Foto: MDR/Divulgação
Foto: MDR/Divulgação

Em Osasco (SP), Governo Federal entrega 102 títulos de regularização fundiária

Ação faz parte da última etapa das intervenções de urbanização realizadas no Jardim Vicentina


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou, nesta quarta-feira (23), 102 títulos de regularização fundiária a famílias de baixa renda da cidade de Osasco, em São Paulo. A ação integra a última etapa das intervenções de urbanização no Bairro Jardim Vicentina.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, participou da cerimônia de entrega das escrituras aos beneficiários. Durante o ato, ele destacou o impacto da regularização para a valorização dos imóveis e a segurança para as famílias por conta da escritura pública.

“Quando você recebe a escritura pública, é acrescido 50% a mais no valor do seu imóvel. Porque você tem a segurança de que o seu imóvel, a partir deste momento, passa a ter juridicidade. Você pode passar para os seus descendentes, utilizar para buscar um financiamento bancário, utilizar para ser um bem inalienável da sua família e dos seus descendentes. E isso não tem preço”, destacou Marinho.

O investimento federal nas obras no Jardim Vicentina foi de R$ 31,2 milhões, além de contrapartida municipal de R$ 9,1 milhões. Antes das intervenções de urbanização, a situação na região era precária. Havia casas de madeira de um ou dois andares ou de alvenaria, localizadas em áreas sujeitas à deslizamentos de terra, inundações e contaminação.

“A regularização permite que tenhamos organização na ocupação das cidades, que possamos retirar pessoas de áreas de risco, que possamos ordenar o espaço urbano de tal forma que haja mobilidade para que as pessoas tenham condição de se deslocar em segurança. E isso é essencial para a saúde das pessoas e para a saúde e sanidade de quem administra as cidades por todo o Brasil”, reforçou o ministro Rogério Marinho.

As ações de regularização fundiária a serem realizadas no local visam a entrega de 865 títulos de propriedade. Nesta primeira etapa estão previstos, além dos 102 títulos entregues nesta quarta-feira, o repasse de outros 153, totalizando 255 títulos.

“Para muitos, a entrega dos títulos é um ato simbólico de entregar um documento. Mas só quem está há 10, 15, 20, 30 anos em um imóvel sem ter a posse definitiva sabe o quão valoroso é isso”, afirmou o prefeito de Osasco, Rogério Lins. "Porque a maior preocupação de uma família é saber que, se um dia não estiver mais junto com os seus, vai deixar tudo documentado, tudo certinho para que seus herdeiros possam continuar e seguir sua vida com segurança”, destacou.

Governo Federal inicia execução do projeto básico do Canal do Sertão Baiano

Jaru (RO) recebe 219 moradias para as famílias de baixa renda

Mais regularizações e facilidades

Em dezembro do ano passado, o MDR entregou 180 títulos de regularização fundiária a famílias de baixa renda de Natal, no Rio Grande do Norte. A ação fazia parte da etapa final de urbanização do bairro Nossa Senhora da Apresentação, que recebeu R$ 54,3 milhões de investimento federal, além de contrapartida do município de R$ 11,4 milhões.

Também no fim do ano passado, o Governo Federal lançou o primeiro edital para o Programa de Regularização Fundiária e Melhoria Habitacional. O certame estabeleceu um calendário para envio, seleção e contratação de propostas de regularização fundiária e melhoria habitacional em núcleos urbanos informais de interesse social. As operações contratadas serão repassadas às famílias beneficiadas a valores subsidiados pelo Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). A previsão inicial é atender 44 mil famílias até 2023, das quais 20% também vão receber melhorias em suas habitações.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: Cento e duas famílias da cidade de Osasco, em São Paulo, receberam nesta quarta-feiram 23 de fevereiro, os títulos de regularização fundiária de suas moradias. A ação faz parte da última etapa da urbanização sustentável do Bairro Jardim Vicentina.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho participou da cerimônia de entrega das escrituras aos beneficiários. Ele destacou o impacto da regularização para a valorização dos imóveis e a segurança para as famílias por conta da escritura pública.

TEC./SONORA: Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional
"Quando você recebe a escritura pública, é acrescido 50% a mais no valor do seu imóvel. Porque você tem a segurança de que o seu imóvel, a partir deste momento, passa a ter juridicidade. Você pode passar para os seus descendentes, você pode utilizar para buscar um financiamento bancário, você pode utilizar para ser um bem inalienável da sua família e dos seus descendentes. E isso não tem preço."

LOC: O investimento federal nas obras no Jardim Vicentina foi de mais de 30 milhões de reais. Antes das intervenções de urbanização, a situação na região era precária. Havia casas de madeira ou alvenaria localizadas em áreas sujeitas a deslizamentos de terra, inundações e contaminação.

No total, as ações de regularização fundiária no Jardim Vicentina visam a entrega de 865 títulos de propriedade. Nesta primeira etapa, está previsto o repasse de um total de 255 títulos, incluindo os 102 desta quarta-feira.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, destacou a importância da entrega das escrituras para as famílias da cidade

TEC./SONORA: Rogério Lins, prefeito de Osasco
"Hoje é uma entrega de um título. Para muitos, é um ato simbólico de entregar um documento para alguém. Mas só quem está há 10, 15, 20 anos, 30 anos em um imóvel sem ter a posse definitiva, o documento definitivo sabe o quão valoroso é isso. Porque a maior preocupação de uma família é saber que, se um dia não estiver mais junto com os seus, vai deixar tudo documentado, tudo certinho para que seus herdeiros possam continuar e seguir sua vida com segurança."

LOC: Para saber mais sobre essa e outras ações de habitação do Governo Federal, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Vicente Melo