Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Preço do café arábica registra alta nesta segunda-feira (5)

Café arábica é negociado a R$ 1.014,93/saca em São Paulo


Nesta segunda-feira (5), o açúcar cristal registra leve baixa de 0,03% e é comercializado a R$ 145,08 por saca de 50 kg, em São Paulo. Já em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos registrou baixa de 0,17%. Sem impostos, a saca do açúcar cristal é comercializada a R$ 148,61 com frete até o porto de Santos. 

A saca de 60 quilos do café arábica é cotada a R$ 1.014,93 na cidade de São Paulo. O valor representa uma alta de 0,15% com relação ao último fechamento. 

O café robusta, por sua vez, registrou leve baixa de 0,09%. A saca de 60 quilos, valor líquido, à vista, é comercializada a R$ 842,88 na região de referência de Colatina e São Gabriel da Palha, no estado do Espírito Santo. 

O preço do milho, por sua vez, registra alta de 1,11%. A commodity custa R$ 62,13, em média, na região de referência de Campinas (SP).

Os valores são do Cepea.
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Nesta segunda-feira (5), o açúcar cristal registra leve baixa de 0,03% e é comercializado a R$ 145,08 por saca de 50 kg, em São Paulo. Já em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos registrou baixa de 0,17%. Sem impostos, a saca do açúcar cristal é comercializada a R$ 148,61 com frete até o porto de Santos. 

A saca de 60 quilos do café arábica é cotada a R$ 1.014,93 na cidade de São Paulo. O valor representa uma alta de 0,15% com relação ao último fechamento. 

O café robusta, por sua vez, registrou leve baixa de 0,09%. A saca de 60 quilos, valor líquido, à vista, é comercializada a R$ 842,88 na região de referência de Colatina e São Gabriel da Palha, no estado do Espírito Santo. 

O preço do milho, por sua vez, registra alta de 1,11%. A commodity custa R$ 62,13, em média, na região de referência de Campinas, no estado de São Paulo.

Os valores são do Cepea.

Reportagem, Luigi Mauri, narração, Fernando Alves.