Foto: Divulgação/MDR
Foto: Divulgação/MDR

Nos EUA, MDR debate formas de minimizar problemas no transporte público causados pela pandemia

Representante da Pasta também apresentou ações do Governo brasileiro, como o Fórum Consultivo de Mobilidade e a recente construção de uma proposta de Marco Legal para o transporte público no País


O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), participou, nos dias 29 e 30 de novembro, da segunda edição dos Diálogos de Política Regional (RFDs) 2022 - Política, investimento e instituições para a mobilidade sustentável, na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, nos Estados Unidos.

Os debates envolveram temas relacionados aos reflexos resultantes da pandemia da covid-19, mais especificamente a crise socioeconômica e as lacunas de desenvolvimento e a desigualdade na América Latina e no Caribe. O setor de transportes foi significativamente afetado, especialmente o público.

O MDR foi representado pelo coordenador geral de Monitoramento do Empreendedorismo da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, Marcos Daniel Souza. Ele apresentou iniciativas do Governo Federal na área de mobilidade urbana.

“Foi possível ter um diálogo muito qualificado entre países latinos sobre iniciativas para a promoção de uma mobilidade urbana sustentável. O Brasil apresentou projetos da cidade de São Paulo sobre eletromobilidade e também as experiências do Fórum Consultivo de Mobilidade e da recente construção de uma proposta de Marco Legal para o transporte público no país”, conta Souza.

Além disso, foram discutidos assuntos como mobilidade sustentável; sustentabilidade financeira e o futuro dos sistemas de transporte; contribuição para a descarbonização; e Acordo de Paris.

Fórum consultivo de mobilidade

Em 9 de dezembro de 2021, o MDR, realizou a primeira reunião extraordinária do Fórum Consultivo da Mobilidade Urbana. O debateu, entre vários temas, a criação de um Vale Transporte Social para as famílias brasileiras de baixa renda.

Sobre o Marco Legal do Transporte Público Coletivo, está aberta, até 26 de janeiro, consulta pública para levantar contribuições da sociedade. A consulta pública pode ser acessada no Portal Participa+Brasil, disponível neste link. Podem participar cidadãos, empresas, instituições públicas, movimentos e organizações da sociedade civil.

O Marco Legal do Transporte Público Coletivo tem como objetivos aprimorar a Política Nacional de Mobilidade Urbana e organizar uma rede de transporte público coletivo formada por modos e serviços de transporte complementares.

A ideia é que seja formada uma rede única de transporte, organizada com linhas e rotas, que possam ter diferentes funções e modos de deslocamento e que possa ser universalizada. Também há preocupação com a integração dos modais, que devem ser acessíveis física e economicamente, além da adoção de padrões de qualidade para a prestação dos serviços.

Cadastre-se para receber releases pelo WhatsApp

Para receber mais notícias e ações do MDR, jornalistas e blogueiros interessados podem se cadastrar nos grupos de WhatsApp. Um deles tem enfoque em notícias de abrangência nacional e, nos demais, serão compartilhadas informações exclusivas de cada estado. Clique neste link para acessar os grupos.

Caso deseje receber apenas informações relacionadas à proteção e defesa civil, cadastre-se neste link.

Continue Lendo



Receba nossos conteúdos em primeira mão.

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, participou, nos dias 29 e 30 de novembro da segunda edição dos Diálogos de Política Regional 2022. O evento, realizado em Washington, nos Estados Unidos, debateu temas como os reflexos da pandemia da covid-19 para o setor de transportes e a sustentabilidade dos serviços.

O Brasil foi representado pelo coordenador Geral de Monitoramento do Empreendedorismo da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do MDR, Marcos Daniel Souza. Ele conta mais sobre a participação brasileira no evento.

TEC/SONORA: Marcos Daniel Souza

"O evento permitiu um diálogo muito qualificado entre países latinos sobre iniciativas para a promoção de uma mobilidade urbana sustentável. O Brasil apresentou iniciativas da cidade de São Paulo sobre eletromobilidade e o MDR pode compartilhar a experiência do Fórum Consultivo de Mobilidade e da recente construção de uma proposta de Marco Legal para o transporte público no país".

LOC: Outros assuntos que estiveram em pauta foram mobilidade sustentável, contribuições do setor para a descarbonização e o Acordo de Paris.

Para saber mais sobre ações do Governo Federal em mobilidade urbana, acesse mdr.gov.br.

Reportagem, Petronilo Oliveira