Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo federal promove qualificação profissional gratuita para jovens

Programa Qualifica Mais-Emprega Mais é voltado para jovens com até 29 anos e contempla 6.069 vagas na área de tecnologias da informação e comunicação (TICs)


Jovens de até 29 anos podem participar de cursos on-line gratuitos que ainda oferecem auxílio para inserção no mercado de trabalho. Isso porque uma parceria dos ministérios da Educação (MEC) e da Economia consolidou o programa Qualifica Mais-Emprega Mais, que oferta 6.069 vagas de estudos na área de tecnologias da informação e comunicação (TICs).

São três cursos oferecidos nessa fase: programador de sistemas, programador web e programador de dispositivos móveis, com duração de cerca de 200 horas cada. As atividades estão com inscrições abertas neste momento para residentes de 11 regiões metropolitanas do País: Salvador, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Florianópolis, Joinville, Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Campinas. 

A seleção dos estudantes será realizada pela plataforma EduLivre, que permite o preenchimento de uma trilha educacional em que os candidatos se familiarizam com o contexto do mercado de trabalho que pretendem se inserir. 

A trilha ficará aberta até o dia 11 de abril. Um dia depois, os jovens selecionados receberão um e-mail para a confirmação de matrícula. As aulas estão previstas para começar em 10 de maio.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

Jovens de até 29 anos podem participar de cursos on-line gratuitos que ainda oferecem auxílio para inserção no mercado de trabalho. Isso porque uma parceria dos ministérios da Educação e da Economia consolidou o programa Qualifica Mais-Emprega Mais, que oferta 6.069 vagas de estudos na área de tecnologias da informação e comunicação.

São três cursos oferecidos nessa fase: programador de sistemas, programador web e programador de dispositivos móveis, com duração de cerca de 200 horas cada. As atividades estão com inscrições abertas neste momento para residentes de 11 regiões metropolitanas do País: Salvador, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Florianópolis, Joinville, Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Campinas. 

A seleção dos estudantes será realizada pela plataforma EduLivre, que permite o preenchimento de uma trilha educacional em que os candidatos se familiarizam com o contexto do mercado de trabalho que pretendem se inserir. 

A trilha ficará aberta até o dia 11 de abril.