Foto: Agência Brasil/EBC
Foto: Agência Brasil/EBC

SP: Itu tem rodízio no fornecimento de água

A distribuição de água é feita em dias alternados


A cidade de Itu, no interior paulista, iniciou um rodízio no fornecimento de água para a população. A distribuição funciona por esquema 24/24, ou seja, os imóveis recebem água em dias alternados. 

O motivo do racionamento, segundo a prefeitura, é para preservar os mananciais da cidade, que são impactados pelo severo déficit de chuvas; considerado como a pior seca dos últimos 91 anos no Brasil.

A prefeitura informa que os moradores que desperdiçarem água poderão ser multados. A administração da cidade considera situações de desperdício ações como lavar a calçada com água, manter torneiras, canos ou mangueiras eliminando água continuamente e lavar veículos com uso contínuo de água.

Ministro de Minas e Energia pede uso consciente de água e energia elétrica

Governo Federal abre inscrições para o Selo Aliança pelas Águas Brasileiras

No site da prefeitura de Itu é possível conferir como cada bairro será afetado pelo rodízio, entre outros detalhes sobre a seca na cidade.

Em 2014, Itu enfrentou uma grave falta de água, quando alguns moradores chegaram a ficar mais de 10 dias sem água em suas casas.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: A cidade de Itu, no interior paulista, iniciou um rodízio no fornecimento de água para a população. A distribuição funciona por esquema 24/24, ou seja, os imóveis recebem água em dias alternados. 

O motivo do racionamento, segundo a prefeitura, é para preservar os mananciais da cidade, que são impactados pela grave falta de chuvas; considerada como a pior seca dos últimos 91 anos no Brasil.

A prefeitura informa que os moradores que desperdiçarem água poderão ser multados. A administração da cidade considera situações de desperdício ações como lavar a calçada com água, manter torneiras, canos ou mangueiras eliminando água continuamente e lavar veículos com uso contínuo de água.

No site da prefeitura de Itu é possível conferir como cada bairro será afetado pelo rodízio, entre outros detalhes sobre a seca na cidade. É o itu.sp.gov.br.

Reportagem, Paloma Custódio