Agência Brasil
Agência Brasil

Comissão Mista de Orçamento analisa obras e serviços com indícios de irregularidades graves nesta quarta (10)

Além de auditores do TCU, comissão vai ouvir representantes do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos CBTU, por exemplo


A Comissão Mista de Orçamento (CMO) vai analisar nesta quarta-feira (10), às 14h, as obras e os serviços com indícios de irregularidades graves que vão ser bloqueadas na proposta orçamentária deste ano (PLN 28/2020). 
 
A comissão tem um comitê de avaliação que coordena essa etapa. Cabe a esse colegiado analisar informações enviadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre obras e serviços com indícios de irregularidades graves e propor, caso necessário, bloqueio da execução física, orçamentária e financeira. 

CMO aprova parecer das receitas de 2021

Governo vai liberar R$275 milhões para consertar rodovias destruídas pelas chuvas

Nesta quarta a comissão vai ouvir, além de representantes do TCU, o Ministério do Desenvolvimento Regional, do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).
 
No próximo dia 24 deve ocorrer a análise do relatório final do Orçamento pelo Congresso, em sessão conjunta de deputados e senadores. Pela Constituição, o texto deveria ter sido aprovado em dezembro. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: A Comissão Mista de Orçamento (CMO) vai analisar nesta quarta-feira (10), às 14h, as obras e os serviços com indícios de irregularidades graves que vão ser bloqueadas na proposta orçamentária deste ano (PLN 28/2020). 
 
A comissão tem um comitê de avaliação que coordena essa etapa. Cabe a esse colegiado analisar informações enviadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre obras e serviços com indícios de irregularidades graves e propor, caso necessário, bloqueio da execução física, orçamentária e financeira. 
 
Nesta quarta a comissão vai ouvir, além de representantes do TCU, o Ministério do Desenvolvimento Regional, do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).
 
No próximo dia 24 deve ocorrer a análise do relatório final do Orçamento pelo Congresso, em sessão conjunta de deputados e senadores. Pela Constituição, o texto deveria ter sido aprovado em dezembro. 
 
Reportagem, Felipe Moura.