Rovena Rosa/Agência Brasil
Rovena Rosa/Agência Brasil

Vacinômetros dos estados dão transparência às imunizações: 759 mil doses foram aplicadas no Brasil

Governos estaduais e municipais passaram a promover plataformas de vacinômetros, que servem como banco de dados para registrar detalhamento da quantidade de pessoas que já tomaram algum tipo de imunizante contra a Covid-19


Governos estaduais e municipais passaram a divulgar plataformas conhecidas como vacinômetros nesta pandemia. Após o começo das imunizações contra a Covid-19, as regiões passaram a alimentar bancos de dados com detalhes sobre as aplicações.

Os painéis registram, entre outras informações, a quantidade de pessoas vacinadas, os locais de vacinação e quais grupos estão sendo vacinados, segundo os grupos prioritários. Na maior parte dos vacinômetros também são disponíveis informações por município.

O Ministério da Saúde computa, de acordo com os dados recebidos por cada secretaria, a aplicação de 759 mil doses no País. O público-alvo das doses prioritárias é composto de 77.219.266 pessoas.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Governos estaduais e municipais passaram a divulgar plataformas conhecidas como vacinômetros nesta pandemia. Após o começo das imunizações contra a Covid-19, as regiões passaram a alimentar bancos de dados com detalhes sobre as aplicações.

Os painéis registram, entre outras informações, a quantidade de pessoas vacinadas, os locais de vacinação e quais grupos estão sendo vacinados, segundo os grupos prioritários. Na maior parte dos vacinômetros também são disponíveis informações por município.

O Ministério da Saúde computa, de acordo com os dados recebidos por cada secretaria, a aplicação de 759 mil doses no País. O público-alvo das doses prioritárias é composto de 77 milhões de pessoas.