Breno Esaki/Agência Brasília
Breno Esaki/Agência Brasília

Brasil tem 1.593 mortes por Covid-19 em 24 horas

Ainda foram confirmados 64.134 novos casos até a noite deste sábado (26)


O último boletim do Ministério da Saúde mostra mais 1.593 mortes por Covid-19 e 64.134 novos casos da doença em 24 horas, até a noite deste sábado (26). Ao todo, o Brasil tem 512.735 óbitos em decorrência da doença e 18,3 milhões de pessoas que já foram contaminadas.

Do total de infectados, 1,2 milhão são brasileiros que estão com casos ativos, ou seja, que lutam contra a doença neste momento e são acompanhados pelas autoridades de saúde. O número de recuperados se mantém alto por conta do alto índice de contaminados. São 16,5 milhões de pacientes curados. 

Em relação às unidades da federação, as maiores taxas de mortalidade a cada 100 mil habitantes são registradas em Rondônia, Mato Grosso, Amazonas, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Já os estados que melhor controlam a pandemia em relação à taxa de mortalidade são, respectivamente, Maranhão, Alagoas, Bahia, Pará e Pernambuco. 

Até o momento, foram enviadas a estados e municípios 129,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, e 95,8 milhões de doses foram aplicadas. O Brasil tem 25,4 milhões de moradores já imunizados com as duas doses. 

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

O último boletim do Ministério da Saúde mostra mais 1.593 mortes por Covid-19 e 64.134 novos casos da doença em 24 horas, até a noite deste sábado (26). Ao todo, o Brasil tem 512.735 óbitos em decorrência da doença e 18,3 milhões de pessoas que já foram contaminadas.

Do total de infectados, 1,2 milhão são brasileiros que estão com casos ativos, ou seja, que lutam contra a doença neste momento e são acompanhados pelas autoridades de saúde. O número de recuperados se mantém alto por conta do alto índice de contaminados. São 16,5 milhões de pacientes curados. 

Em relação às unidades da federação, as maiores taxas de mortalidade a cada 100 mil habitantes são registradas em Rondônia, Mato Grosso, Amazonas, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Já os estados que melhor controlam a pandemia em relação à taxa de mortalidade são, respectivamente, Maranhão, Alagoas, Bahia, Pará e Pernambuco.