Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa
Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

INDICADORES: preço do café arábica sobe nesta quarta-feira (4)

No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho teve queda de 0,31% e é negociada a R$ 87,60.


A saca de 60 quilos do café arábica começou a quarta-feira (4) com alta de 0,71% no preço e é vendida a R$ 1.263,55 na cidade de São Paulo.  Já o café robusta teve redução no valor. A baixa foi de 0,07% e a saca é comercializada a R$ 789,75 para retirada no Espírito Santo.


O açúcar cristal teve diminuição de 1,79% no preço e o produto é vendido a R$ 132,69 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, caiu 0,48% e a mercadoria é comercializada a R$ 122,57.

 

ILUMINAÇÃO PÚBLICA: Investimentos com leilões de concessão superam R$ 1 bilhão

CONGRESSO: Senado deve votar Auxílio Brasil Permanente e MP do Voo Simples


No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho teve queda de 0,31% e é negociada a R$ 87,60. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 88. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 78. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 82. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quarta-feira (3) com queda de 0,71% no preço e é vendida a R$ 1.263,55 na cidade de São Paulo.  Já o café robusta também teve redução no valor. A baixa foi de 0,07% e a saca é comercializada a R$ 789,75 para retirada no Espírito Santo.


O açúcar cristal teve diminuição de 1,79% no preço e o produto é vendido a R$ 132,69 em São Paulo. Em Santos, no litoral paulista, o valor da saca de 50 quilos, sem impostos, caiu 0,48% e a mercadoria é comercializada a R$ 122,57.


No mercado financeiro, o preço da saca de 60 quilos do milho teve queda de 0,31% e é negociada a R$ 87,60. Em Cascavel, no Paraná, o preço é R$ 88. Em Rondonópolis, no Mato Grosso, o milho é vendido a R$ 78. Em Uberaba, Minas Gerais, o preço à vista é R$ 82. Os valores são do Canal Rural e Cepea.


Reportagem, Vinicius Lopes