Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

24 municípios do Rio de Janeiro não registram morte por Covid-19 há duas semanas

Autoridades de saúde atribuem resultado ao avanço da vacinação no estado


Vinte e quatro dos 96 municípios do estado do Rio de Janeiro não registram mortes por Covid-19 há duas semanas. A boa notícia foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta sexta-feira (30). O levantamento dos técnicos da pasta se refere ao período entre 4 e 17 de julho. 

As cidades com nenhuma morte nas duas semanas são Aperibé, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cambuci, Cantagalo, Cardoso Moreira, Carmo, Comendador Levy Gasparian, Cordeiro, Duas Barras, Italva, Itaocara, Laje do Muriaé, Macuco, Miguel Pereira, Paracambi, Paty do Alferes, Rio das Flores, Santa Maria Madalena, São José de Ubá, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Trajano de Moraes e Varre-Sai. 

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, o resultado é consequência do avanço da vacinação no Rio de Janeiro. O estado já vacinou mais de 50% dos moradores com, ao menos, uma dose da vacina. 

Covid-19: 60% da população vacinada faz mortes e casos caírem 40%

Covid-19: Brasil registra 40.904 casos e 963 óbitos em 24h; Rio de Janeiro têm a maior taxa de letalidade do país

Posso doar sangue após tomar a vacina contra a Covid-19?

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Vinte e quatro dos 96 municípios do estado do Rio de Janeiro não registram mortes por Covid-19 há duas semanas. A boa notícia foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta sexta-feira (30). O levantamento dos técnicos da pasta se refere ao período entre 4 e 17 de julho. 

Entre as cidades com nenhuma morte nas duas semanas estão Arraial do Cabo, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Italva, Rio das Flores, Santa Maria Madalena e Trajano de Moraes. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, o resultado é consequência do avanço da vacinação no Rio de Janeiro. O estado já vacinou mais de 50% dos moradores com, ao menos, uma dose da vacina. 

Reportagem, Felipe Moura