Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Goiás promove campanha para abastecer estoques de sangue

No ano passado, a campanha Junho Vermelho somou mais de 59 mil doações em duas unidades de captação

ÚLTIMAS SOBRE GOIÁS


Com o objetivo de abastecer os estoques de sangue da Rede Estadual de Hemocentros (Rede Hemo) em Goiânia e outros oito municípios no estado de Goiás, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) promove a campanha Junho Vermelho. A iniciativa busca ampliar a participação da população para um ato de solidariedade e destaca a importância do  dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue. 

No ano passado, a quantidade de doações nestas unidades somou 59.242. Durante os primeiros quatro meses deste ano, já foram registradas 19.585 doações. O hematologista e hemoterapeuta associado da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), Denys Fujimoto destaca a importância da doação de sangue, pois segundo ele, a transfusão de sangue é uma prática terapêutica muito utilizada nos hospitais para o tratamento de diversos tipos de pacientes.

“Então assim, não só a parte do sangue dos glóbulos vermelhos, mas também é muito importante a doação de sangue para obtenção de outros componentes do sangue, como plasma que ajuda muitos pacientes que têm problemas de coagulação de sangue, que tem tendência a sangramento, hemorragia e pacientes que tem plaquetas baixas”, explica.

Quem pode doar sangue?

  • Pessoas entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de  autorização dos pais ou responsáveis).
  • Estar em boas condições de saúde;
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas antes da doação);
  • Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato. 

A Rede Hemo também possui filiais em Catalão, Ceres, Formosa, Iporá, Jataí, Rio Verde, Porangatu e Quirinópolis. Também possui mais duas instituições em Goiânia, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) e o Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi (HGG). 

Locais para doação de sangue

Goiânia

Hemocentro Coordenador (Hemogo) – Avenida Anhanguera, 5.195, Setor Coimbra (agendamento: 0800 642 0457)

Hugol – Av. Anhanguera, 14.527, Setor Santos Dumont – (62) 3270-6661

HGG – Avenida Anhanguera, 6.479, Setor Oeste – (62) 3209-9952

Catalão

Rua Osório Vieira Leite, nº 78, Bairro São João – (64) 3441-4013

Ceres

Rua 29, nº 576, Centro – (62) 3323-2538

Rio Verde

Rua Augusta de Bastos c/ Rua Luiz de Bastos, nº 395, Centro – (64) 3622-6171

Jataí

Rua Joaquim Caetano c/ Rua Caçu, s/n, Bairro Divino Espírito Santo – (64) 3632-8778

Formosa

Av. Maestro João Luiz do Espírito Santo, nº 450, qd. B, lt. 11, Parque Laguna 2 – (61) 3642-3418

Iporá

Av. São Paulo, nº 351, Bairro Mato Grosso – (64) 3603-7294

Porangatu

Rua 4, esquina com Rua 7, lt. 13, s/n, Bairro Planalto – (62) 3362-5140

Quirinópolis

Rua Júlio Borges, nº 48, Centro – (64) 3651-6699
 

Veja Mais:

Coleta de doação de sangue beneficia mais de dois mil pacientes no Pará
Hospital Regional Público de Castanhal (HRPC) no Pará supera meta de doações de sangue
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.:  Com o objetivo de abastecer os estoques de sangue da Rede Estadual de Hemocentros (Rede Hemo) em Goiânia e outros oito municípios no estado de Goiás, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) promove a campanha Junho Vermelho. A iniciativa busca ampliar a participação da população para um ato de solidariedade e destaca a importância do  dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue. 

No ano passado, a quantidade de doações nestas unidades somou 59.242. Durante os primeiros quatro meses deste ano, já foram registradas 19.585 doações. O hematologista e hemoterapeuta associado da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, Denys Fujimoto destaca a importância da doação de sangue, pois segundo ele, a transfusão de sangue é uma prática terapêutica muito utilizada nos hospitais para o tratamento de diversos tipos de pacientes.
 

TEC./SONORA: Denys Fujimoto - Hematologista e Hemoterapeuta

“Então assim, não só a parte do sangue dos glóbulos vermelhos, mas também é muito importante a doação de sangue para obtenção de outros componentes do sangue, como plasma que ajuda muitos pacientes que têm problemas de coagulação de sangue, que tem tendência a sangramento, hemorragia e pacientes que tem plaquetas baixas”
 


LOC.: A Rede Hemo também possui filiais em Catalão, Ceres, Formosa, Iporá, Jataí, Rio Verde, Porangatu e Quirinópolis. Também possui mais duas instituições em Goiânia, o Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste Governador Otávio Lage de Siqueira e o Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi. 

Reportagem, Sophia Stein