Dylan Ferreira/Unsplash
Dylan Ferreira/Unsplash

CNM promove webinar para discutir sobre parcerias entre Poder Público e instituições de ensino

Evento acontece no dia 5 de maio e será transmitido pelo Zoom e redes sociais; Inscrições são gratuitas


A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) irá promover um debate com gestores e representantes da área acadêmica do Brasil e da Nova Zelândia. O objetivo é conversar sobre os desafios e acertos das parcerias entre Poder Público e instituições de ensino na construção de políticas públicas municipais.

O evento acontecerá na próxima quarta-feira (5),  e será divido em três momentos. Para começar, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, conduzirá a abertura do encontro e convidar o primeiro conselheiro e chefe de Cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil, Stefan Agne, para dar início ao debate.

As inscrições são gratuitas e o participante que acompanhar o evento pela plataforma Zoom terá direito ao certificado, desde que assista ao menos 70% da programação do evento. O conteúdo também será disponibilizado no canal do Youtube do CNM, no TVPortalCNM, mas nesse caso não haverá a opção de receber o certificado.

Para fazer sua inscrição e conferir a programação completa, acesse o site.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) irá promover um debate com gestores e representantes da área acadêmica do Brasil e da Nova Zelândia. O objetivo é conversar sobre os desafios e acertos das parcerias entre Poder Público e instituições de ensino na construção de políticas públicas municipais.

O evento acontecerá na próxima quarta-feira (5), e será divido em três momentos. Para começar, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, conduzirá a abertura do encontro e convidar o primeiro conselheiro e chefe de Cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil, Stefan Agne, para dar início ao debate.

As inscrições são gratuitas e o participante que acompanhar o evento pela plataforma Zoom terá direito ao certificado, desde que assista ao menos 70% da programação do evento. O conteúdo também será disponibilizado no canal do Youtube da CNM, mas nesse caso não haverá a opção de receber o certificado.

Reportagem, Larissa Lago