Foto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda
Foto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Cravos e espinhas: O que fazer? Quais as diferenças?

Neste episódio a dermatologista, Vivian Barzi Loureiro, fala sobre os cravos

SalvarSalvar imagem

Os cravos são lesões na pele extremamente comuns e que costumam aparecer na adolescência.

Cravos nada mais são do que poros obstruídos. Na nossa pele existem as glândulas sebáceas que produzem o sebo, cujo objetivo é manter a pele saudável, macia e protegida. Os poros são as aberturas dessas glândulas na superfície da pele, e é por eles que o sebo é liberado, e quando os poros ficam obstruídos os cravos se formam.

A obstrução pode ser causada pelo excesso de produção de sebo, sebo espesso, acúmulo de células mortas e queratina. Os cravos aparecem nas partes mais oleosas da pele.

Na adolescência, ocorre uma elevação dos hormônios, causando aumento na secreção das glândulas sebáceas e, consequentemente, formação de mais cravos.

Qual é a diferença entre cravo e espinha?

Basicamente, a espinha é o cravo inflamado. O cravo é a lesão inicial da acne, quando ocorre uma inflamação ao redor do cravo, temos uma espinha. Todo mundo que tem acne, obrigatoriamente tem cravos, mas bem todo mundo tem espinhas. Apenas de estarem relacionados, o cravo e a espinha não são a mesma coisa.

Cravo tem tratamento?

Sim. O tratamento tem como objetivo controlar a produção de sebo e diminuir a obstrução dos poros, e para isso é fundamental ter uma rotina adequada de cuidados com a pele.

Lave o rosto duas vezes ao dia com o sabonete indicado para o seu tipo de pele, caso necessário pode incluir um tônico para complementar a limpeza e remover o excesso da oleosidade. Escolha produtos não oleosos e que não obstruem os poros. Um esfoliante suave pode ser usado uma ou duas vezes por semana, e deve ser feito com muita cautela. 

Não é recomendado tentar espremer os cravos em casa, pois pode causar inflamação, infecção, manchas e até  cicatrizes permanentes. A remoção dos cravos deve ser feita sempre por um bom profissional que irá utilizar produtos e instrumentos específicos para isso.

Se você se sente incomodado com os cravos, procure um médico dermatologista. 

Para mais informações, assista ao vídeo no canal Doutor Ajuda e acesse o site: www.portaldoutorajuda.com.br.

Receba nossos conteúdos em primeira mão.