Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Efeitos da pandemia no turismo serão debatidos em audiência pública no Senado

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participará do debate. A cada 15 dias, a Casa realizará uma audiência para abordar temas no setor


Nesta segunda-feira (10), a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado realizará uma audiência pública para debater os efeitos da pandemia sobre o setor de turismo no Brasil. O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participará do debate e apresentará o plano de ações da pasta para os próximos dois anos.

O requerimento para a audiência pública é do senador e presidente da comissão, Fernando Collor (Pros-RN). Logo após a participação do ministro Gilson Machado Neto a CDR dará início ao 1º Ciclo de Debates sobre Turismo, que consiste na realização de uma série de audiências públicas que devem ocorrer a cada 15 dias e abordarão temas diversos dentro do setor.

CNM destaca importância da participação dos gestores de turismo em formulário

MTur abre inscrições para mais de 20 cursos gratuitos na área do turismo

Segundo levantamento da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), as vendas caíram mais de 50% com a pandemia de Covid-19 e um milhão de empregados foram dispensados. Em 2019, havia sido registrado um lucro de R$ 19 bilhões no setor.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Nesta segunda-feira (10), a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado realizará uma audiência pública para debater os efeitos da pandemia sobre o setor de turismo no Brasil. O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, participará do debate e apresentará o plano de ações da pasta para os próximos dois anos.

O requerimento para a audiência pública é do senador e presidente da comissão, Fernando Collor (Pros-RN). Logo após a participação do ministro Gilson Machado Neto a CDR dará início ao 1º Ciclo de Debates sobre Turismo, que consiste na realização de uma série de audiências públicas que devem ocorrer a cada 15 dias e abordarão temas diversos dentro do setor.

Segundo levantamento da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), as vendas caíram mais de 50% com a pandemia de Covid-19 e um milhão de empregados foram dispensados. Em 2019, havia sido registrado um lucro de R$ 19 bilhões no setor.

Reportagem, Poliana Fontenele