Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

Governo Federal repassa R$ 4,5 milhões a 12 cidades da Bahia afetadas por chuvas intensas

Até o momento, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) já garantiu aproximadamente R$ 140 milhões para o estado


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), repassou, nesta quarta-feira (26), R$ 4,5 milhões a 12 cidades da Bahia afetadas por chuvas intensas. As portarias com as liberações dos recursos foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU). Até o momento, já foram disponibilizados aproximadamente R$ 140 milhões para ações de defesa civil no estado.

Para o município de Nova Itarana, foi repassado o valor de R$ 1 milhão para a compra de cestas de alimentos, kits de limpeza e de higiene pessoal, dormitórios e água. Cerca de 3,1 mil pessoas serão beneficiadas.

Para a aquisição de itens semelhantes, também foram liberados R$ 967,5 mil para Itororó, R$ 561,7 mil para Itabuna, R$ 416,9 mil para Riacho de Santana, R$ 264,3 mil para Pau Brasil, R$ 233,5 mil para Jequié e R$ 72,7 mil para Itapitanga.

Para a cidade de Iaçu, o Governo Federal fez dois repasses de recursos para a aquisição de combustível e, também, de cestas de alimentos, kits de limpeza e
de higiene pessoal, dormitórios, colchões e água mineral. As duas portarias, sendo uma no valor de R$ R$ 337,5 mil e a outra de R$ 64,6 mil.

Para a compra de combustível e óleo diesel, também foram repassados R$ 141 mil para Jiquiriçá e R$ 71,5 mil para Santa Inês. Já para o município de Ibicaraí, foram liberados R$ 235 mil para o restabelecimento de ponte e, para Encruzilhada, R$ 100,9 mil para o restabelecimento de pavimentações e muro de arrimo.

A Bahia está, atualmente, com 151 municípios com a situação de emergência reconhecida em razão das fortes chuvas.

Confira neste link as ações da Defesa Civil Nacional para apoiar os municípios brasileiros afetados pelas chuvas.
 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: O Governo Federal repassou nesta quarta-feira, 26 de janeiro, 4 milhões e meio de reais a 12 cidades da Bahia afetadas por chuvas intensas. Até o momento, já foram disponibilizados aproximadamente 140 milhões de reais para ações de defesa civil no estado. 

Para Nova Itarana, foi repassado 1 milhão de reais para a compra de cestas de alimentos e kits de limpeza, higiene pessoal e de dormitório, além de água. Mais de 3 mil pessoas serão beneficiadas. 

Para a compra de itens semelhantes, também foram liberados recursos para as cidades de Itororó, Itabuna, Riacho de Santana, Pau Brasil, Jequié e Itapitanga. 

Para a cidade de Iaçu, o Governo Federal fez dois repasses de recursos para a compra de combustível, cestas de alimentos, kits de limpeza, higiene pessoal e dormitórios, colchões e água mineral.

Para a compra de combustível e óleo diesel, também foram repassados recursos para Jiquiriçá e Santa Inês. Já para os municípios de Ibicaraí e Encruzilhada, o repasse será usado no restabelecimento de ponte, pavimentações e muro de arrimo. 

A Bahia está, atualmente, com 151 municípios com a situação de emergência reconhecida em razão das fortes chuvas.

O coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, explica como funciona o processo de reconhecimento de situação de emergência e de liberação de recursos federais para ajudar as regiões afetadas por desastres. 

TEC./SONORA: Cel. Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil
"O reconhecimento tem o papel de alterar processos administrativos e jurídicos e acelerar processos para a resposta ao desastre, além de permitir a liberação de uma série de recursos. Para isso, é preciso que o estado ou o município decrete a situação de emergência ou de calamidade pública e insira essa documentação no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). A partir disso, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) publica uma portaria e o ente federativo está apto a solicitar recursos."

LOC.: O Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, o S2ID, pode ser acessado em s2id.mi.gov.br.

Para saber mais sobre as ações do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, em Proteção e Defesa Civil, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Roberto Wagner