Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

CoronaVac: Butantan entrega mais 700 mil doses da vacina

Fabricação da vacina contra Covid-19 estava em pausa por falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA)


Nesta segunda-feira (19) o Instituto Butantan entregou mais 700 mil doses da CoronaVac, a vacina do Butantan e da farmacêutica chinesa Sinovac contra a Covid-19. Com o envio desta semana, o Butantan alcança a marca de 41,4 milhões de vacinas encaminhadas desde janeiro.

A fabricação da CoronaVac estava em pausa no Brasil por falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), mas hoje pela manhã um lote de 3 mil litros de Insumo chegou a São Paulo, vindo da China, permitindo que a fabricação seja retomada no Instituto.

Em abril, foram entregues 5,2 milhões de doses da CoronaVac. Segundo o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, as novas entregas da vacina aos estados devem ser retomadas no dia 3 de maio.  

Nova vacina

Ainda no evento de entrega das vacinas nesta manhã, Dimas Covas também comentou sobre a ButanVac, nova vacina do Butantan contra a Covid-19 que será produzida inteiramente no Brasil e está sendo desenvolvida em um consórcio internacional. 

Segundo o presidente, a ideia é fazer um estudo de comparação entre respostas vacinais ao invés de um estudo clássico, por isso o Instituto ainda está conversando com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o desenvolvimento da vacina. "Estamos andando com os procedimentos. Essa vacina traz uma perspectiva muito próxima e muito positiva", destacou.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Nesta segunda-feira (19) o Instituto Butantan entregou mais 700 mil doses da CoronaVac, a vacina do Butantan e da farmacêutica chinesa Sinovac contra a Covid-19. Com o envio desta semana, o Butantan alcança a marca de 41,4 milhões de vacinas encaminhadas desde janeiro.

A fabricação da CoronaVac estava em pausa no Brasil por falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), mas hoje pela manhã um lote de 3 mil litros de Insumo chegou a São Paulo, vindo da China, permitindo que a fabricação seja retomada no Instituto.

Em abril, foram entregues 5,2 milhões de doses da CoronaVac. Segundo o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, as novas entregas da vacina aos estados devem ser retomadas no dia 3 de maio.  

Reportagem, Larissa Lago