Foto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda
Foto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Parada Cardíaca: o que fazer quando isso acontece?

Neste episódio, o clínico geral Rodrigo Antônio Brandão Neto, dá dicas do que fazer ao encontrar alguém com suspeita de parada cardíaca

SalvarSalvar imagem

Ao se deparar com uma suspeita de parada cardíaca, a primeira coisa é confirmar se este realmente é o caso. Para isso, toque na vítima como se estivesse chamando, geralmente, de uma a três vezes já é necessário, se não houver resposta, você vai presumir que é o caso de parada cardíaca.


Essa situação não é fácil de se reconhecer, e é fundamental não perder tempo. Então, após a verificação, ligue para o serviço de emergência e peça ajuda. Nenhuma outra medida tem mais impacto do que pedir ajuda. Você pode ligar para o número 192 que corresponde ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), ou para o 193 que é o número dos Bombeiros. 


Para que a massagem cardíaca seja realizada de forma eficiente, é preciso que a pessoa esteja deitada sobre uma superfície rígida e você vai começar com a compressão na altura do osso externo, estrutura óssea no centro do tórax, mais ou menos na altura dos mamilos, e vai realizar numa velocidade de 100 compressões por minuto. Não tente fazer tudo sozinho, peça ajuda de alguém para revezar a cada dois minutos. 


Atenção: Não é recomendado que leigos tentem realizar respiração boca a boca, essa medida possui pouco impacto e você ainda tem o risco de adquirir alguma doença infecciosa.


Para mais informações, assista ao vídeo no canal Doutor Ajuda no youtube.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.