Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Auxílio emergencial: nascidos em setembro e outubro recebem quinta parcela do benefício

Dinheiro pode ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem; Saque e transferência para conta corrente só estará disponível no próximo mês


A Caixa Econômica Federal paga, neste sábado (28), a quinta parcela da nova rodada do auxílio emergencial aos trabalhadores informais nascidos em setembro e outubro. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da composição de cada família.

O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras virtuais ou em estabelecimentos através de QR Code. As opções de saque em espécie ou transferência do benefício para conta corrente só estarão disponíveis a partir de duas a três semanas após o depósito.

Setores da economia convergem sobre necessidade de reforma tributária ampla

Bolsonaro pede impeachment de ministro do STF

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos nos mesmos meses. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial, que será pago apenas a quem já recebia o benefício em dezembro de 2020.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC.: A Caixa Econômica Federal paga, neste sábado (28), a quinta parcela da nova rodada do auxílio emergencial aos trabalhadores informais nascidos em setembro e outubro. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da composição de cada família.

O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras virtuais ou em estabelecimentos através de QR Code. As opções de saque em espécie ou transferência do benefício para conta corrente só estarão disponíveis a partir de duas a três semanas após o depósito.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos nos mesmos meses. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial, que será pago apenas a quem já recebia o benefício em dezembro de 2020.

Reportagem, Poliana Fontenele