Tomaz Silva/Agência Brasil
Tomaz Silva/Agência Brasil

RJ: Estado se mantém com baixo risco para Covid-19 pela segunda semana seguida

Dado foi divulgado na 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, que mostra estado do Rio de Janeiro se mantendo na bandeira amarela


O estado do Rio de Janeiro se mantém com risco baixo para a Covid-19. O dado foi divulgado na 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, que mostra a região se mantendo na bandeira amarela. 

O mapa foi atualizado na noite desta última sexta-feira (25), pela Secretaria Estadual de Saúde. As informações da pasta mostram que esta é a segunda semana seguida em que o estado se mantém com risco baixo de contaminações.

No levantamento de 11 de junho, o estado estava em bandeira laranja, isto é, risco moderado para a covid-19. No mapa atualizado ontem, ainda há um alerta para duas das nove regiões do estado. Noroeste e Baía de Ilha Grande aparecem com bandeira vermelha, de risco alto. Ainda há duas com bandeira laranja, a região metropolitana I (que inclui a capital e a Baixada Fluminense) e Centro-Sul.

As demais regiões estão com bandeira amarela, sendo que nenhuma aparece listada com bandeira verde (risco muito baixo) ou roxa (risco muito alto). O último boletim leva em conta indicadores como as quedas de 26% no número de óbitos e de 35% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). 

As taxas de ocupação de leitos no estado, no momento da divulgação do mapa, eram de 63% para unidades de terapia intensiva (UTI) e 44% para enfermaria.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

O estado do Rio de Janeiro se mantém com risco baixo para a Covid-19. O dado foi divulgado na 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, que mostra a região se mantendo na bandeira amarela. 

O mapa foi atualizado na noite desta última sexta-feira (25), pela Secretaria Estadual de Saúde. As informações da pasta mostram que esta é a segunda semana seguida em que o estado se mantém com risco baixo de contaminações.

No levantamento de 11 de junho, o estado estava em bandeira laranja, isto é, risco moderado para a covid-19. No mapa atualizado ontem, ainda há um alerta para duas das nove regiões do estado. Noroeste e Baía de Ilha Grande aparecem com bandeira vermelha, de risco alto. Ainda há duas com bandeira laranja, a região metropolitana I (que inclui a capital e a Baixada Fluminense) e Centro-Sul.

As demais regiões estão com bandeira amarela, sendo que nenhuma aparece listada com bandeira verde (risco muito baixo) ou roxa (risco muito alto). O último boletim leva em conta indicadores como as quedas de 26% no número de óbitos e de 35% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). 

As taxas de ocupação de leitos no estado, no momento da divulgação do mapa, eram de 63% para unidades de terapia intensiva (UTI) e 44% para enfermaria.