Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Foto: Andre Borges/Agência Brasília

DF: agricultura familiar produz 20 toneladas por semana e atende mais de 40 mil pessoas por dia

De acordo com a Emater, o DF conta com 9.798 agricultores familiares cadastrados


Com 20 toneladas de alimentos produzidos por semana, a agricultura familiar do Distrito Federal atende mais de 40 mil pessoas por dia. A informação é da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. De acordo com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF), o DF conta com 9.798 agricultores familiares cadastrados.

Tatiana Agostinho, subsecretária de políticas sociais, rurais, comercialização e abastecimento da Secretaria de Agricultura do DF, afirma que a agricultura familiar do DF representa cerca de 75% do total dos produtores rurais instalados na capital do país. 

“A produção dos agricultores familiares normalmente vai para as feiras, para as compras institucionais como o Programa de Alimentação Escolar (PNAE), o PAPA/DF e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)do MDF, Conab e GDF”, explica.

A subsecretária destaca que uma grande parte dos alimentos produzidos é vendida diretamente aos consumidores, seja através de cestas ou em feiras livres. Daniel Aparecido Menezes, agricultor de 59 anos, conta que há 8 anos cultiva hortaliças e frutas, comercializando sua produção tanto em feiras quanto para o PAA.

“A gente trabalha dessa maneira. A gente vê o que é que está dando renda e o que não está, a gente vai deixando de lado e aí a gente vai procurando aquilo que a gente está vendo que está dando um dinheiro”, explica.

Tatiana Agostinho expõe que o GDF possui algumas linhas de crédito para auxiliar os produtores, como o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) e o Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR).

PRONAF -  Permite o financiamento de máquinas, tratores, veículos de carga, equipamentos e tecnologias de mercado para a modernização e competitividade dos empreendimentos da agricultura familiar e de suas cooperativas.

FDR - Busca promover o desenvolvimento rural no DF, com ações que permitam o aumento da produção e da produtividade, da renda, da segurança alimentar e a permanência do homem no espaço rural.

Na modalidade crédito, financia projetos de investimentos e custeio agropecuários no Distrito Federal e na Região de Desenvolvimento Integrado do Distrito Federal (RIDE).

Na modalidade social, mediante Acordo de Cooperação com as Organizações da Sociedade Civil apoia financeiramente, em caráter não-reembolsável, projetos comunitários de fomento à produção agropecuária no Distrito Federal.
 

Veja Mais:

DF: fila de espera para mamografias é reduzida para 2.800 mulheres
Distrito Federal ganhará 17 creches para reforçar a educação infantil na rede pública de ensino
 

Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: Com 20 toneladas de alimentos produzidos por semana, a agricultura familiar do Distrito Federal atende mais de 40 mil pessoas por dia. A informação é da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. De acordo com a Emater, o DF conta com 9.798 agricultores familiares cadastrados.

Tatiana Agostinho, subsecretária de políticas sociais, rurais, comercialização e abastecimento da Secretaria de Agricultura do DF, afirma  que a agricultura familiar do DF representa cerca de 75% do total dos produtores rurais instalados na capital do país. 
 

TEC./SONORA: Tatiana Agostinho - subsecretária de políticas sociais, rurais, comercialização e abastecimento da Secretaria de Agricultura do DF

“A produção dos agricultores familiares normalmente vai para as feiras, para as compras institucionais como o Programa de Alimentação Escolar (PNAE), o PAPA/DF e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do MDF, Conab e GDF.”
 


LOC.: A subsecretária comenta que muitos dos alimentos produzidos também são comercializados diretamente ao consumidor, através de cestas e feira livre. O agricultor de 59 anos Daniel Aparecido Menezes conta que tem uma produção de hortaliças e frutas há 8 anos. Ele vende sua produção em feiras e para o PAA.
 

TEC./SONORA: Daniel Aparecido Menezes - agricultor

“A gente trabalha dessa maneira. A gente vê o que é que está dando renda e o que não está, a gente vai deixando de lado e aí a gente vai procurando aquilo que a gente está vendo que está dando um dinheiro.”
 


LOC.: O GDF possui algumas linhas de crédito para auxiliar os produtores, como o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF) e o Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR).

Reportagem, Sophia Stein