Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

MDR discute novo Plano Nacional de Recursos Hídricos com os setores de indústria e mineração

Durante o encontro, foram apresentados dados que mostram a preocupação das empresas do setor com o uso sustentável da água


Elaborar o Plano Nacional de Recursos Hídricos para os anos de 2022 a 2040. Esse é o objetivo do Governo Federal ao realizar oficinas com entidades de diversos segmentos. Nesta terça-feira, 8 de junho, foi a vez dos setores de indústria e mineração.

Durante o encontro, foram apresentados dados que mostram a preocupação das empresas do setor com o uso sustentável da água. Quem conta é Wilson Melo, diretor do de Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

"O dado apresentado coloca que o setor de mineração consegue reaproveitar, por recirculação da água nos seus processos produtivos, até 95 por cento da água. Mostrando aí a eficiência no uso da água".

A importância da oferta de água em quantidade e qualidade para garantir o crescimento do País também foi abordado no evento, como conta Wilson Melo.

"Nós esperamos trazer ações e metas que caminhem na direção de garantir segurança hídrica para o desenvolvimento nacional. Além, claro, de fomentar ainda mais o uso da água de reuso".

Para saber mais sobre este e os outros encontros com as entidades representativas ligadas aos recursos hídricos, acesse mdr.gov.br.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Elaborar o Plano Nacional de Recursos Hídricos para os anos de 2022 a 2040. Esse é o objetivo do Governo Federal ao realizar oficinas com entidades de diversos segmentos. Nesta terça-feira, 8 de junho, foi a vez dos setores de indústria e mineração.

Durante o encontro, foram apresentados dados que mostram a preocupação das empresas do setor com o uso sustentável da água. Quem conta é Wilson Melo, diretor do de Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR.

TEC/SONORA: Wilson Melo

"O dado apresentado coloca que o setor de mineração consegue reaproveitar, por recirculação da água nos seus processos produtivos, até 95 por cento da água. Mostrando aí a eficiência no uso da água".

LOC: A importância da oferta de água em quantidade e qualidade para garantir o crescimento do País também foi abordado no evento, como conta Wilson Melo.

TEC/SONORA: Wilson Melo

"Nós esperamos trazer ações e metas que caminhem na direção de garantir segurança hídrica para o desenvolvimento nacional. Além, claro, de fomentar ainda mais o uso da água de reuso".

LOC: Para saber mais sobre este e os outros encontros com as entidades representativas ligadas aos recursos hídricos, acesse mdr.gov.br