Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

CNM libera lista de municípios convocados para 3ª fase do Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento

Projeto atende populações carentes de cidades com menos de 50 mil habitantes


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou, nesta terça-feira (11), a 3ª fase do projeto Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento. Os municípios selecionados têm até o dia 28 de maio para confirmar o seu cadastro e inserir a lista de famílias no sistema.

O projeto foi criado para atender às populações mais carentes do país nesse momento causado pela pandemia da Covid-19, disponibilizando recursos financeiros e itens essenciais de alimentação, higiene e limpeza que serão distribuídos para as populações vulneráveis dos municípios que possuem menos de 50 mil habitantes e índice de desenvolvimento humano (IDH) abaixo da média nacional.

Divulgada lista de produtos da agricultura familiar com bônus em maio

MPF publica animação sobre alimentação para povos e comunidades tradicionais

Até o momento, 376 municípios foram convocados e 136.766 famílias contempladas. A previsão é que mais de 200 mil famílias sejam beneficiadas com a convocação para a 3ª fase do projeto.

A lista dos selecionados para essa etapa está disponível no site www.pratocheio.cnm.org.br. Caso o município tenha sido convocado, foi enviado um e-mail à área de assistência social para necessária finalização do cadastro e confirmação da participação no projeto. Caso não identifique este e-mail, entre em contato com a CNM no número (61) 2101-6000.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou, nesta terça-feira (11), a 3ª fase do projeto Municípios: Prato Cheio para o Desenvolvimento. Os municípios selecionados têm até o dia 28 de maio para confirmar o seu cadastro e inserir a lista de famílias no sistema.

O projeto foi criado para atender as populações mais carentes do país nesse momento causado pela pandemia da Covid-19, disponibilizando recursos financeiros e itens essenciais de alimentação, higiene e limpeza que serão distribuídos para as populações vulneráveis dos municípios que possuem menos de 50 mil hab. e índice de desenvolvimento humano (IDH) abaixo da média nacional.

Até o momento, 376 municípios foram convocados e 136.766 famílias contempladas. A previsão é que mais de 200 mil famílias sejam beneficiadas com a convocação para a 3ª fase do projeto.

Reportagem, Larissa Lago