planejamento sobre como vai tratar a comercialização da produção”.

LOC.:  Além dos dados estaduais, a instituição pretende oferecer dados da doença por município. A chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães, informou, ainda, que a Embrapa está ofertando cursos online de graça para que esses agricultores e pecuaristas fiquem e se preparem para atuar e se prevenir contra a Covid- 19.

TEC./SONORA: Chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial, Lucíola Magalhães

“Além de dados estatísticos, tem informações sobre cursos on-line oferecidos gratuitamente para os produtores: assistência técnica em geral, cuidados na prevenção para algumas categorias especificas, para o suinocultor e para o agricultor, por exemplo. Quais são os impactos da Covid-19 na caprinocultura e na ovinocultura. Na pecuária de corte também tem orientações. Então, é um conjunto de informações que a gente está reunindo para informar os nossos clientes, os nossos parceiros”. 

LOC.:  Para acessar as análises territoriais e os dados sobre a Covid-19 no país, basta o produtor acessar o portal www.embrapa.br